Crítica: 7×13 de Chicago PD foi bem forte em tragédia com Burgess

Critica Chicago PD 7x13

Um momento forte na vida da detetive Burgess

Os fãs de Chicago PD precisaram de uma dose extra de lencinho para poder acompanhar o mais recente episódio da série. Isso porque uma grande tragédia atingiu, diretamente, um dos nossos personagens favoritos – e nós não estamos muito bem.

Continua após as recomendações

Claro, Chicago PD é uma série que proporciona fortes emoções a todo momento para os espectadores, com cenas de tensão, tiroteios e grande ação. Mas quando um dos protagonistas sofre, nós sofremos juntos.

Tragédia pessoal

No episódio “I Was Here”, o décimo terceiro da sétima temporada, Burgess acabou indo atrapalhar atrás de uma mesa, sendo atendente do 190. Chamada vai, chamada vem, ela acabou se deparando com um pedido de socorro intrigante, de uma menina que desliga. Após os policiais irem checar, e garantirem que tudo estava bem, seu faro de detetive “apitou”, e ela começou a investigar por conta própria. Bem, ela não estava errada.

Continua após a publicidade

Burgess farejou migalhas que levou a uma trilha de tráfego de mulheres, trazendo uma impactante história para a temporada, onde a Inteligência precisou correr contra o tempo para salvar mulheres que entravam na rede de prostituição através de um traficante.

A equipe precisou trabalhar unida, com Burgess dando assistência em grande parte do tempo. Após muito investigarem, eles conseguiram achar o local onde todas estavam sendo mantidas refém. Porém, Burgess deu falta da garota que telefonou para ela, no 190, e foi então que as buscas continuaram.

O episódio foi todo apreensivo, até porque dava para pressentir que algo ruim viria. E não deu outra: Burgess acabou encontrando o local onde a vítima estava, ainda com o traficante. Ela estava sendo punida por ter ligado para polícia. Infelizmente, Burgess não esperou os reforços após ouvir gritos e acabou entrando no local para ser espancada. Sim, Burgess apanhou muito, na barriga, e só conseguiu escapar após atirar no bandido. Ela salvou a garota, mas, infelizmente, acabou perdendo seu bebê.

A temporada mais pesada de Chicago PD

Não sei vocês, mas tenho achado essa temporada extremamente pesada. O episódio em que Jay fica entre a vida e a morte já foi bastante dramático. Porém, ver Burgess sendo espancada, sangrando e gritando de dor, foi extremamente agoniante.

Eu torci, de verdade, para que nada tivesse acontecido com o bebê, porque Burgess parecia estar feliz. Ela sempre quis ser mãe, embora não quisesse largar seu posto na Inteligência – pelo menos, não naquele momento. Foi muito triste ver o médico dando a notícia para ela, com a detetive petrificada. Também preciso ressaltar a cena de Ruzek chegando no local onde Burgess foi espancada e salvando ela, uma vez que a tragédia também atinge diretamente ele.

Agora, duas coisas irão acontecer: ou Burgess e Ruzek ficarão ainda mais ligados, após passarem por essa tragédia juntos, ou Burgess se afastará de vez. Temo, inclusive, que essa segunda opção seja a mais viável, uma vez que foi adianto que Kim irá para um lugar ainda mais obscuro nos próximos episódios.

Por favor, não mexam com minha Kim. De qualquer forma, preciso dizer: parabéns roteiristas. Vocês entregaram um dos melhores capítulos de Chicago PD, exibidos até hoje.

E então, o que vocês acharam deste episódio de Chicago PD? E sobre a sétima temporada, estão achando pesada? Deixem nos comentários!

Além disso, continuem acompanhando todas as novidades da série aqui no Mix de Séries. Abaixo, o vídeo promocional do próximo episódio.

 

Nota do Episódio9.5
Crítica do décimo terceiro episódio da sétima temporada de Chicago PD, intitulado "I Was Here", exibido nos Estados Unidos pelo canal NBC.
9.5
Tags Chicago PD
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours