Crítica: 5×09 de Chicago Med emocionou com despedidas e recomeços

Chicago Med 5x09

Último do ano de Chicago Med foi o melhor até aqui

Chicago Med está enfrentando uma temporada bastante inconstante. E isso tem dificultado ao público a permanência em assisti-la.

Continua após a publicidade

Quem acompanha minhas resenhas, aqui no Mix de Séries, sabe que andei desgostoso com a série nos últimos episódios. Infelizmente, a qualidade vem caindo pelo excesso de problemas que o roteiro inseriu em relação aos casais da trama. Porém, este episódio me ascendeu uma esperança de que as coisas possam melhorar.

O fim de Will e Natalie

Ao que tudo indica, este é o fim para Natalie e Will. E eu amei. Sério, eu sempre tinha torcido pelos dois mas nos últimos anos estava difícil acompanhar esse relacionamento. Neste episódio, a Dra. Manning acabou recuperando sua memória e simplesmente se deu conta de que amava Will. Poxa Natalie, era preciso disso tudo? Não acho que essa simples perda de memória iria atrapalhar seus sentimentos pelo rapaz assim.

Ainda bem que, ao ir se declarar para o médico, ele acabou dando um bola fora nela. Mas não qualquer bola fora. Will, pela primeira vez, agiu com maturidade. Ele se deu conta de que os dois não fazem bem um para o outro, e sentiu-se livre quando a médica pediu para ele ficar fora de sua vida. Esse pêndulo faz muito mal para ambos e adoraria vê-los crescer em tramas separados. Todos os personagens tem potencial e espero de verdade que eles evoluam para algo melhor na segunda metade da temporada, que irá ao ar em 2020.

Mas do jeito que conhecemos Chicago Med, bem capaz deles ficarem juntos novamente em algum momento. Mas por favor, que seja saudável para ambos.

April, cancelamos você!

Você já ouviu falar do mais recente meme, “Você está cancelado!”? Pois é, nós acabamos de cancelar April. Realmente, não dá para entender a personagem. Ela ficou em um vai e vem com o Dr. Choi, até que eles se acertaram e, do nada, resolveram ter um bebê. Quando o médico passou a pressioná-la, ela foi ao médico e descobriu que estava em uma espécie de “menopausa precoce”, e isso estava impedindo-os de ficarem grávidos.

Foi então que ela surtou e começou a descontar sua raiva no médico. Sério gente, qual o problema dos personagens de Chicago Med que evitam diálogo e conversas? Cadê a honestidade? Ela acabou omitindo a informação para o namorado e a coisa ficou feia. Claro que o rapaz ficou chateado, principalmente porque ele vai ficar seis semanas fora por causa do exército.

No fim do episódio, para piorar, April acabou indo beijar o Dr. Marcel – que incrivelmente, era a pessoa que ela mais odiava no começo da temporada. Francamente…

Emoção em Chicago Med

O último episódio do ano também surpreendeu com momentos emocionantes. Foi o caso de Cece, que ganhou uma festa de despedida de seus amigos. O seu câncer está evoluindo e ela queria um último momento, para que todos se lembrassem dela feliz e viva. Foi muito triste, apesar disso. Principalmente porque vimos o Dr. Charles em uma vulnerabilidade que não estamos acostumados. Ainda tivemos o retorno de Robin, que foi se despedir da mãe. O coração partiu ao ver essa cena.

Por outro lado, tivemos uma emoção boa: Ben, o namoradinho de Maggie que ela conheceu na quimioterapia começou a reagir contra a pneumonia. Ele terminou o episódio vivo e na esperança de recupera-se. Foi muito legal ver Maggie reencontrando a esperança na vida com esse momento, e espero de verdade que ela comece o ano bem.

E assim nos despedimos de Chicago Med este ano. Em 2020, a quinta temporada continua nos EUA pela NBC. Só basta nos torcer para ela melhorar.

O que vocês estão achando dos episódios? Deixem nos comentários e até 2020.

Nota do Episódio9
Crítica do nono episódio da quinta temporada de Chicago Med, intitulado "I Can't Imagine The Future". Episódio foi exibido nos EUA pela NBC.
9
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours