Masterchef Brasil Profissionais – 1×04 – A ira dos profissionais

Imagem: Twitter

Imagem: Twitter

 

 

Bem amigos do Mix de Séries, mais uma noite animada de terça-feira com muita arrogância e superioridade no Masterchef Profissionais.

Continua após a publicidade

Nossos chefs já se mostraram competentes, mas muito convencidos também, sendo que o outro jamais pode ser melhor que eles. João que o diga! Sempre fala que ele deveria ser o destaque do dia e desta vez não foi diferente. Hahaha! Pobre, João!

Outro que não aguenta uma crítica é Ivo, que errou a mão desta vez e ficou vermelho de raiva ao ouvir o sermão dos jurados. Foi preciso que Fogaça explicasse para ele que uma crítica e um erro podem servir para que a pessoa cresça, aprenda e fique melhor naquilo. Mas o criticado pode também fazer cara feia, ficar emburrado e não aprender nada, não é mesmo? Para com isso Ivo, você não precisa disso! Precisa?

A prova da caixa misteriosa finalmente chegou aos profissionais e, surpreendentemente, tinha itens que geralmente são jogadas fora, como casca de cebola, pé de galinha, cabeça de peixe, talo de couve, etc. Achei esta prova linda e bem significativa. Ensinou a todos como podemos aproveitar tudo o que temos. Bem a cara da Paola!

Imagem: Band

Imagem: Band

Fádia fez o prato mais apresentável e que dava vontade de comer. Podia muito bem ser servido em qualquer restaurante renomado. Já Marcelo, que tinha ficado todo animado para a prova, não teve tanto sucesso assim.

Na prova de eliminação, eu sofri muito com aquela sobremesa. A cada vez que cortavam a perfeita ópera eu salivava. Hahaha! A verdade seja dita. Fazer aquilo deve ser difícil demais! Tanto pela tentação em comer, quanto na perfeição das camadas e técnicas usadas.

Aprendemos a diferença de confeitaria e sobremesa. A primeira se prepara bem antes, como um bolo de aniversário. Já a segunda o cliente faz o pedido e a sobremesa é feita na hora, como é o caso do petit gateau.

Pâtisserie não é nada fácil, e percebemos que nossos chefs não aprenderam quase nada na faculdade sobre a confeitaria francesa ou qualquer coisa sobre doce. Vergonha alheia total do desespero deles. Isso deixou a prova bem mais emocionante. Ainda mais com o desespero da Priscylla, que estava tão apavorada que não parava de falar e fez várias burradas. Mas, felizmente, todos conseguiram entregar alguma coisa apresentável.

Foi muito emocionante ver Marcelo ganhar a prova e homenagear seu pai. Todos lembraram de seus familiares também e se emocionaram. Até Jacquin!

 

 

Já os piores, cada um tinha um erro. Não dava para saber quem iria sair. A superioridade falou mais alto e cada um disse que não merecia sair, porque sua opéra ficou melhor. Mas se eles estão ali é porque não ficou tão bom assim, além do que alguém sempre tem que sair.

E chegou a hora do Rodrigo. Ele já havia ficado na berlinda várias vezes, quase saiu nas semanas anteriores, então já sabíamos que uma hora iria acontecer. Não digo que ele foi o pior, até que foi aceitável. Mas entregar a torta em tamanho menor acredito que foi seu maior erro. Além do que, segundo os jurados, o prato não tinha o gosto que deveria ter.

Enfim, Rodrigo deu adeus em uma prova que de fato não tinha experiência. Ele até deixou um recadinho em seu Twitter se despedindo. Confere aí!

 

 

Masterchef Profissionais está cada dia melhor, com muitas tretas, falsianes e arrogância (quem não curte uma treta?). Com certeza, muitos amadores cozinharam no reality melhor que eles, mas jamais se achavam tão superiores assim – e não achavam ruim de lavar a própria louça que sujavam! Não é mesmo?

Até a próxima!

(Por Paula Reis)

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

1 comment

Add yours

Post a new comment