Game of Thrones: a referência histórica que você perdeu no final

Game of Thrones referência histórica

A referência de Game of Thrones que está “escondida”

Apesar dos dragões, dos Caminhantes Brancos e do Corvo de Três Olhos, Game of Thrones da HBO ainda se baseava em algumas coisas da nossa realidade.

Continua após as recomendações

Afinal, George R. R. Martin usou as Guerras das Rosas do século 15 na Inglaterra como inspiração para seu épico de fantasia “As Crônicas de Gelo e Fogo“.

Mantendo essa tradição, a equipe criativa por trás da adaptação da HBO olhou para outra guerra para ajudar a enquadrar as consequências de uma cena particularmente dura, e muitas vezes criticada, no desfecho da série.

Continua após a publicidade

No episódio da 8ª temporada, “The Bells”, Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) reivindica o Trono de Ferro e segue os passos de seu pai, o “Rei Louco” Aerys II Targaryen.

Ignorando os sinais de rendição de King’s Landing, Daenerys usa seu último dragão sobrevivente, Drogon, para devastar a cidade. Dessa forma, ela incinera soldados e civis com uma vingança igual e desenfreada.

A impressionante exibição de destruição e massacre revira o estômago até mesmo de seus aliados mais próximos.

Imagem: Divulgação.

Alusão a Segunda Guerra

Mas quando o final da série, “The Iron Throne” começa, vemos Tyrion Lannister (Peter Dinklage) examinar a incrível devastação que sua rainha infligiu à cidade e seus cidadãos. As notas no roteiro pediam que a cena fosse filmada no “estilo ‘Filho de Saul’“.

Para quem não sabe, “Filho de Saul” é um filme que estreou em 2015 e segue Saul Ausländer (Géza Röhrig), um prisioneiro no campo de extermínio nazista da Segunda Guerra Mundial.

O estilo do filme usa tomadas curtas do rosto de Saul, que permitem ao público ler cada emoção no rosto do personagem. Tudo isso, enquanto ele testemunha as atrocidades da humanidade. Essas mesmas emoções são evidentes no rosto de Tyrion enquanto ele vagueia pela cidade em ruínas.

Game of Thrones referência histórica

Imagem: Divulgação.

Notas adicionais do roteiro pintam uma ideia ainda mais sombria das condições da cidade.

Dessa forma, a equipe criativa de “Game of Thrones” descreveu a destruição que Tyrion vê como “silhuetas humanas no solo queimado pelo dragão. Onde as cinzas foram sopradas, a imagem negativa das silhuetas de Hiroshima“.

Como a maioria sabe, a cidade japonesa de Hiroshima foi o alvo da primeira bomba atômica usada na batalha. A bomba matou cerca de 140.000 pessoas, aproximadamente 40% da população da cidade. Com a grande maioria morrendo com a detonação da bomba e dezenas de milhares morrendo posteriormente devido aos efeitos da arma atômica.

Sem dúvidas, os eventos da Segunda Guerra Mundial são alguns dos mais sombrios de nossa história. Afinal, ela ainda é mais discutida que a Primeira Grande Guerra.

Logo, não é de admirar que os escritores de “Game of Thrones” recorreram a essas atrocidades para realizar a batalha final e devastadora nos últimos episódios da série.

Legado

Mas mesmo diante de tamanha fotografia e direção impactante, o final de Game of Thrones segue odiado por muitos fãs. Prova disso é que, no ano em que a série comemora os 10 anos, desde sua estreia, o legado que o desfecho deixou acabou se sobressaindo ao impacto da série como um todo.

Mesmo assim, muitos fãs ainda amam a atração e preferem celebrar toda a marca que a série da HBO deixou na história da televisão e das séries de TV.

Imagem do final de Game of Thrones

Imagem: HBO/Divulgação

No entanto, vale lembrar ainda que Game of Thrones deverá ficar em alta novamente, devido a estreia do seu derivado, House of the Dragon, em 2022. Ainda sem data de estreia, o prequel contará a origem da casa Targaryen, situando sua história centenas de anos antes da trama principal.

E então, você é fã de Game of Thrones? Tinha notado essas referências? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

1 comentário

Adicione o seu
  1. Avatar
    JOTAT10 28 abril, 2021 at 15:06 Responder

    Uma pena o final tenha deixado a desejar, já que pra mim seria um final glorioso entre John Now & a rainha Daenerys , mas chocou ela sendo tia dele, por isso que ela morre, porque o politicamente correto não permite essa união.

Post a new comment