Crítica: The Good Place encerra segunda temporada com outro desfecho imprevisível

the good place 2x12
the good place 2x12

Imagem: NBC/Divulgação

Gen e Michael decidem o veredito final de Eleanor e sua turma

Chegou o momento conclusivo dessa segunda temporada de The Good Place e, sinceramente, não sabia o que esperar. Se na season finale passada o ápice foi a revelação de que eles estavam no “Lugar Ruim” o tempo todo, sinceramente tudo poderia acontecer. E foi o que rolou por aqui, francamente.

Antes do veredito final ter sido anunciado, fortes emoções aconteceram. Eu curti de Janet se abrindo para Jason, pois eles são um casal e tanto. Eu pensei que a história dos dois tivesse sido enterrado de vez, mas ainda bem que isso não aconteceu. Isso serviu de Chidi finalmente tomar atitude e beijar Eleanor, algo que esperei desde a primeira temporada. O ruim disso tudo foi que os dois momentos soaram como despedida, e minha angústia do que estava por vir aumentou.

Depois de muito conversarem, Gen e Michael finalmente definiram o destino de nosso quarteto. A minha surpresa foi disso ter acontecido logo de começo, pois achava que isso ficaria apenas para os minutos finais. Quando a hilária juíza cogitou deles irem ao “Lugar Médio” me empolguei absurdamente aqui. Entretanto, não era aquele que conhecemos em que tem a ótima Mindy St. Claire e agora Derek. Com a hipótese deles irem para lugares distintos separados, me revoltou por demais, e então eis que Michael tinha uma carta na manga.

Continua após a publicidade

A reviravolta mais inesperada de todas.

Imagem: NBC/Divulgação

No momento em que ele se arriscou pelo quarteto, logo pensei que ele fosse recriar um falso “Lugar Novo” outra vez. Isso não seria totalmente imprevisível, e serviria de combustível para conduzir a próxima temporada. Porém nosso ex-vilão surpreendeu novamente, fazendo algo que eu jamais imaginava. COMO ASSIM RESSUSCITAR OS QUATRO?

Quando Eleanor acorda viva novamente eu quase gritei aqui, pois não contava com essa inesperada reviravolta. Ela conseguiu se salvar do incidente que a matou, e isso foi uma oportunidade de tudo que a personagem aprendeu nesse tempo, de colocar em prática. Curti por demais essa segunda chance, e a forma como ela lidou com tudo isso.

No momento que a loira começou a ficar desacreditada e voltar a ser a velha Eleanor, isso me preocupou demais. Aí outra surpresa nos foi proporcionada, com Michael interferindo novamente em tudo. Volto a dizer, sua evolução foi um grato presente desse segundo ano. Novamente ele se arriscou, e parece que isso surtiu efeito.

The Good Place encerrou mais uma temporada de forma brilhante, mostrando que a criatividade dos roteiristas é infinita. Vai ser interessante explorar a redenção de todos eles, e como se unirão em vida. Já estou ansioso pra ver como será esse reencontro entre Eleanor e Chidi. Será que em vida eles se darão tão bem como em morte? Ansioso pelos novos episódios da melhor série de comédia atualmente da TV americana.

Até a próxima temporada!

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours