Crítica: Fechando seu quinto ano, finale de How to Get Away With Murder foi surpreendente

Para fechar seu quinto ano, How To Get Away With Murder preparou um episódio surpreendente até demais!

Chegamos ao fim de mais um mistério em How to Get Away With Murder. Não vou enrolar muito sobre os acontecimentos. Vamos ao encerramento do plot de Nathaniel pai.

Imagem: ABC/Divulgação

Anteriormente, o irmão de Laurel tinha dado as caras como sendo o grande vilão. Inegavelmente, isso se confirmou nesse episódio. Os Castillo realmente estavam por trás de tudo desde o início. Miller foi apenas um peão na mão dessa família e do cara que tenta a todo custo provar seu valor para o pai. Portanto, Nate estava errado, Ron desde o início tentou ajudar Nathaniel, adiantando sua transferência para que o pior não acontecesse. Infelizmente, sabemos como foi o final, não é? Xavier foi mais rápido e conseguiu a vingança que queria contra Annalise.

A verdade finalmente revelada

Dentro de todas as descobertas sobre o caso Nathaniel, aqui, eu tiro o chapéu para Frank, que surpreendentemente conseguiu descobrir as coisas do seu jeitinho. Além disso, protegeu Bonnie de saber que Miller não teve nada a ver com essa trama toda. Tenho certeza que ela não ia aguentar a culpa. O gesto foi extremamente altruísta, mas sabemos que isso vai explodir em algum momento. Por hora, não temos que nos preocupar com Bonnie. Frank, eu te amo, casa comigo!?

Da mesma forma que apareceu semana passada, a Governadora deu as caras essa semana para bater mais uma vez na tecla de que Emmet é culpado por tudo. Depois que o chefe de Annalise foi preso, ela correu lá para ajudar. A culpa sempre bate a porta,, meus amigos? Queria abrir um parenteses para dizer, olha quantas vidas sendo mais uma vez destruídas por algo que Annalise não tem nada a ver. Como ela mesma disse, devolvam a vida dela.

Laurel, sendo a protagonista de Murder

Desse modo, com a ajuda de Annalise, Emmet foi liberado e queria comemorar, mas as surpresas não pararam de acontecer. Aparentemente ele teve um ataque cardíaco e agora é torcer para que Teegan chegue a tempo de salvar o cara. Não quero ver mais um inocente morrendo por conta de Laurel.

Finalmente, agora, podemos dizer que as duas últimas temporadas giraram em torno da jovem. Antares, Nathaniel… Tudo efeito colateral da guerra familiar que ela travou com os pais. Um ponto foi a conversa dela com os Keatings e a ajuda que deu para Annalise acabar com o irmão. Eu, sendo Xavier, tinha saído chorando depois de tudo que a advogada disse.

Por mais que eu não goste de Laurel e não tenha gostado desse plot da família dela ter voltado. Vamos aceitar que foi surpreendente a forma como tudo foi construído. Murder deu um jeito de fechar uma temporada de altos e baixos de forma surpreendente.

Por fim, quando achávamos que tudo estava resolvido, Laurel e Christopher somem. Deixando mais perguntas e um plot enorme para ser resolvido numa possível sexta temporada. Será que a moça vai ter o mesmo destino da mãe? Que até então não sabemos se morreu de verdade. Xavier estaria disposto a ir tão baixo por ressentimento? Ficam mais perguntas e uma temporada fechando com chave de ouro. Murder ainda sabe deixar a gente sem ar!

Obrigado, galera que acompanhou esse ano turbulento da série, aqui juntinho comigo. Vamos torcer para um ano final daqueles que a gente fica chocado, tal qual quando Wes viu Annalise sentada naquela sala olhando para Sam morto. Saudades, eita que saudade!

Outros pontos:

  • Annalise e Teegan: eu torço demais para que role na próxima temporada!
  • Nate, depois de tudo que fez, pode sumir da série, não vai fazer falta.
  • Maddox deixa um plot em aberto. Aparentemente, matou o ex-namorado da mãe. Sabia que o bichinho tinha sangue nas mãos.
  • Espero que os enredos dos Keatings sejam melhores, porque esse ano não foi fácil aguentar essa galera.
  • Frank e Bonnie: amo e vou proteger sempre. Quero felicidade para esses dois, por favor!
  • Annalise: mais um ano limpando a bagunça dessa galera. Viola Davis mais um ano pisando demais na interpretação. AMO FORTE!

Share this post

Renata Ribeiro

Renata Ribeiro

Publicitária, Alagoana e arretada!