Marvel’s Luke Cage – 1×11 – Now You’re Mine

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Continua após as recomendações

“Você nem sempre tem que lutar para vencer.”

Deu ruim no comício de Mariah Dillard que decretaria a caçada popular a Luke Cage, o vigilante de capuz. E não culpem de forma alguma Misty pela confusão. Talvez o erro dela tenha sido ir atrás de Kid Cascavel sem reforço algum. Não era para menos, Knight não tem estado no melhor de seus momentos perante seus colegas e a sede de chegar àquele que tanta perturbação a ela e ao Harlem causou a move ferrenhamente.

Knight representa uma parcela das pessoas que acreditam e se valem do tal sistema para manter as coisas fluindo. É aquela força esperançosa e incorruptível que nos leva a acreditar que a justiça existe, que não estamos fadados a uma indigesta subserviência aos poderosos. Misty também é uma forma de resistência ainda que no âmbito das instituições; foi ainda uma resistência física e emocional enfrentando um ferimento gravíssimo. Aliás, esse ferimento foi uma referência à história dela nos quadrinhos: Misty perdeu o braço em uma explosão, tendo implantado um braço biônico depois.

Continua após a publicidade

Destaque também para Claire que não cansa de mostrar habilidades e sagacidades heroicas. Temple merece muito mais storylines nesse universo. Insisto que ela não é a namoradinha dos heróis, não está ali para cumprir cotas de donzela indefesa, de romance. Ela se envolver com alguém é mera consequência. Claire não é pouca coisa. Voltem na cena em que ela quebra o óculos de Shades, aquilo deu gosto de ver, aquilo é um tico da força dela.

Que mulheres, minha gente! A cena delas se defendendo de Shades foi mais um excelente exemplo do que essas séries da Marvel estão trazendo sobre um empoderamento feminino mais visceral, físico, estratégico. Juntas somos mais fortes.

Entre os confrontos que emergiram daquele caos, Shades e Kid Cascavel divergiram sobre não só o que se sucedia ali mas principalmente no lidar com as consequências que viriam. Há algum tempinho os dois vêm demonstrando certo desentendimento, tendo piorado depois do que Cascavel colocou uma arma na cabeça de Shades.

Este último estava certo em sua estratégia. O caos já havia se instalado e dificilmente eles se livrariam das acusações do tiroteio e do sequestro. O plano de Cascavel, de se fazer passar por Luke, só fazia sentido em sua perturbada mente. E neste episódio pudemos perceber com toda clareza do fortíssimo monólogo de Willis o quão perturbado ele é. A gente sabia que ele não regulava muito bem das ideias e do emocional, porém do modo como nos foi apresentado, em sequências em que só ele falava, falava e expunha todo o seu rancor. Roone éramos nós espectadores, perplexos e impotentes.

Acertada a alusão à história de Caim e Abel, era inevitável o confronto dos irmãos. Existe ali um sentimento de responsabilidade mútua, uma culpa compartilhada, mágoa para distribuir. Todavia, eles ficaram só nas provocações e em verdades cuspidas. Teremos que esperar parar talvez vermos um embate mais físico, porque é bem pouco provável que os dois não caiam na porrada para curarem suas feridas.

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Falemos então da politicagem formada entre a polícia, a força especial, promotoria e prefeitura. Colocaram todos dentro de uma van para “discutir” o uso de armas especiais. As aspas foram usadas porque ali ninguém estava mandando em absolutamente n-a-d-a. Enfatiza-se n-a-d-a. Estavam assombrados pelos acontecimentos daquele momento e de outros anteriores (Frank Castle também conhecido como Justiceiro, o carinha lá de Marvel’s Daredevil) e impotentes diante de forças mais poderosas. Nem adiantava desconfiar, seguir ordens era o que tinha que ser feito. O pato eram eles quem pagariam. Cade a insurgência pelo/do Harlem poderosinhos?

Agora, a pulga do episódio ficou por conta da resistência de Ridley em ouvir a versão de Knight sobre os fatos e sobre Lule Cage. Tem coisa aí. A dois episódios do fim, fatos e situações vieram às claras ao passo que se embaralharam. Confusos? Só se espera que tenham gás para encerrar algumas tramas.

Nenhum comentário

Adicione o seu