Lista Negra: James Spader diz a verdade sobre o final da série

Lista Negra acabou e o protagonista James Spader revelou como realmente se sentiu com a série tendo um desfecho após dez temporadas.

Lista Negra série final

Um dos maiores pecados que uma série de TV pode cometer é quando ela continua muito tempo depois de ter sido cancelada. Por exemplo, The Office provavelmente deveria ter desistido assim que Michael Scott (Steve Carrell) deixou a série. E Grey’s Anatomy deveria ter feito o mesmo após a saída de sua protagonista, Dra. Meredith Grey (Ellen Pompeo). De acordo com uma entrevista recente da NBC com o astro de Lista Negra (“The Blacklist”), James Spader, ele acredita que a série terminará após dez temporadas para evitar esse mesmo erro.

“Acho que se a série fosse além deste ano, seria uma série muito diferente”, disse o ator. “E eu acho que o que tem sido legal sobre esse programa é que nunca tivemos um paradigma realmente claro para ela. Tonalmente, a série muda muito de episódio para episódio. E acho que até mesmo o programa tomou rumos estranhos, e eu suspeito que a série, se fosse muito além, se tornaria algo menos reconhecível para mim.”

Altos e baixos de Lista Negra

Lista Negra série final
Imagem: Divulgação.

Desde que a série foi ao ar pela primeira vez, o Reddington de Spader ajudou o FBI a derrubar 200 dos piores criminosos que o mundo tem a oferecer.

Leia também: Lista Negra acabou: Red morre no final da série?

Embora a série tenha evoluído compreensivelmente nas últimas 10 temporadas, Spader claramente acha que a série seguiu seu curso e a décima e última temporada foi o momento certo para encerrá-la. E eles podem estar fazendo isso levando o fim de volta ao começo, fechando o círculo da história.

Série mudou sua identidade várias vezes

Quando Lista Negra começou, Raymond Reddington (Spader) se entregou e se tornou o tipo de fonte de informação que um ambicioso agente da lei sonha. Embora ele tenha entrado na série como um dos criminosos mais procurados pelo governo dos Estados Unidos, sua capacidade de ajudar a força-tarefa recém-formada a navegar no ventre sombrio do crime o tornou muito mais valioso como aliado.

Desde o início da primeira temporada, a personagem principal foi apresentada como a agente do FBI, Elizabeth Keen (Megan Boone). Ainda assim, após sua morte prematura, a série mudou para se concentrar no personagem favorito dos fãs, o enigmático e carismático Red. Os escritores perceberam que havia mais história para contar, embora o protagonista da série original tivesse partido. Quando você tem alguém como Spader pronto e disposto a continuar, você encontra uma maneira de fazer isso acontecer.

No entanto, mesmo um talento soberbo como Spader interpretando um personagem dinâmico como Red não pode evitá-lo quando sua série começa a secar. Portanto, a equipe de roteiristas e showrunners está virando a série de cabeça para baixo e nos levando de volta ao início, trazendo o círculo completo da série para onde começamos originalmente.

Red passou de aliado a alvo

The-Blacklist-8
Imagem: Divulgação.

Embora Red tenha conseguido superar todos os seus adversários nefastos, era apenas uma questão de tempo até que um deles pudesse virar o jogo contra ele para sempre. O congressista Hudson (Toby Leonard Moore) conseguiu reunir evidências suficientes para virar a equipe com a qual Red trabalhou por uma década contra ele. Com seu passado como criminoso e como um dos criminosos mais procurados, não deveria ser difícil encontrá-lo.

Um dos aspectos mais atraentes da temporada final de Lista Negra é que, embora Red tenha conseguido passar de inimigo número um a aliado mais forte do time, ela retoma ao seu antigo status de alvo principal.

O que o torna ainda mais perigoso é que ele passou a última década queimando todos os contatos que coletou no submundo. Deixando-o em uma ilha sozinho contra um inimigo que ele mesmo treinou.

Com um veterano como Spader nos dizendo que essa foi hora certa de pendurar o elegante chapéu, foi sábio do showrunner e dos escritores ouvir e encerrar Lista Negra em seus próprios termos.

Sobre o autor
Avatar

Anderson Narciso

Editor-chefe

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal que está no ar desde 2014. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais Tele Séries e Box de Séries, antes de criar o Mix. Formado em História pela UFJF e Mestre em História da Saúde pela Fiocruz/RJ, Anderson Narciso se aventurou no mundo da criação de conteúdo para Internet há 15 anos, onde passou a estudar sobre Google, SEO e outras técnicas de produção para web. É também certificado em Gestão Completa de Redes Sociais pela E-Dialog Comunicação Digital, além de estudar a prática de Growth Hack desde 2018, em que é certificado. Com o crescimento do site, e sua parceria com o portal UOL, passou a atuar na cobertura jornalística, realizando entrevistas nacionais e internacionais, cobertura de eventos para as redes sociais do Mix de Séries, entre outros. Atua como repórter no Rio de Janeiro e São Paulo, e pelo Mix já cobriu eventos como CCXP, Rock in Rio, além de ser convidados para coberturas e entrevistas presenciais nos Estúdios Globo, Netflix, Prime Vídeo, entre outros. No Mix de Séries, com experiência de dez anos, se especializou no nicho de séries e filmes. Hoje, como editor chefe, é o responsável por eleger as pautas diárias do portal, escolhendo os temas mais relevantes que ganham destaque tanto nas notícias quanto nas matérias especiais e críticas. Também atua como mediador entre a equipe, que está espalhada por todo o Brasil. Atuante no portal Mix de Séries diariamente, também atende trabalhos solicitados envolvendo crescimento de redes sociais, produção de textos para internet e web writing voltado para todos os nichos.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!