DYNASTY – 1×04 – Private as a Circus

Imagem: The CW/Divulgação (Reprodução)

Os Carringtons movidos pelo desespero.

Em “Private as a Circus” Fallon está desesperada para criar seu próprio nome e roubar um contrato da empresa do pai, assim como Steven está para provar sua inocência. Cristal está desesperada para curtir sua lua de mel e fugir dos problemas, enquanto Sam tenta impedir que a sex tape da tia com o finado caia na internet. Já o desespero de Blake está em recuperar o telefone de Matthew para proteger o nome da família.

Como eu disse no episodio anterior, Jeff começa a mudar a dinâmica do seu relacionamento com Fallon. Ela gosta de mandar em tudo e dar as ordens e isso está incomodando Jeff. Ele quer ser mais ativo nas decisões, afinal são parceiros. Após Fallon ter uma reunião sem sucesso, Jeff prova seu valor e charme. Apesar dos seus esforços eles não conseguem o contrato.

Continua após a publicidade

Com suas recentes atitudes, é certo dizer que as prioridades de Fallon estão dividas entre derrotar Cristal e criar seu nome na industria de energia. Romance não é uma delas. Ela abandona Michael e muda o foco de conseguir um importante contrato para destruir a imagem de Cristal com o vídeo que ela mesma vazou. Isso mais uma vez traz problemas com a parceria com Jeff.

E não demorou muito para os homens de Fallon se encontrarem. Jeff faz o papel de bom amigo e convida o rival para um drink com ele e Kori. Jeff é esperto, usou Michael para agradar Kori e tentar fechar o contrato e desestabilizar o relacionamento de Michael e Fallon. Ponto para o time Colby.

Sam precisa de ajuda e recorre a Steven. Ele precisa recuperar o celular do falecido Matthew que contém um vídeo de sexo dele com Cristal. Steven mostrou ficar mais surpreso ao descobrir a mentira do pai sobre o celular ao fato do responsável pelo roubo da mansão ser um amigo de Sam. Mas quando Sam confessa sua participação no assalto Steven não o perdoa.

E Steven finalmente ganha relevância e prova que tem sangue de Carrington correndo nas veias. Apesar de ser o mais correto, ele está disposto a proteger sua família e a si mesmo. Além de arquitetar um plano para recuperar o celular ele faz um ultimato para Stansfield encontrar um novo suspeito para o assassinato de Matthew. Devo dizer que foi muito bom ver Steven nessa posição. Mesmo recuperando o celular e o dinheiro da extorsão, o vídeo cai na internet e viraliza, não é mesmo Fallon?

Imagem: The CW/Divulgação (Reprodução)

Tudo que Cristal queria era fugir da mansão e dos problemas que surgiram desde o dia do seu casamento. Ela planeja uma lua de mel surpresa e não sai do jeito que ela esperava. Blake está mais preocupado em recuperar o celular do que curtir sua lua de mel. Tudo piora quando o vídeo é publicado e a mídia faz acampamento na mansão Carrington.

Anders continua roubando a cena. Que ele é onipresente e onisciente nós já sabemos, mas parece que Michael ainda não sabia disso e isso fica evidente quando ele percebe que Anders sabe de sua relação com Fallon.

Um ponto bacana desse episódio foi o dialogo de Fallon e Steven sobre Alexis. Pelo que sabemos, depois que o casamento acabou, 10 anos atrás, ela abandonou os filhos com Blake e sua presença na vida deles se dá através de cartões postais. Essa ausência incomoda e machuca, principalmente Fallon.

Willy, aquele amigo de Matthew que foi demitido por Cristal procura Steven e logo depois é encontrado morto em sua casa com um bilhete admitindo a culpa pela explosão Windbriar, que acidentalmente matou seu amigo. Dessa forma, Stansfield encerra o caso da morte de Matthew livrando Steven da acusação de assassinato. Muito prático, não é mesmo? Steven ficou desconfiado como tudo foi resolvido e nós também. Será que ele vai se sentir culpado pela morte de Willy?

Ainda tivemos uma cena rápida de Claudia. Ela também viu o vídeo e com certeza isso vai mexer com ela. A mulher já não tem a cabeça boa, não superou a morte do marido e agora tem que lidar com isso. A vida é realmente muito difícil. “Private as a Circus” mostrou que não existe privacidade que não possa ser exposta, principalmente nessa família. Com um ritmo melhor que o ultimo episódio Dynasty ainda se mantém como uma boa pedida.

Obs: Só eu reparei na cena da espreguiçadeira na beira da piscina? É  uma cena similar a de Gossip Girl 2×01 com Serena e Blair nos Hamptons que  por sua vez é uma referência a cena de The O.C. 2×01 com Marissa e Summer da mansão de Caleb.

Tags Dynasty
Yuri Alves

Yuri Alves

Bacharel em Direito, fascinado pelo universo dos heróis e um viciado por séries e filmes. Um escritor a procura do meu espaço. Amante dos livros e da boa música. Adoro realitys. A série da minha vida , The OC. No Mix, sou responsável pelos textos de algumas séries como, Blindspot , Ozark, La Casa de Papel entre outras. Quando não estou no cinema ou maratonando uma série estou me aventurando na cozinha.

No comments

Add yours