Emilia Clarke revela que quase morreu gravando Game of Thrones

Emilia Clarke sofreu dois aneurismas durante gravações de Game of Thrones

A estrela de “Game of Thrones”, Emilia Clarke, revelou que quase morreu durante as gravações do drama épico da HBO. De acordo com a atriz, ela sofreu dois aneurismas cerebrais que quase lhe tiraram a vida durante o começo da série, há quase oito anos.

Clarke revelou o ocorrido, e falou pela primeira vez, em uma matéria publicada nesta quinta (21) pelo jornal New Yorker.

Emilia quase perdeu a vida

Pouco antes de assumir seu papel como Daenerys Targaryen na primeira temporada de “Game of Thrones” em 2011, a atriz notou em sua cabeça uma “dor lancinante, penetrante e constritiva” durante um treino de academia. Ela correu para o hospital, e fez exames de ressonância magnética que apontaram um aneurisma. Foi então que exigiram uma cirurgia no cérebro. A atriz, então com 24 anos de idade, passou por um período de recuperação de duas semanas, durante a qual ela não conseguia lembrar seu próprio nome, resultado de uma condição chamada afasia.

Palavras sem sentido saíram da minha boca e eu entrei em pânico. Eu nunca senti tanto medo assim – uma sensação de condenação se aproximando”, disse ela. “Eu pude ver minha vida à frente, e não valia a pena viver assim. Eu sou uma atriz. Eu preciso lembrar minhas falas. Então, eu não conseguia lembrar meu nome.”.

Depois da cirurgia, ela voltou a gravar a série, e foi quando ela descobriu que tinha outro aneurisma. E o pior: ele poderia se romper a qualquer minuto.

Durante a terceira temporada, Clarke descobriu que o seu aneurisma tinha dobrado de tamanho. Ela realizou uma nova cirurgia que, no entanto, não foi tão bem sucedida quanto a primeira.

Quando eles me acordaram, eu estava gritando de dor”, lembrou ela. “O procedimento falhou. Eu tive um sangramento enorme e os médicos deixaram claro que minhas chances de sobreviver eram precárias se não voltassem a funcionar. Desta vez, eles precisavam acessar meu cérebro da maneira antiga – através do meu crânio. E a operação teve que acontecer imediatamente.”.

Recuperação

A recuperação durou um mês e foi muito mais difícil que a primeira. Clarke disse que sofria com ataques de pânico, sentia-se como uma casca de si mesma e tentava bloquear as lembranças daquele período.

Parecia que eu tinha passado por uma guerra mais horrível do que qualquer outra que Daenerys experimentou“, disse ela. “Eu saí da operação com um dreno na minha cabeça. Pedaços do meu crânio foram substituídos por titânio. Hoje em dia, você não consegue ver a cicatriz que se curva do meu couro cabeludo até o meu ouvido, mas eu não sabia no começo que não seria visível.

Várias semanas após a cirurgia, Clarke voltou a trabalhar em “Game of Thrones”, promovendo a série na San Diego Comic-Con com seus colegas de elenco. Ela manteve a notícia de suas cirurgias em segredo até agora, até mesmo negando uma história do National Enquirer que ocorreu seis semanas após o procedimento.

Clarke assegurou a seus fãs que desde a segunda cirurgia, ela está 100% melhor, e criou uma instituição de caridade para lesões cerebrais e vítimas de derrame chamada SameYou.

Temporada final

O elenco de Game of Thrones continua sob os olhos da imprensa, a medida que a temporada final se aproxima. Faltando pouco menos de um mês para a estreia, os atores tentam manter segredo absoluto sobre como a saga vai acabar.

Os últimos episódios de GoT irão ao ar na HBO, a partir do dia 14 de abril.

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, brancas. Porém,

Leia também: Kit Harington diz estar em paz com final de Game of Thrones

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours