Grey’s Anatomy: Os 10 momentos mais chocantes após a morte de Derek

Momentos de partir o coração

Que Grey’s Anatomy obteve momentos chocantes durante sua trajetória, todo mundo sabe. Mas uma das grandes tragédias da série foi a morte de Dr. Derek Shepherd, na 11ª temporada, em 2015. A passagem foi relembrada no episódio 350 da série, e despertou um sentimento nostálgico nos fãs. Já em nós, do Mix de Séries, nos fez lembrar quanta coisa acontece depois do fatídico momento.

Pensando nisso, nós resolvemos listar alguns momentos chocantes da série que aconteceram, após a morte do McDreamy. Em cinco temporadas, muita coisa rolou, nos deixando sem fôlego novamente, e novamente…

Confira!

1 – “O Som do Silêncio”

Na décima segunda temporada, pouco tempo depois a morte de Derek, a Dra. Grey acabou sendo violentada no hospital ao ser atacada por um de seus pacientes. Ao ficar sozinha com ele, em uma das salas da emergência, o paciente a espancou, deixando a médica sem ouvir e com muitos ferimentos temporariamente. Certamente, um momento bastante angustiante.

Continua após a publicidade

Resultado de imagem para meredith attacked by

Imagem: ABC/Divulgação

 

2 – Callie vai embora com Sofia

A décima segunda temporada foi a primeira sem Derek e a última com a Dra. Torres – pelo menos, até agora. Na época, sua namorada Penny foi uma das responsáveis pela morte do McDreamy e, além disso, ela travou uma batalha contra Arizona em relação a custódia da filha. A Dra. Robbins conseguiu a guarda mas, no fim da temporada, ela permitiu que a filha morasse com Callie em Nova Iorque. Dois anos depois, o público ficou sabendo do desfecho do casal.

Callie chora nos ombros de Meredith na 12ª temporada

Imagem: ABC/Divulgação.

 

3 – A mãe de Maggie morre (e mais tarde sua prima)

Nenhum parente dos personagens de Grey’s Anatomy está a salvo. A prova disso foi que até mesmo a Dra. Maggie Pierce sofreu uma perda, pouco depois de aparecer na série. Durante a décima terceira temporada, ela descobriu que sua mãe adotiva estava com um câncer de mama inflamatório e a história se desenrolou por vários episódios, dando esperanças para o público de uma recuperação – o que não aconteceu. Anos mais tarde, na recém-décima sexta temporada, Maggie perdeu outro membro da família, dessa vez uma prima que era parente de Richard, e isso a afetou drasticamente.

Grey's Anatomy Season 13 Meredith hugs Maggie after mother dies

Imagem: ABC/Divulgação

 

4 – Stephanie deixa o hospital após explosão

Vocês se lembram quando o hospital explodiu? Pois é, Stephanie que era uma das internas mais amadas pelo público estava lá dentro. Por pouco ela não morreu queimada e, devido a experiência, ela resolveu deixar o hospital e recomeçar sua vida. Uma perda irreparável, mas pelo menos ela sobreviveu ao furacão Shonda.

Grey's Anatomy Season 13 Stephanie quits in hospital after burned in fire

Imagem: ABC/Divulgação.

 

5 – “Megan está viva!”

O Dr. Riggs foi o médico que mais se aproximou ter um relacionamento com Meredith, dois anos depois da morte do McDreamy. Porém, o envolvimento amoroso deles foi interrompido quando amos descobriram que Megan Hunt (irmã de Owen e esposa de Riggs) estava viva, no mesmo episódio da explosão citado acima. Dada como morta no Iraque, ela foi encontrada e estava vindo para Seattle. O momento em que eles “se despedem” um do outro, romanticamente, foi bem emocionante, com Meredith dizendo: “Se fosse o Derek, eu também iria gostar”. Claro, tudo isso acabou abafando o quão chocante foi essa reviravolta.

Meredith em Grey's Anatomy

Imagem: ABC/Divulgação.

 

6 – Bailey e Ben tem “a conversa” com Tuck

O episódio “Personal Jesus”, da décima quarta temporada, foi interessante por si só ao apresentar a morte de Paul, ex-marido de Jo. Entretanto, foi um momento entre Bailey, Ben e Tuck que pode ser considerado chocante. Os adultos tem uma conversa com o adolescente sobre racismo e lhe ensinam como se comportar em uma abordagem policial, uma vez que um garoto negro eventualmente morreu no hospital por conta de um cenário parecido. O momento é extremamente pesado – mas necessário.

7 – April e Arizona deixam a série

April e Arizona deixaram juntas a série, ao final da décima quarta temporada. Mas talvez o mais chocante nisso tudo não seja o enredo em que as personagens saíram, mas sim a forma como as atrizes foram “descartadas” da série. Oficialmente, a roteirista Krista Vernoff disse que a história delas já havia terminado. Porém, nos bastidores, corre boatos de que a série precisou demitir as duas para conseguir bancar um salário astronômico da protagonista, Ellen Pompeo. Claro, esta versão foi desmentida pela equipe. Na trama, April se casou com Matthew (finalmente) e deixou o hospital para cuidar de necessitados voluntariamente. Enquanto isso, Arizona se mudou para Nova Iorque para ficar mais perto de Callie e da filha.

Grey's Anatomy Season 14 finale Arizona and April at wedding

Imagem: ABC/Divulgação.

8 – Cece morre

Uma das pacientes favoritas do público, Cece morreu em decorrência de uma cirurgia que realizou. Porém, seu envolvimento com Meredith foi bastante emocionante, principalmente porque ela a ajudou a enxergar que poderia dar uma chance novamente para o amor – e eventualmente, se envolvendo com o Dr. DeLuca. Mas, de alguma forma, a gente torcia para que Cece não morresse.

Grey's Anatomy Season 15 Meredith and patient Cece

 

9 – Jo conhece sua mãe (e a cena do estupro)

Este episódio, por si só, é todo chocante. Além do encontro de Jo e sua mãe biológica – e quando sabemos que a médica é, na verdade, fruto de um estupro, tivemos um caso de assédio e estupro também no hospital, atendido por Jo. Foi neste momento que soubemos, de fato, o que aconteceu. Além disso, tivemos uma poderosa cena em que a vítima do hospital não queria fazer cirurgia, com medo de ver homens no caminho. Foi quando a série mostrou toda a equipe feminina do hospital fazendo um corredor de segurança para a paciente.

 

10 – Meredith confronta o médico que atendeu Derek (e o matou)

No recente episódio de número 350 de Grey’s Anatomy, Meredith precisou defender a permanência de sua licença médica, após todo aquele problema da fraude cometida por ela. Porém, um dos momentos mais impactantes foi quando ela descobriu que iria ser julgada por um dos médicos que “matou” Derek. A cena é uma das mais poderosas do episódio e uma das melhores de toda a série.

E então, o que achou da nossa seleção? Para você, qual o momento mais chocante de Grey’s Anatomy após a morte de Derek? Deixe nos comentários.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, criador de conteúdo, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias e resenha séries semanalmente.

No comments

Add yours