Grey's Anatomy – 12×02 – Walking Tall

greys 12x02

Imagem: Arquivo pessoal

Continua após as recomendações

 

 

Continua após a publicidade

“I’ve been wainting for this day for my entire career” (Miranda Bailey).

A Nazi está de volta! E que retorno sensacional foi esse! Quem acompanha o seriado desde a primeira temporada, sabe muito bem como Miranda Bailey era: a durona general que só mandava em seus internos, mas que tinha um coração maravilho escondido por detrás de tanta arrogância. Com o passar dos anos, Bailey foi se tornando mais humana, mais bobona, mas sem perder o seu brilho. Por isso, não era de se estranhar que ela, um dia, se tornaria a nova Chief do Hospital. E esse dia chegou.

Eu ri muito quando os médicos queriam fazer uma surpresa para ela, mas nossa amada nova Chief foi curta e grossa e mandou todos trabalharem e salvarem vidas. Que fora, Miranda Bailey, que fora! E se vocês acham que as loucuras da nova Chief pararam por aí, vocês se enganaram. Ela deixou Meredith acuada, acumulando trabalho. Isso mesmo, a nossa protagonista teve que trabalhar dobrado e nem adiantou usar a velha desculpa que era uma viúva e mãe de três filhos para cima da Bailey. Parece que isso não é desculpa suficiente para ser uma excelente médica e salvar vidas.

E não foi só isso! Bailey aproveitou o surgimento de uma mulher muito, muito, mas muito alta para investigar se ela não possuía algum problema em seu mecanismo, fazendo com que Callie, Amelia, Jackson e Maggie largassem tudo para cuidar da paciente. Ótimos momentos marcaram a reunião desse time de médicos que tentaram de tudo para afastar a Nazi da vida deles. Coitado do Ben, que teve que ficar no meio das fofocas do hospital e não podia falar nada. Mas vamos ser sinceros: Nazi é quase um patrimônio histórico do seriado, então, por mais que eu ame essa nova Bailey, tenho que confessar que sinto saudades da Bailey das primeiras temporadas de Grey’s Anatomy.

No fina, nossa Bailey percebeu o que estava fazendo e quase pediu demissão do cargo. Para a sorte dela, e a nossa também, Richard estava lá para dar uns conselhos sábios: para ser Chief não é necessário ser um general, mas sim saber liderar, escutando o que os outros médicos dizem. Esse Richard é um poço de sabedoria e merece todos os aplausos do mundo por nunca desistir de ensinar seus alunos. Bailey precisa se inspirar no Richard e escutá-lo mais para poder ser a Chief que sempre sonhou.

Sabe aquele momento sem noção do episódio? Pois bem, foi isso o que senti com o plot da April. Não que não seja importante tocarem no assunto de doenças contagiosas que surgem na África, mas eu senti que só colocaram essa história lá para enrolar o relacionamento dela com o Jackson. Por mais que seja triste de acreditar, parece que haverá mais um rompimento no seriado. Eu não sei vocês, mas senti que o Jackson está triste demais para acreditar que o relacionamento acabou e está sendo teimoso ao afirmar que foi ela que foi embora. April precisa lutar por ele e acreditar que tudo vai dar certo, até porque não aguentamos mais as separações causadas nesse seriado. Por outro lado, até que foi engraçado ver os personagens pedindo conselhos para April e ela ali, sozinha, frágil e esperando um beijo do seu marido.

PS: Amelia e Owen parem de serem tão fofos! Que cena foi aquela no elevador? Quero mais Owen e Amelia, por favor!

1 comentário

Adicione o seu
  1. Avatar
    Fernanda Azevedo 3 outubro, 2015 at 19:47 Responder

    Acho que fui a única idiota que chorou quando ela nomeou a Mer como Chefe da Cirurgia Geral. Ao mesmo tempo que lembro do primeiro episódio de Bailey e acho incrível ver que ela chegou onde sempre quis, senti o mesmo por Meredith! Mas mais de perto, já que a acompanhamos todos esses anos. Fiquei emocionada por ela! hahaha. Depois de taaaanta coisa, ela ainda consegue ter momentos bons! E ela dizendo que ela sempre foi a calmaria, desde o início, me fez chorar mais ainda. Ai gnt, como sou sensível com essa série! hahahaha.

    Eu ri muito da April presa naquela bolha. Só não ri da cena que ela dá de cara no vidro porque foi um momento triste. Achei bem legal ela dizendo que vai lutar pelos dois. E, pelo que o Jackson passou, ele está muito magoado porque se sentiu “abandonado”. Quer dizer, os dois passaram por toda aquela situação no ano passado e os dois precisavam apoiar um ao outro, e ela “foi embora”. Sei que ela precisava, mas entendo ele também.

    Owen e Amelia são MUITO FOFOS! Adoro ela, gente! E essa relação Mer x Maggie x Amelia ta cada vez melhor! haha.

    Outros pontos bons do episódio:
    – Arizona com ciúmes. Faísca Calzona? AMEM!
    – Stephanie tá cada vez mais bad ass. No começo, não curtia ela. Principalmente por causa do lance com o Jackson, mas desde o final da temporada passada ela tá mandando muito bem.
    – Alex botando a Jo no lugar dela! hahaha. Sensacional!

Post a new comment