Crítica: 5×13 de Chicago Med explorou a dor dos médicos e pacientes

Critica Chicago Med 5x13

Episódio de Chicago Med trouxe histórias envolventes

O décimo terceiro episódio da quinta temporada de Chicago Med provou que quando a série quer, ela consegue ser ótima de se assistir. Além disso, mostrou que ao não se prender muito nos dramas românticos dos personagens, ela entrega tramas envolventes e emocionantes.

Neste episódio, basicamente, não tivemos nenhum conflito de casais. E isso é ótimo. Eu tenho para mim que estas subtramas são cansativas, somando ao fato de que os roteiristas de Chicago Med acabam entregando romances engessados ou conflituosos demais. A série precisa focar mais em casos ou, quem sabe, explorar individualmente seus personagens. E se for explorar como casal, sem muito drama, por favor.

Em “Pain Is for the Living”, a “dor” foi a protagonista das histórias. Tivemos a perspectiva do paciente e do médico, mostrando que quem está ali para curar também pode sentir dor no processo.

Difícil decisão

A história mais emocionante, sem dúvidas, foi dos irmãos adotados – um com comportamento extremamente agressivo. Infelizmente, a agressão acabou prejudicando o mais novo e os médicos logo entenderam que o caso em si não se trava de abuso infantil. Mas para poder tratar do garoto o casal precisou tomar uma decisão extremamente difícil: a de abandona-lo.

Continua após a publicidade

Sim, foi uma história bem dolorosa. Abandonar era a única forma de conseguir o tratamento de uma clínica, uma vez que eles não teriam recursos ou a cobertura do seguro nesta ocasião. A sugestão partiu do Dr. Charles, mas April e Ethan estiveram próximos no caso, e eles sentiram na pele também a decisão. Talvez, tenha os impactado ainda mais, pensando no fato de que eles estão querendo ter um filho. Achei ótima a abordagem da série, e gostaria de ver mais histórias sendo exploradas deste jeito.

Ainda bem que não tivemos tempo em tela pra todo o conflito envolvendo Marcel, April e Ethan – embora Ethan e Marcel estão ensaiando uma aproximação. Será que eles vão ficar super amigos? O pior de tudo é a April se martirizando pelo beijo que deu em Marcel há algumas semanas. Ela precisa logo superar isso e esquecer, ou abrir o jogo para Ethan. De qualquer forma, ambas as soluções são difíceis.

Problemas a vista em Chicago Med

Mais uma vez ressalto o quão os casais de Chicago Med são horríveis, e individualmente funcionam muito bem. A Dra. Manning, por exemplo, obteve uma ótima trama ao cuidar de uma mãe que aparentemente não tinha sentimentos.

Já Will, está com a trama do centro de drogas, mas ele está trazendo resquícios dessa sua “aventura” para o hospital. Primeiro, era seu esgotamento. Agora, ele acabou se deparando com a mulher que ele atendeu enquanto estava tendo uma overdose – acontece que ela é uma ginecologista do hospital, o que o incomodou e espantou. Will, de todas as formas, tentou impedi-la de realizar uma cirurgia, mas ela se negou. Eu apoiei a conduta de Will, embora ele esteja um pouco de mãos atadas, uma vez que a médica ameaçou entregar a participação do Dr. Halstead no centro clandestino, caso ele venha a delatar.

Problemas atrás de problemas, em? Eu arriscaria em contar – afinal, a médica poderá colocar pacientes em risco, caso venha atender alguém enquanto estiver drogada. Mas ao mesmo tempo Halstead se envolveu com o centro de tratamento e poderá até perder sua licença médica, caso isso venha à tona. Ai, ai, Will, por que você sempre se mente em enrascada?

Antes de fechar os comentários deste episódio, só queria exaltar o Dr. Marcel, que está me saindo o mais sensato de todos os médicos (seja tratando pacientes ou lidando com os dramas dos colegas). Quero mais tempo em tela dele, inclusive seu passado explorado. E posso começar a torcer por algum envolvimento dele com a Dra. Manning? Sei lá, eu senti uma vibe, e vocês?

Abaixo, confira o vídeo promocional do próximo episódio. Além disso, continuem acompanhando todas as novidades de Chicago Med aqui no Mix de Séries. Até a próxima!

 

Nota do Episódio9
Crítica do décimo terceiro episódio da quinta temporada de Chicago Med, intitulado "Pain Is for the Living". Episódio foi exibido nos EUA pela NBC.
9
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours