Dragon Ball Super – 1×03 – Onde Está a Continuação do Sonho?! Procure o Super Sayajin Deus

dragon-ball-super-ep03
Imagem: DB-z.com

 

Continua após publicidade

O que tanto eu comecei a supor está começando a acontecer. Essa primeira saga de Dragon Ball Super nada mais será que o longa A Batalha dos Deuses de forma mais detalhada, e esse episódio começou a ser assim. Alguns elementos não apresentados no filme apareceu por aqui, porém não desmerecendo a produção anterior.

Continua após a publicidade

Bills está determinado em encontrar o tal Super Sayajin Deus, e ao mesmo tempo mostrando finalmente para o que está vindo. Estou com uma leve impressão de que o vilão será muito melhor explorado por aqui, já que no filme isso infelizmente não veio a acontecer. E digo mais, lá ele deixou um pouco a desejar, mas agora talvez com mais detalhes a serem explorados, devemos mais intensidade e crueldade, pois é isso que queremos. Que esse novo inimigo de Goku, faminto igual nosso herói, lhe dê muita dor de cabeça aquém de 80 minutos, porém evitando os fillers totalmente desnecessários, é claro.

Continua após publicidade

Em contrapartida, Goku continua treinando no planeta Kaiô, e vejo que ele podia ser mais grato a seu mestre. Isso foi mostrado no melhor clima nostálgico possível, relembrando o ápice da saga Cell em Dragon Ball Z. Depois dos anos todos que se passaram desde o acontecimento, reunir as esferas do dragão e trazer Senhor Kaiô de volta a vida é o mínimo que ele tem a fazer, e reparar de uma vez por todas os erros cometidos.

Ao descobrir que Freeza foi derrotado, Bills parou de brincar de destruir planetas por comida, que aliás já estava enchendo o saco. Agora ele indo ao planeta Kaiô, podemos finalmente dizer que o cheiro da treta está a caminho. O restante dos personagens que faltavam aparecer finalmente foram vistos. Falando nisso, quantas vezes Kuririn morrerá por aqui? Façam suas apostas.

Continua após publicidade

Um episódio menos enrolado e com mais desenvolvimento, isso foi muito bom, mas apesar disso os dois anteriores foram melhores. Isso é mero detalhe, pois agora que as coisas vão começar a se desenrolar, aliás já começaram. Estou ansioso para explorarem mais afundo também a volta do Imperador Pilaf, pois ele é um vilão tão divertido, e sem contar que foi o primeiro grande adversário de Goku em Dragon Ball. Logo, nada mais justo ele aqui ser mais aproveitado do que nos filmes.