Conselho de pais quer atrasar a estreia da 2ª temporada de 13 Reasons Why

Imagem: Netflix

Continua após as recomendações

Conselho não quer esperar a estreia da nova temporada para criar polêmicas…

De acordo com o Hollywood Reporter, o Parents Television Council, criado para certificar as produções de TV que são direcionados à adolescentes e crianças, está querendo atrasar a estreia da segunda temporada de 13 Reasons Why na Netflix.

O grupo conservador e publicamente financiado, pediu na quarta-feira (5) à gigante do streaming que adie o drama de suicídio escrito por Brian Yorkey até que “especialistas da comunidade científica determinem que ele seja seguro para consumo por um público que é composto por crianças e adolescentes“.

Continua após a publicidade

Depois de se tornar um fenômeno instantâneo, 13 Reasons Why se viu em uma polêmica global sobre como alguns de seus assuntos eram tratados na série, especificamente a representação gráfica do suicídio da adolescente Hannah Baker (Katherine Langford).

A série gira em torno do suicídio inexplicável de Hannah – que foi mostrado de perto – e das 13 fitas de áudio que ela deixou para seus colegas de classe decifrar e, finalmente, entender por que ela tirou a própria vida.

Netflix está tentando minimizar a situação!

Em resposta às reações adversas, a Netflix adicionou cartões de alerta antes dos episódios da primeira temporada e, no mês passado, divulgou as descobertas de um estudo global encomendado pelo Centro de Mídia e Desenvolvimento Humano da Northwestern University, “Explorando a Adolescência e os Pais”.

Em resposta ao estudo, a streamer anunciou uma onda de mudanças que incluiu uma apresentação personalizada de cada temporada do elenco sobre a natureza do programa, um centro on-line de recursos no 13ReasonsWhy.Info que inclui um guia de discussão para download criado com o Fundação Americana de Prevenção ao Suicídio e um programa para continuar a conversa com os membros do elenco, especialistas e produtores sobre alguns tópicos difíceis da série.

Crítica do Conselho de Pais…

Na quarta-feira, o PTC elogiou a Netflix pelas novas proteções ao telespectador, mas pediu que a gigante do streaming adicionasse mais proteções.

O impacto da primeira temporada de 13 Reasons Why, que culminou com uma cena gráfica de suicídio de uma personagem do ensino médio, foi poderoso e intenso: milhares de crianças assistiram; o termo de pesquisa do Google sobre como cometer suicídio aumentou 26%; e houve notícias de crianças literalmente tirando suas próprias vidas depois que a série foi lançada”, disse o presidente do PTC, Tim Winter.

Talvez nunca saibamos a extensão da gravidade da influência, mas sabemos que foi suficiente para a Netflix encomendar um relatório de pesquisa sobre como o programa impactou a vida de seus espectadores – especialmente os jovens espectadores – de maneira positiva.

A Netflix ainda não divulgou a data de estreia, mas sabe-se que as gravações já foram encerradas.

Leia mais: Segunda temporada de 13 Reasons Why será ainda mais polêmica

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

1 comment

Add yours

Post a new comment