Netflix vai produzir novas séries e filmes do universo de As Crônicas de Nárnia

Imagem: Divulgação

Saudades de Nárnia? Netflix resolve…

A Netflix anunciou nesta quarta-feira, 3, que adquiriu os direitos para desenvolver novas produções do universo fantástico de As Crônicas de Nárnia.

O acordo firmado entre a plataforma e a The C.S. Lewis Company dará origem a novas séries e filmes baseados na obra mundialmente conhecida de C.S. Lewis. Essa é a primeira vez que uma única empresa detém os direitos dos sete livros.

As amadas histórias das Crônicas de Nárnia ressoaram em gerações de leitores do mundo inteiro. As famílias se apaixonaram por personagens como Aslan e todo o universo de Nárnia. Estamos felizes em ser sua casa pelos próximos anos”, disse o diretor de conteúdo da Netflix, Ted Sarando.

Continua após a publicidade

A partir de agora, todas as séries e filmes do universo Nárnia produzidos pela Netflix contarão com Mark Gordon, Douglas Gresham e Vincent Sieber como produtores-executivos.

Último filme anunciado

Em 2017, a adaptação de As Crônicas de Nárnia: A Cadeira de Prata foi anunciada. O filme, que contaria com a direção de Joe Johnston (Capitão América: O Primeiro Vingador), não saiu do papel e agora deve ser engavetado.

Todos os livros da já venderam mais de 100 milhões de cópias no mundo inteiro. Os livros já lançados renderam mais de US$ 1,5 bilhão de dólares.

A franquia…

Nos cinemas, As Crônicas de Nárnia ganharam três adaptações. O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupas (2005), Príncipe Caspian (2008) e A Viagem do Peregrino da Alvorada (2010).

Durante sua vida, C. S. Lewis, o autor da série de livros, reprovou qualquer adaptação de suas obras por acreditar que o cinema era incapaz de reproduzir seu mundo de fantasia de maneira convincente. Porém o atual detentor dos direitos sobre os livros, o filho adotivo de C. S. Lewis, Douglas Gresham, autorizou a adaptação após uma demonstração do que a computação gráfica atual é capaz.

Ainda não há qualquer previsão de estreia para as novas produções que serão assinadas pelo selo original Netflix.

Leia também: A Netflix precisa parar de renovar séries que não precisam ser renovadas

Italo Marciel

Italo Marciel

Cearense, 28 anos. Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação. Viciado em séries desde que se entende por gente e apaixonado por cinema. O cara que fica feliz em indicar uma boa série ou um bom filme para os amigos.

1 comment

Add yours

Post a new comment