Kerry Washington comenta cena final de Scandal: “Provocativa e inesquecível”

Imagem: ABC/Divulgação

Cena final deixou os fãs discutindo sobre seu significado…

Scandal, série de Shonda Rhimes, pode ter terminado oficialmente após sete temporadas, mas isso não vai nos impedir de reviver o final da série por mais algumas semanas. Kerry Washington, no entanto, espera que os fãs pensem nos momentos finais do Scandal por, bem, muito mais do que isso pelos sons das coisas.

Falando à Entertainment Weekly sobre a conclusão do drama, Kerry – que interpretou Olivia Pope – chamou as cenas finais do episódio de “momentosas”.

O momento final, como foi roteirizado, foi muito importante, evocativo e inesquecível”, disse ela, antes de elogiar a ambiguidade de tudo. “As imagens deixam você com muitas perguntas”, acrescentou ela. “Eu acho que isso pode ser interpretado de muitas maneiras.”.

Então, Olivia tornou-se totalmente presidente dos Estados Unidos?

Não sabemos. Mas uma coisa que definitivamente precisa de reinterpretação é o que aconteceu com o vice-presidente Beene – como a versão sem cortes do final entregou um destino mais definitivo e satisfatório.  Em vez de fugir como assassino, em uma cena deletada da montagem final, Cyrus estava sentado sozinho em sua casa antes de ouvir um barulho no outro quarto.

Determinado a conseguir justiça para a trágica morte de David Rosen, Huck – sabe, o ex-assassino – aparece com sua famosa caixa de ferramentas de tortura.

A última temporada de Scandal ainda não tem data para chegar na Netflix. Ela vem sendo exibida no Brasil pelo Canal Sony.

Tags Scandal
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours