Mr. Robot – 2×12 – eps2.9_pyth0n-pt2.p7z [SEASON FINALE]

Imagem: Recap Guide

 

Eu poderia escolher qualquer imagem envolvendo os personagens, mas essa é o que mais representa. Assim como a legenda da imagem, eu fiquei me perguntando: What is really happening? (O que está realmente acontecendo?). Sério, gente, o que foi essa season finale?! Minha mente “bugou” várias vezes e já não sabia mais o que era real ou não. Mr. Robot ainda vai me enlouquecer definitivamente.

Finalmente, houve a revelação da fase 2: explodir o prédio da E-Corp. Confesso que estou com medo disso ocorrer, até porque a Whiterose está envolvida. Mr. Robot está cada vez mais controlando o Elliot , ao ponto de arquitetar um plano sem o próprio Elliot saber! É muita audácia! Nesse episódio, a relação entre pai e filho ficou um pouco abalada após o Elliot se recusar a executar a fase 2. Essa relação já estava um pouco estremecida nos episódios anteriores, mas aqui atingiu seu ápice.

Continua após a publicidade

Havia dúvidas se esse encontro entre Elliot e Tyrell tinha ocorrido de fato ou era, mais uma vez, fruto da cabeça de Elliot. Tyrell ainda contou a Elliot sobre a parceria entre eles para a realização da fase 2, mas essa tal parceria não soa familiar para Elliot. Por sua vez, ele fica mais perdido que cego em tiroteio. Então chegamos a conclusão de que foi o Mr. Robot quem arquitetou junto com o Tyrell e a Dark Army. Fiquei com maior dó do Elliot muito perdido acerca do projeto e, ao mesmo tempo, não concordando isso. Convenhamos que explodir o prédio da E-Corp com várias pessoas inocentes dentro é bastante arriscado e perigoso, afinal de contas, a maioria das pessoas que estão no prédio não tem nada a ver com os problemas da empresa. O Elliot tem consciência disso, mas o Mr. Robot não porque este é mais impulsivo.

Angela e Dominique protagonizaram o melhor diálogo desse episódio. Eu amo as duas, porque elas têm o espírito de liderança dentro das suas organizações. Esse poder feminino dá bastante visibilidade à causa feminista. Vejamos: quando vemos uma mulher como a Dominique desafiando e peitando todos os policiais da FBI, ela começa a ter o nosso respeito por não abaixar a cabeça para essa polícia tão machista. Além disso, a DiPierro se mostra muito mais capaz, inteligente e está a anos luz de todo mundo da FBI. A mesma coisa acontece com a Darlene: quando Elliot foi para a prisão, ela acabou sendo a chefa da fsociety. Ela continuou o trabalho que ambos criaram, mas que era liderado por Elliot. Darlene teve que provar que era capaz de liderar uma equipe e conseguiu! Darlene sempre foi uma personagem secundária, nunca davam o destaque merecido. Nessa segunda temporada, ela conseguiu todo o reconhecimento que merece.

Essa season finale não veio pra trazer respostas, eu deveria ter entendido desde o início hahaMr. Robot nos faz criar várias teorias doidas devido algumas evidências ocultas e easter eggs vistos no decorrer da série. Algumas teorias foram respondidas como a hipótese de que Elliot se encontrava numa prisão. Esse episódio em especial não trouxe nenhuma resposta, pelo contrário: nos deixou com mais dúvidas. Esse (?) é a grande magnitude da série, pois ela não é óbvia e nem pretende ser. Quanto mais tentamos entender, menos a gente entende.

Essa segunda temporada, de forma geral, nos fez questionar se todas as cenas envolvendo o Elliot eram reais ou não. Duvidou-se até da existência do Tyrell porque existia a teoria de que era o alter ego do Elliot. Nunca acreditei de fato nessa teoria, pois Tyrell era casado, tinha filho e era procurado pela polícia. No entanto, comprovou-se a real existência de Tyrell Wellick. Em certo momento, Elliot Alderson duvida desse reencontro entre Tyrell e ele, mas quando ele leva um tiro, Alderson percebe que aquilo não era mais um devaneio. Sinceramente cheguei a duvidar da cena assim como o Elliot porque vemos a série sob a sua perspectiva e ele nos convida a questionar se tudo é real ou não, pondo em cheque a veracidade de tudo o que se passa. Então passamos a duvidar também junto com o Elliot.

Nos vemos na 3ª temporada!

Daniele Duarte

Daniele Duarte

Carioca da gema, amante de literatura clássica. Machado de Assis é o seu autor favorito. O tríade de melhores séries são Six Feet Under, Breaking Bad e Sherlock . Séries inglesas também faz parte da sua grade de séries. Ela é a pessoa que chora rios com a series finale de SFU.

No comments

Add yours