Crítica: Episódio 4×09 de Jane the Virgin continua abaixo da média

Review do nono episódio da quarta temporada de Jane the Virgin, do canal The CW, intitulado "Chapter Seventy-Three".

Imagem: Divulgação/ The CW
Imagem: Divulgação/ The CW

[spacer height=”20px”]

A série começa a traçar o futuro de seus personagens.

Depois da decisão de se afastar do trabalho para ficar mais próximo de sua bebê recém-nascida, Rogelio teve de fazer um comercial um tanto quanto vergonhoso. No entanto, sua crise existencial por não estar sob os holofotes aparenta ser sua storyline de agora em diante. O que podemos esperar?

Nesse meio tempo, Jane foi dispensada de sua editora por conta do fracasso de seu primeiro livro. Entretanto, ela está lidando com isso ao tentar escrever outro livro. Não o bastante, ela deve contornar as altas expectativas de Mateo (e sua família) sobre seu relacionamento com o pai de seu filho.

Petra, por mais legal que seja, tem sérios problemas para se relacionar com as pessoas. Com isso em mente, ela conseguiu marcar para Jane uma reunião com um editor com a intenção de acalmar os ânimos e fazer as pazes. Claro, que a vida tem seus plot twists e a situação só piorou quando lhe foi ofertado a possibilidade de escrever um livro autobiográfico enquanto todas as ideias de Jane eram rejeitadas. Engraçado como ela ficou reconhecida por ser uma “mãepresária”, mas nós não vemos de fato sua interação com as filhas.

Imagem: Divulgação/ The CW

[spacer height=”20px”]

Por um lado o episódio foi bem ao definir o futuro desenvolvimento dos personagens. Pelo outro, ele apelou para um plot batido entre o casal #Jafael apenas para acrescentar drama à história. Pra quê enrolar tanto?

A série já abordou temas importantes e fez críticas sociais incríveis. Mas o que dizer de Rogelio como dono de casa, enquanto as mulheres de sua vida trabalham? Petra sendo uma empresária bem sucedida e uma mãe solteira (considerando que Rafael dá mais atenção para Mateo do que para as gêmeas)? Ou até mesmo Jane criticando a indústria literatura por não darem as mesmas oportunidades para as mulheres não brancas? PISA MENOS!

Foi um bom episódio. Melhor do que o anterior, pelo menos. Agora resta saber se a qualidade vai melhorar ou cair novamente.

Até a próxima!

Sobre o autor
Avatar

Italo Marciel

Cearense, 28 anos. Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação. Viciado em séries desde que se entende por gente e apaixonado por cinema. O cara que fica feliz em indicar uma boa série ou um bom filme para os amigos.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!