Grey's Anatomy – 12×05 – Guess Who’s Coming to Dinner

greys 12x05 c

Arquivo pessoal

Continua após as recomendações

 

 

Continua após a publicidade

“Perfect Penny killed my husband” (Meredith Grey)

Antes de iniciar a review, queria parabenizar toda a equipe e elenco pelo roteiro e atuação no episódio. Não sei o que dizer, só sei sentir o que Meredith sentiu a cada cena, a cada momento, e são poucas vezes que acabei me envolvendo com algum episódio dessa maneira. Parecia que eu estava nesse jantar e podia sentir de longe o drama de Meredith, Penny, Amelia, Callie e cia. Foi um brilhante episódio, que mexeu muito com meu emocional e que me deixou desestruturada. Mal tinham passado 5 minutos, e as lágrimas estavam caindo dos meus olhos. No final, eu estava aos prantos, agoniada e me perguntando ‘como Meredith consegue ser essa pessoa maravilhosa?’ . Realmente, diante das minhas dificuldades e dramas nada chegou perto do que Meredith Grey passou e, por isso, só posso dizer o quanto essa mulher é uma guerreira. Não sei se no lugar dela eu agiria da mesma forma que ela, talvez teria agido mais como a Amelia, mas eu sei que deve ter sido difícil aquele jantar para ela.

E pensar que dentre todos os convidados, o único que percebeu que Meredith não estava boa foi Karev, só me faz ter mais orgulho do amadurecimento desse personagem. Alex Karev era um arrogante, não tinha amigos, vivia querendo ser o centro das atenções, mas depois que se envolveu com Izzie ele mudou, transformando-se nessa pessoa incrível que é. Era de se esperar que depois da partida de Cristina, Meridith recorresse à Derek para ser your person, mas ainda bem que isso não aconteceu, pois não vejo ninguém melhor que Karev para ser a your person de Meredith que ele.  Todo o apoio que ele deu para ela, inclusive no quesito da bebida, merece um prêmio. A preocupação que ele tem por Meredith é linda, e por mais que Jo tenha ciúmes disso, não dá para não negar que a amizade dos dois foi um dos melhores presentes que a série poderia nos dar nesses 250 episódios!

Caracas! Já se passaram 250 episódios? Eu vivenciei tantos momentos importantes com essa série que fica difícil deixar esse jantar de lado, até porque Penny teve um grande impacto nele. Não acho que ela seja uma assassina, até porque a única assassina que conhecemos é Shonda Rhimes, aka Shondanás, mas sei que ela, como pessoa e médica, teve grande responsabilidade no que aconteceu com Derek. Como eu disse, anteriormente, não sei como eu reagiria se estivesse no lugar de Meredith, mas sei que minha atitude seria mais parecida com a da Amelia. Eu adoraria saber o que realmente aconteceu e a expulsaria de casa, sim. Tenho esse meu lado explosivo dentro de mim, mesmo sabendo que nem sempre estou certa. Mas odiaria ver a cara da responsável pela morte do meu marido. E Amelia soube muito mostrar a sua revolta quando soube quem era Penny.

É claro que isso só aconteceu porque descobrimos que Penny estaria se mudando para o mesmo hospital que Mer, Amelia, Arizona, Callie e cia trabalham, e isso magoou muito Mer. A forma como nossa heroína jogou a bomba foi incrível e com classe; sem necessidade para barraco de pobre. Penny também não estava se sentindo bem na casa da Mer, e Callie acreditava que isso era por conta de Arizona, que estava completamente bêbada, para delírio da galera e alívio cômico. Aliás, Arizona e April continuam mostrando que a amizade das duas estão com tudo. Quem também serviu como alívio cômico foi Maggie que largou o jantar para descobrir se tinha pegado alguma doença sexualmente transmissível.

Mas como o assunto da noite (e do episódio) foi o jantar, nada mais justo do que falar dele. Tivemos de tudo: uma Arizona bêbada assanhada; April tentando esquecer Jackson, fazendo comida; a briguinha boba de Jo com Stephanie; Merdith tentando enfrentar mais um furacão; Amelia sendo amigável e a tão esperada treta do ano. O barraco não foi de socos, tapas na caras, ou afins, mas sim cheio de lição de moral e com lavação de roupa chuva. Penny levou de todos os lados, o que me deixou até com dó dela no fim do episódio. Já sabemos que ela errou, mas não é justo equipará-la como assassina. Mas não podemos dizer que está tudo bem para Mer e Amelia, porque ambas perderam alguém muito importante, e as feridas demoram para se cicatrizar. Só sei que tanto Meredith e Amelia tiveram seus momentos nesse episódio, e ambas continuam sendo minhas personagens femininas favoritas de Grey’s Anatomu, apesar de ter adorado o chega pra lá de Mer para cima da cunhada. Pelo menos Amelia tem o Owen para fazê-la feliz, e a Mer tem o Karev do seu lado, no que der e vier.

1 comentário

Adicione o seu
  1. Anderson Narciso
    Anderson Narciso 27 outubro, 2015 at 13:46 Responder

    Acho que a necessidade da Meredith explodir com a Amelia meio desnecessária. As duas precisam acertar os ponteiros.

    Achei meio novelão alguns trechos, mas sem dúvidas, foi uma boa história para o episódio 250. E qual será a intenção da Meredith a deixar a Penny seguir para o Grey-Sloan? Vamos acompanhar..

Post a new comment