How To Get Away With Murder – 2×12 – It’s a Trap

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Continua após as recomendações

 

Let mommy take care of it like she always does.

É, mas parece que dessa vez não vai ser tão fácil para a nossa mamãe dar conta dessa bomba. Num episódio mais morno, no qual algumas explicações foram dadas e novas informações adicionadas à trama, Annalise tem que lidar com sua mais nova ameaça: Philip. E pelo visto o rapaz é mais stalker do que imaginávamos. Vimos que ele não gosta de ser feito de bobo e ainda deixou bem claro que está vigiando o pessoal bem de perto.

Continua após a publicidade

Num em episódio em que fomos direcionados constantemente 10 anos atrás, ficamos sabendo um pouco melhor do passado de Annalise e do seu envolvimento com Rose, a mãe do Wes. O interessante de voltar no passado é ver o quanto Keating mudou. A advogada era uma mulher tão sorridente, simpática e de bem com a vida. Dificilmente perdia a cabeça, inclusive ouviu um desaforo de seu cliente machista e racista e nem se quer o respondeu à altura. Fico me perguntando em que ponto da vida a professora vai começar a ser essa badass que estamos acostumados a ver e qual evento será o responsável por essa mudança.

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Enquanto isso, Wes e Laurel vão para Ohio coletar informações do antigo cliente de Annalise no qual Rose se envolveu. No momento em que eu ia dizer que a amizade deles estava ficando mais sólida e bonita de se ver, os dois vão lá e se beijam. Parem, migos, apenas parem. Claro que sabemos que ambos passam por situações complicadas: Laurel sofrendo após saber que Frank matou Lila e Wes lidando com o fantasma que Annalise é em sua vida. Sabemos também que eles estão muito fragilizados emocionalmente. Mas os dois se envolverem por causa disso já é demais. Não sei qual é a intenção da série, mas querer juntar o casal será um grande erro.

E parece que Laurel tem mesmo um tipo preferido de homem: os assassinos. Digo isso, pois no final do episódio mais uma informação bombástica é revelada. Pelo o que tudo indica, quem foi o responsável pela morte de Rose foi Wes, seu próprio filho. É, pelo visto o Wes frequenta o cursinho de como se livrar de um assassinato desde criança. E com isso, Murder mostra mais uma vez sua incrível capacidade de nos impressionar. Mesmo já estando acostumados com o estilo da série, ainda ficamos surpresos com suas reviravoltas. E vocês, o que acharam do episódio?

Nenhum comentário

Adicione o seu