Crítica: 9×09 de Chicago Fire indicou saída ou morte para Casey

Crítica Chicago Fire 9x09

 

Continua após as recomendações

Alerta de desespero para os fãs de Chicago Fire. Porque o nono episódio da nona temporada da série alertou um risco grandioso para Casey. E que podem resultar em dois momentos intensos e tristes para fãs: ou poderemos ver o personagem saindo da série, ou morrendo.

Poxa vida, não quero isso não!

Continua após a publicidade

Além disso, falando em saída, tivemos despedidas no episódio e muita emoção.

Casey em risco

O episódio teve algumas boas histórias, mas o principal foi o que aconteceu com Casey ao entender o chamado da abertura.

Enquanto tentava resgatar um motorista de aplicativo, que estava bêbado, o cara acelerou e acabou por fazer o carro andar, com Casey se segurando do lado de fora. No final, o impacto foi inevitável e Casey bateu a cabeça.

Logo após, Casey insistiu que estava bem e que não queria ir ao médico. Só que, sabemos muito bem que é necessário sempre fazer um exame após uma queda como essa. Também sabemos que socorristas e médicos são os piores pacientes, então foi até normal seu comportamento.

Mas, instantes depois, Casey começou a demonstrar sintomas. Visões turvas, por hora ficando tonto… Definitivamente não estava bem.

Imagem: Divulgação.

Só que o impacto, na verdade, teve consequências graves, porque vimos que Casey já sofreu outras lesões e que, em diagnósticos anteriores, os médicos já tinham alertado que uma nova lesão poderia causar danos irreversíveis. Danos, os quais, poderiam o forçar se aposentar.

Então, se Chicago Fire não tem um plano para explorar essa trama, por que iria inserir isso? Na minha opinião, eles têm duas pretensões: ou matar Casey, ou se preparar, caso o ator Jesse Spencer não queira renovar contrato para mais duas temporadas. Isso porque a série está renovada para mais dois anos – mas o contrato do ator não.

Só que você consegue imaginar Chicago Fire sem Casey? Eu não. Então espero que seja apenas um susto e que, de alguma forma, ele consiga se recuperar. Pois precisamos do nosso tenente, são e salvo!

Outras tramas ganharam destaque

Mas essa não foi a única história que Casey se envolveu no nono episódio. Sua irmã apareceu, após a morte de um tio, e ela queria que Casey fosse junto dela descobrir o que tinha no cofre que o falecido lhes tinha deixado. E, após descobrirem um relógio valioso, Casey achou justo que eles não vendessem o item. Mas, na verdade, a conexão entre eles serviu mais para ficarmos curiosos sobre o vínculo familiar do personagem.

Com rápidas menções à mãe dos irmãos, não soubemos mais sobre seus parentes. E esta seria uma história para se explorar. Ainda mais porque a irmã de Casey mostrou se importar com o bombeiro, logo ao perceber o problema da cabeça dele e implorá-lo para que ele fosse a um médico. Quero ver mais disso!

Despedidas

Infelizmente, tivemos a despedida de Gianna. E ela ficou tão pouco na série. Como apresentamos em uma matéria recente, infelizmente a atriz que interpreta a personagem resolveu deixar a série, apenas 9 episódios depois de surgir na trama.

Eu estava realmente gostando dela. Mas, na trama, Gianna recebeu uma promoção após ela, Gallo, Ritter e Mouch participarem de um treinamento. A paramédica também destacou que ela não consegue focar no trabalho com Cruz, seu grande amigo de infância, perto. Porque ela sempre se preocupa com ele.

Então, talvez seja para melhor essa saída. Aliás, essa vaga de paramédico custa a achar um permanente, certo? Sempre está acontecendo uma rotatividade, e parece que agora a ex de Gallo, Violet, é que ocupará a vaga. Será que ela criará uma química com Brett? Vamos ficar na torcida!

Nessa trama do treinamento, também, tivemos um momento bem emocionante com Mouch tentando “aparecer” para os bombeiros mais jovens. Mas ele, na verdade, só queria um pouco de atenção por se achar velho demais. Mais tarde, no entanto, o Chefe Bolden deixou claro que Mouch é uma inspiração para vários novatos, e que Ritter o vê como um herói.

Imagem: Divulgação.

Claro que Mouch foi às lágrimas, e nós também. Adoro ele, que pra mim já é um patrimônio da série.

Acerto na dinâmica

Longe de conflitos e problemas, ainda tivemos Kidd comprando um presente surpresa para o apartamento de Severide e Casey.

Com um suspense durante todo o episódio, no fim das contas, era na verdade um jogo de basquete. Claro que os rapazes adoraram, mas Casey deixou claro que se precisar sair do apartamento, ele o fará. Só que, aparentemente, Severide não está muito disposto a abrir mão da companhia do seu grande amigo.

Mas será que Severide e Stella vão dar o próximo passo em breve? Porque acredito que é o caminho natural das coisas. Então onde Casey vai se encaixar? A não ser que… Bem, vocês já sabem minha teoria da morte.

Chicago Fire fará uma pausa essa semana, mas na próxima retomamos com inéditos.

E vocês, estão gostando dessa temporada? Deixem nos comentários e, igualmente, continuem acompanhando as novidades do Mix de Séries.

Nota do Episódio9
Crítica do nono episódio da nona temporada de Chicago Fire, intitulado "Double Red", exibido nos Estados Unidos pela NBC.
9