Discurso sobre diversidade marca painel de American Gods na CCXP 2018

Imagem: CCXP/Via Twitter

Continua após as recomendações

Iniciando os paineis da CCXP 2018, a Amazon Prime Video trouxe o ator Ricky Whittle, o Shadow Moon de Deuses Americanos. Esbanjando simpatia, Whittle falou sobre os bastidores da primeira temporada e comentou as novidades que virão na série.

Relação entre ator e personagem

Primeiramente, foi apresentada a abertura da série, anunciando a entrada de Whittle. Em seguida, o protagonista de Deuses Americanos deu calorosas saudações à plateia e iniciou a entrevista do painel.

Continua após a publicidade

Uma das primeiras perguntas da mediadora Aline Diniz se dirigiu à relação do ator com o papel. Principalmente, Whittle destacou a criação de um movimento na internet pela hashtag #castingshadow em que seu nome foi citado diversas vezes.

A partir disso, Whittle se candidatou às audições para o papel de Shadow. O ator confessou que, à época, não conhecia Neil Gaiman, embora gostasse de trabalhos do autor sem saber da autoria. Atualmente, segundo ele, já leu a obra inspiradora da série duas vezes.

Na preparação para o papel, Ricky destacou a necessidade de ganhar massa muscular para interpretar Shadow, além do estudo do personagem junto aos showrunners, Bryan Fuller e Michael Green. Whittle comentou que seu papel em Deuses Americanos tem sido o mais diferenciado interpretado por ele até então.

A importância da diversidade na série

Após a apresentação de algumas cenas marcantes da primeira temporada, a entrevista foi levada para a importância da série na conjuntura atual. Com um discurso, Whittle considerou a diversidade abordada na série um de seus elementos mais preciosos.

Segundo o ator, Deuses Americanos busca “mostrar o mundo como ele é hoje”, e salientou que “mostramos quão bela cada cultura é”. Como resultado, a defesa da diversidade pelo ator arrancou aplausos calorosos da plateia.

Nesse sentido, Whittle também destacou a atuação de Orlando Jones como o Sr. Nancy, o qual protagoniza uma impactante cena num navio negreiro na primeira temporada. Segundo o ator, “foi um absurdo Orlando Jones não ser indicado a nenhuma premiação”.

O que esperar da segunda temporada?

Apesar das notícias indicando um ambiente turbulento na produção da segunda temporada, Whittle demonstrou otimismo e bastante confiança quanto à continuação da série.

Segundo o ator, podemos esperar mais ação, mais violência, mais sensualidade na segunda temporada. “Shadow fica nu!”, disse o ator arrancando euforia da plateia.

Dois aspectos importantes foram destacados por Whittle: a segunda temporada começa 20 minutos após a última cena da anterior. Além disso, subtramas que não estão presentes na obra original de Gaiman serão introduzidas ao roteiro.

Dessa forma, a experiência da segunda temporada deve trazer novidades tanto para os leitores quanto ao espectadores. Resumindo a nova temporada e comparando com a anterior, Whittle disse: “Se a 1ª temporada é sobre ‘olás’, a segunda temporada é sobre ‘adeus””

Ao fim, Whittle esbanjou simpatia ao bater uma selfie com a plateia e gravar um vídeo para as redes sociais.

A segunda temporada de Deuses Americanos vai ao ar na Amazon Prime Video a partir de 11 de março de 2019. A primeira temporada já está disponível no serviço de streaming.

 

Continue acompanhando a cobertura dos painéis e da feira da CCXP 18 aqui no nosso Blog e no nosso Instagram.

Luiz Alves

Luiz Alves

Historiador, fã de histórias em quadrinhos e jogador de RPG de longa data. Tem interesse por séries de suspense, como Hannibal, The Killing, Luther etc., de fantasia, como Penny Dreadful; e de todas as séries baseadas em HQs.

No comments

Add yours