La Casa de Papel não vai acabar: Netflix anuncia “Berlim” para 2023

Derivada de La Casa de Papel chegará na Netflix.

La Casa de Papel Berlim
Continua após publicidade

Como parte de um dia sem precedentes repleto de atividades com o tema La Casa de Papel, a Netflix apresentou nesta terça-feira (30), um evento para marcar a “despedida” da atração. Os membros do elenco se reuniram para uma enorme sessão de perguntas e respostas ao vivo no Palacio Vistalegre, no sul de Madrid. E ainda, com mais de 5.000 fãs presentes.

Continua após publicidade

Lá, Pedro Alonso (Berlim) anunciou com entusiasmo que embora La Casa de Papel chegue ao fim em três dias, o universo criado por Alex Pina para a Atresmedia há cinco anos estará de volta. Apenas em uma nova forma como a história de origem de um dos personagens mais populares do show, Berlim.

Sim, o personagem Berlim ganhará uma série de origem, que estreará na plataforma em 2023.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Em outras notícias de Berlim, foi confirmado que o ator de Round 6, Park Hae-soo fará o papel de Berlim na adaptação coreana anunciada anteriormente.

Berlim Netflix
Imagem: Divulgação.

Mais de Berlim na Netflix

É um momento memorável porque é o fim de um ciclo e o início de outro”, disse Alonso no evento para fãs. “Hoje estava conversando com Jesús Colmenar e dizíamos que agora caminhamos para o desconhecido, abertos ao que quer que aconteça e sem expectativas”.

Continua após publicidade

Leia também: La Casa de Papel acaba e final muda tudo na Netflix

“Eu sei que essas pessoas darão à série todas as reviravoltas possíveis”, disse ele, apontando para o grupo de roteiristas de La Casa de Papel no evento. “A responsabilidade (de lançar uma série tão popular) pode ser um fardo e uma prisão. Espero que continuemos a ter a coragem de usar esta energia maravilhosa para arriscar tudo de novo”, acrescentou.

Continua após publicidade

Notícias de um spinoff com o tema Berlim provavelmente emocionarão muitos adoradores. Afinal, ele está entre os personagens mais populares da série, apesar de morrer no início do programa. Mas igualmente provável, isso também irá inspirar raiva em outras pessoas.

Continua após publicidade

Embora carismático, inteligente, engraçado e atraente em muitas cenas, Berlimm também é misógino, violento bem como um predador. Em uma das cenas mais difíceis do programa para os telespectadores, ele fez s*xo com uma refém sob extrema pressão. E argumentou que o ato foi consensual. Isso exige uma intensa ginástica mental. Muitos espectadores nunca perdoarão o personagem por essa violação.

Continua após publicidade

Na verdade, o próprio Alonso e o criador da série Alex Pina descreveram publicamente o personagem como deplorável. E às vezes psicopata. Eles disseram isso no documentário da Netflix do ano passado “La Casa de Papel: O Fenômeno”.

Continua após publicidade
La Casa de Papel
Imagem: Divulgação.

O final da La Casa de Papel

A equipe não compartilhou nenhum spoiler sobre como a série irá acabar. La Casa de Papel lançará seus últimos cinco episódios no dia 3 de dezembro. Aliás, a Netflix enfatizou, pouco antes de Round 6 estrear mundialmente, que a série foi seu drama em língua não inglesa mais assistido até aquele momento. Dessa forma, tinha alcançado 180 milhões de lares em todo o mundo.

Leia também: Trailer revela final de La Casa de Papel na Netflix

Situado inicialmente em Madrid e eventualmente em locais em todo o mundo, La Casa de Papel gira em torno de um grupo desordenado de desajustados que decidem entrar na casa da moeda espanhola para imprimir e depois roubar milhões de euros em dinheiro indetectável. O crime estaria longe de ser isento de vítimas, mas no que se refere a grandes roubos, este manteve a moral elevada sobre a maioria, já que o grupo estava, nas próprias palavras do professor, não roubando de ninguém, tornando o elenco de personagens muito mais agradável. O sucesso da série bem além das fronteiras da Espanha e da Europa foi um sinal inicial para a Netflix de que se aprofundar na estratégia do idioma local pagaria dividendos no longo prazo.

E então, o que você achou da novidade?