Fuller House – 1×06 – The Legend of El Explosivo

Imagem: The Full House Wiki/Divulgação

Imagem: The Full House Wiki/Divulgação

 

Depois de Max ter destaque merecido no episódio anterior, foi a vez de Jackson fazer a vez. Aliás, os momentos entre os dois irmãos estão crescendo cada vez mais, assim como a maior interação dos atores também, onde a dinâmica está se construindo naturalmente. A prova mais clara foi a cena inicial, onde o mais velho tenta enrolar mãe, e o outro desmentindo-o na sequência. Algo muito comum na infância, quando não é filho único, e isso rendeu de forma nada forçada.

No começo, achei D.J. muito forçada, bancando a mãe extremamente super protetora. A parte em que ela instalou um aplicativo de celular para seguir os passos do filho mais velho foi algo extremamente exagerado, onde nunca que uma mãe fosse tão stalker, beirando quase em ser uma psicopata. Erraram feio nessa parte, francamente. Como Matt disse a ela, nós homens quando garotos somos idiotas, e Jay estava apenas tendo seu momento. Qual garoto, no auge de seus 13 a 16 anos, por exemplo, não fez coisas estúpidas com os amigos, se achando como estivesse no programa Jackass?

Continua após a publicidade

Apesar dessa neura toda, vou ser franco que eu morri de rir com ela chegando na casa do Popko, e tirando ele e Max de lá. Juro que imaginei minha mãe fazendo isso comigo e meu irmão, a única diferença é que ela ia tirar a gente de na base das ameaças, rs. Esse, no entanto, foi apenas o fio condutor para a trama central do episódio, onde Steph seria DJ de um evento de luta, o Lucha Kaboom, em que os garotos são fãs. Como forma de punição, é claro que proibiria Jackson de ir.

Paralelo a isso, Kimmy também estava em conflitos, mas ela por sua vez era com Stephanie. A organizadora de eventos estava tentando fazer a mãezona legal, tentando participar da roda de amigas de Ramona, tentando treiná-las com passos de dança. Sem sucesso, ela foi “trocada” pela “irmã-esposa”, causando mais um maravilhoso momento de farpas entre as duas. Apesar da resistência das jovens, Gimbler foi aceita no bonde, e dançou com elas no campeonato de luta.

O ápice ficou para o final, quando aconteceu o Lucha Kaboom. Tudo estava saindo muito bem, com direito a Max indo vestido como um dos lutadores, até que D.J. mal esperava o que vinha pela frente. Jackson teve a ideia de deixar seu telefone colado em Cosmo, cachorro da família, e deixar o amigo cuidando do animal. Ao chegar no local da luta, ele acabou confundindo o participante do evento com seu irmão mais novo, e no intuito de defendê-lo, acabou entrando em combate.

Quando isso aconteceu, a confusão estava definitivamente armada, e D.J. em instinto maternal saiu em defesa do filho. A cena dela combatendo os lutadores do ringue me fez passar mal de tanto rir, e o melhor de tudo, vencendo o campeonato, com direito a ganhar nome de guerra e tudo mais. Com tudo que aconteceu, ela finalmente percebeu que estava exagerando. O final não podia ter sido melhor, com a veterinária pedindo para Jay se afastar de Popko, e o garoto respondendo que o amigo é seu “Kimmy Gibbler”, e o personagem aparece então fazendo referência mais uma vez a Full House. Isso foi simplesmente demais.

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours