Nova “casa” de Friends, HBO Max terá lançamento impedido no Brasil; entenda

Friends pôster HBO Max

Projeto de lei em tramitação no Senado atrapalhará chegada do HBO Max

A AT&T anunciou nesta sexta-feira (25) que a WarnerMedia ficará responsável por todas as operações da empresa na América Latina de língua espanhola, isto é canais como HBO, Max, Cinemax e a plataforma HBO Go.

O acordo, entretanto, exclui o Brasil desses planos. De acordo com o material enviado à imprensa, a WarnerMedia não investirá no nosso país por enquanto em virtude da ‘insegurança regulatória’. “Estamos entusiasmados em deter toda a HBO Ole Partners, que opera uma das principais redes de televisão premium com base em assinaturas da região,” disse Gerhard Zeiler, chefe financeiro da WarnerMedia e Presidente da WarnerMedia International Networks.

A aquisição nos permitirá levar versões locais do nosso próximo serviço de streaming nos Estados Unidos, o HBO Max, para os consumidores dos países de língua espanhola da América Latina e no Caribe. Temos a opção de adquirir os negócios no Brasil, mas não faremos isso no momento. Como dissemos, investimento direto adicional no Brasil não é atualmente atrativo para nós devido à incerteza regulatória existente no país. Apoiamos e continuamos otimistas quanto aos esforços em andamento para alterar a lei do SeAC [Serviço de Acesso Condicionado] de sorte a garantir que o setor de mídia tenha uma estrutura regulatória clara e previsível que promova o investimento e a inovação“.

Assim, o streaming que ficará com os direitos exclusivos de Friends a partir de 2020 não terá autorização para ser lançado no Brasil. 

Continua após a publicidade

Como anda o processo legislativo? 

Contudo, questiona-se o que seria o que seria essa ‘incerteza regulatória’? O Congresso Federal discute há semanas o PL 3.832, que altera a Lei nº 12.485/11, mais conhecida como ‘Lei da TV a Cabo’, e que permitirá a ‘propriedade cruzada’. Isto é autoriza uma mesma empresa a produzir conteúdo e distribuí-lo. No cenário atual, portanto, nem a Sky nem a Claro podem produzir uma série ou filme e distribuir determinada produção.

O projeto de lei quer mudar isso. Até lá, a AT&T não investirá no Brasil da mesma forma que Argentina e México. Além disso, o impasse fará com que o lançamento da nova plataforma digital da empresa, o HBO Max, provavelmente chegue com atraso no Brasil. O Mix de Séries entrou em contato com o gabinete do Senador Vanderlan Cardoso (PP-GO), relator do PL, assim como todos os dezessete membros da Comissão de Ciência, Tecnologia; Inovação, Comunicação e Informática. Contudo, e sem nenhuma surpresa para uma sexta-feira, ninguém respondeu.

Breve Histórico

Para quem não sabia, a WarnerMedia (à época, Time Warner) e a Ole Communications trouxeram a HBO, e outras propriedades, para a região pela primeira vez quando fundaram a joint venture HBO Ole Partners em 1991. Lançando em seguida um canal premium da marca HBO em espanhol no mesmo ano. Só três anos depois, em 1994, um serviço em português foi lançado no Brasil.

Dessa forma, portanto, ainda não sabemos como conteúdos como Friends e The Big Bang Theory ficarão disponíveis no Brasil a partir de 2020 – tendo o destino, mais provável, permanecer em seus atuais streamings (o primeiro na Netflix e o segundo no Globoplay).

Tags HBOHBO Max
Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours