Crítica: O sangrento final de Rick Grimes em The Walking Dead

Imagem: AMC/Divulgação

Histórico. Essa é a palavra na qual podemos definir o último episódio de Rick Grimes (Andrew Lincoln) em The Walking Dead

Somente agora The Walking Dead usou a oportunidade de fazer um episódio que marcará gerações. Ao contrário do que nos foi apresentado na comemoração do 100º episódio, com o início da guerra.

Após o acidente com o cavalo, Rick consegue sair do ferro no qual estava fincado e, a partir daí, tenta retomar o seu trajeto, fugindo da imensa horda de Walkers. No entanto, como está entre a vida e a morte, ele começa a ter alucinações com momentos inesquecíveis da história.

Dessa forma, Rick conversa consigo mesmo em coma no hospital, anda pelos corredores, pelo cenário de Atlanta e ainda tem a chance de conversar com personagens que já se foram. Shane (Jon Bernthal), Hershel (Scott Wilson) e Sasha (Sonequa Martin Green). Cenas essas que arrepiaram e tiraram lágrimas, pode confessar!

Antes de continuarmos falando disso, tenho que ressaltar o fim da “guerra” que Maggie (Lauren Cohan) travava contra seus amigos. Ela finalmente chegou em Alexandria e conseguiu ficar cara a cara com Negan (Jeffrey Dean Morgan), após uma forte discussão com Michonne (Danai Gurira). Porém, ela vê que o vilão quer a morte mais do que tudo, unicamente para ficar ao lado da esposa morta. E como punição, Maggie lhe deixa viver com tal fardo.

Imagem: AMC/ Divulgação

Momento épico

Voltando a Rick, ele chega à ponte que construiu no início da temporada, desmaiando e continuando a alucinar, sempre dizendo que está procurando sua família. No início, lembrei de Lori (Sarah Wayne Callies) e Carl (Chandler Riggs), mas na verdade não. Rick entende depois que sua família é Michonne, Judith e todos que ele ajudou a sobreviver.

Como último recurso, o xerife diz que “os encontrou” e atira nas dinamites que estão sob a ponte. Por consequência, explode a horda de Walkers, a plataforma e ele mesmo, deixando todos que o observam em prantos. Eis o trágico fim de Rick Grimes!

Surpresa

No entanto, surge Jadis/Anne (Polyanna McIntosh) para salvar o dia! Ela encontra Rick prestes a morrer e consegue convencer o tal helicóptero a resgatá-lo, afirmando estar com um “B”, em vez de um “A”. O que significam essas letras ninguém sabe. Mas a moça se redimiu e ainda salvou nosso líder! Nunca critiquei essa mulher!

E eis a surpresa: salto temporal de seis anos! Vemos o grupo de Magna (Nadia Hilker) no meio da mata, mas uma pessoa misteriosa os salva abrindo o caminho na bala. E é simplesmente a pequena Judith em seus 10 anos de idade portando o revolver de Rick, uma espada como a da Michonne e o chapéu de Carl. E toma fan service!

Um final incrível que me deixou com água na boca querendo mais! Ainda mais depois dessa promo que você pode assistir abaixo! Olha a mudança da Carol e da Michonne!

Além disso, o que achou do episódio? Conta pra gente!

Share this post

Rodrigo Sodre

Rodrigo é um rapaz que cresceu, mas manteve todas as alegrias da infância consigo. Com 24 anos, é formado em Jornalismo e joga videogame desde quando usava fraldas. Apaixonado por zumbis, começou a se interessar pelo gênero quando viu a primeira intro de Resident Evil 2. Hoje é fã fiel de The Walking Dead, e continua jogando, lendo, vendo filmes e séries.