Crítica: Sem muita ação, um bombeiro se despede no episódio 6×19 de Chicago Fire

Imagem: SpoilerTV/NBC/Divulgação

Continua após as recomendações

Infelizmente, estamos quase no fim da temporada e Chicago Fire não conseguiu encontrar o tom certo nos episódios.

A insistência e enrolação seguem sendo as maiores inimigas da série.

Em “Where I Want to Be“, tivemos um episódio bom, que não se destacou mas que ao que tudo indica, encerrou a carreira de um bombeiro do batalhão. Cordova, odiado por alguns, amado por mim, se tocou que nunca ia ter lugar ali e tratou de sair enquanto há tempo.

Continua após a publicidade

O chamado de início foi em um cartel de drogas numa casa, que tinha mais dinheiro do que La Casa de Papel. Cordova se perdeu de Kidd lá dentro e é claro, que ia sobrar pra ele. Com a notícia do sumiço de uma grande quantia de dinheiro, Casey suspeita que o novo bombeiro é o responsável.

Gabby e seu senso de justiceira não deixaram quieto, assim, a paramédica foi atrás da única sobrevivente tentando descobrir algo. Gente, me pergunto porquê não colocaram a Gabby como policial ou bombeira novamente. Fica nítido o brilho nos olhos dela quando precisa ir atrás de alguém. Até o Casey percebeu já.

E claro que toda essa história ia causar um atrito entre eles, mas ainda bem que as coisas se resolveram com facilidade. Não sei nem de onde tiram a ideia de fazerem os dois brigarem, mas sei que as reconciliações são sempre lindas. E Cordova que não é bobo nem nada, percebeu que ele sempre seria o substituto ali. Tanto no caminhão, como em qualquer coisa que dissesse respeito à Gabby.

Achei bonita a atitude dele de se afastar, mais ainda dizendo o quanto Casey têm sorte. Não dá pra tentar separar um casal desses, não adianta.

Longe disso, Stella que foi vítima da intriga da sogra, ficou insegura. A relação deles evoluiu muito rápido e ela está mais do que certa em querer seguir a linha temporal dos relacionamentos, se mudando. Só não gostei de todo aquele “auê” por causa do casamento, quanto tempo faz isso? Me poupe. Mas foi fofa a cena final dela e do Severide, parece que de tanto forçarem, os dois estão tendo mais química em cena.

Por fim, Otis na sua eterna luta está tentando passar no exame para voltar ao batalhão.

Ele recebendo todas aquelas mensagens foi lindo e nós já sabemos que ele deve estar de volta semana que vem, então todo mundo saiu ganhando.

Nota: Tristíssima pela saída do Cordova.

Nota 2: O filho do Herrmann alugando o apartamento do pai foi tipo “??”.

O próximo episódio traz problemas para o Boden e a gente já tá aqui ansioso. Assista a promo aqui em baixo. Nos encontramos na próxima review! Até mais!

Avatar

Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Beatriz Miranda 26 abril, 2018 at 22:54 Responder

    Nota alta para um episódio tão morno. Essa temporada tá tudo muito bleh, nada de extraordinário e empolgante acontecendo, assistindo mesmo por puro hábito. A Gabby sempre tem que se meter em tudo e não adianta, quase ninguém que entra na série fica. Até agora só a Sylvie e Stella e acho que sempre vai ser assim.

Post a new comment