Imperdoável: a verdade por trás do filme da Netflix

Filme "Imperdoável" está fazendo muito sucesso com assinantes na Netflix.

Imperdoável Verdade Netflix
Continua após publicidade

Com direção de Nora Fingscheidt, Imperdoável é um filme da Netflix corajoso e emocional que segue Ruth Slater, enquanto ela tenta reconstruir sua vida depois passar 20 anos presa. Assombrada pelo crime que a deixou na cadeira e tentando desesperadamente encontrar sua irmã mais nova, a jornada da protagonista é emocionalmente angustiante.

Continua após publicidade

A narrativa, escrita por Peter Craig, Hillary Seitz e Courtenay Miles, também aborda vários problemas da atualidade, tornando a história ainda mais autêntica.

Agora que Imperdoável está fazendo muito sucesso na Netflix, muitos fãs estão curiosos para saber mais da história do filme. Então, eis a verdade por trás dela.

Continua após publicidade
Continua após publicidade
Imperdoável: a verdade por trás do filme da Netflix
Imagem: Divulgação.

A história de Imperdoável é verdadeira?

Não, Imperdoável não se baseou em uma história verdadeira. No entanto, o filme se baseou na minissérie britânica de três episódios Unforgiven, escrita por Sally Wainwright.

Os personagens e o enredo da minissérie correspondem quase todos aos do filme. Então, a história deste último é de certa forma baseada na minissérie.

Continua após publicidade

Leia também: Os detalhes do final de Imperdoável que os fãs não viram

No entanto, há algumas mudanças no enredo no filme. De forma mais notável, há o fato de que a personagem de Ruth na minissérie é condenada por 15 anos e mata dois policiais. Já no longa, ela enfrenta 20 anos e uma única morte.

Continua após publicidade

Mas, tanto na série quanto no filme Imperdoável, a protagonista procura desesperadamente por sua irmã mais nova, há muito tempo perdida, Katie. Por mais comovente que seja a narrativa, a história é fictícia, assim como os personagens nela envolvidos.

Continua após publicidade

Reflexo da realidade

No entanto, como é o caso de muitos dramas tensos e contundentes, há um reflexo do mundo real na narrativa de Imperdoável. Um dos aspectos centrais da história é o efeito destrutivo de estar no sistema prisional sobre as perspectivas de uma vida normal. É uma prova de como esse problema é universal no mundo real, já que o tema poderia retratar a realidade em uma minissérie britânica. Mas também parecer tão real como uma coprodução americana-alemã.

Continua após publicidade

Leia também: Filmagens difíceis mostram má condições dos sets de Cobra Kai

Talvez, Imperdoável tem alguns tons originais na sua narrativa, que rebatem diretamente o ponto sobre o racismo. Apesar de sua situação que desespera o público, Ruth de forma ocasional aparece como alguém que ainda é privilegiada. Isso fica mais claro por meio da personagem de Viola Davis, Liz Ingram, que tem certeza de que seus filhos negros nunca teriam visto a luz do dia, se tivessem matado um policial.

Continua após publicidade

O fato de Ruth poder pedir um advogado, e lutar pelo direito de ver a irmã, faz Liz qualificar a ex-presidiária como privilegiada por causa de sua raça.

Imperdoável: a verdade por trás do filme da Netflix
Imagem: Divulgação.

Na verdade, Davis até descreveu, na época em que ela estava trabalhando em Imperdoável, como os protestos em massa contra a morte de George Floyd começaram a varrer o país. A conversa e a consciência que esses protestos geraram é algo que Davis queria dar voz por meio de sua personagem.

O filme aborda tal fato com entusiasmo, e é por isso que a ideia de raça e privilégio estão inseridos na narrativa com ainda mais destaque.

Assim, Imperdoável se inspirou em uma minissérie de televisão fictícia e segue uma história fictícia. No entanto, o filme ainda se aprofunda nas situações que retrata, garantindo que a história apareça para o espectador com nuances que o faça pensar que é uma trama autêntica, da vida real.

Os temas de preconceito racial e outras questões atuais também são centrais para o filme, fazendo-o parecer muito mais próximo de uma história da vida real do que realmente é.