O Gabinete de Curiosidades da Netflix é real: conheça história

Produção de Guilherme Del Toro, a nova série O Gabinete de Curiosidades na Netflix, na verdade, tem inspiração em algo real.

O Gabinete de Curiosidades
Imagem: Divulgação.

Criada pelo cineasta vencedor do Oscar Guillermo del Toro, O Gabinete de Curiosidades é uma série de antologia de terror da Netflix. Como a série é uma antologia, nada conecta um episódio ao outro. No entanto, existem certas semelhanças temáticas entre os episódios. Por exemplo, tanto no primeiro quanto no segundo episódios, a ganância serve como um dos principais impulsionadores da trama.

Em cada episódio, del Toro aparece no início, atrás de seu Gabinete de Curiosidades. E se isso fez você se perguntar se os Gabinetes de Curiosidades são reais, nós respondemos!

O Gabinete de Curiosidades é algo real?

O Gabinete de Curiosidades
Imagem: Divulgação.

O Gabinete de Curiosidades é uma série de terror feita na mesma linha de ‘The Twilight Zone’ e ‘Tales from the Crypt’, embora haja um aspecto literário inegável que é verdade com qualquer coisa feita por del Toro.

Imagine sua mente como um armário… onde você tranca seus pensamentos mais sombrios e seus medos mais profundos. O que aconteceria se você abrisse aquele armário para o mundo ver? Estamos prestes a descobrir“, afirma o célebre escritor-diretor no programa.

Leia também: Recomeço: série de romance na Netflix acaba sendo triste

Mas acontece que O Gabinete de Curiosidades reflete algo que foi muito real. Também conhecidos como Wunderkammer, Cabinets of Wonder e Wonder-rooms, esses armários de curiosidades eram essencialmente uma coleção de objetos. Nos primeiros séculos, a palavra “armário” referia-se a uma sala inteira em vez de um móvel.

As coleções eram geralmente bastante complexas, representando vários campos de estudos, embora não fossem conhecidas como tal na época. Um típico gabinete de curiosidades carrega objetos que representam história, arqueologia, geologia, fé, arte, antiguidades e história natural.

Uma coisa a ter em mente aqui, embora esses objetos deveriam ser certas coisas, não significa que eles sempre foram isso. Por exemplo, a presa de um Narval macho muitas vezes fazia parte dessas coleções como um chifre de unicórnio.

Essencialmente, eles foram precursores dos museus privados. Os Gabinetes de curiosidades começaram a aparecer pela primeira vez no século XVI, com o registro pictórico mais antigo de um armário contendo itens de história natural que data de 1599 (as gravuras desdobráveis ​​na Dell’Historia Naturale de Ferrante Imperato em Nápoles).

O Gabinete de Curiosidades na Netflix tem base em um livro?

Imagem: Divulgação.

A série da Netflix tem base no curta de mesmo nome de del Toro. Originalmente intitulado ‘Guillermo del Toro Presents 10 After Midnight’, a série é composta por oito episódios. O primeiro, intitulado “Lote 36”, tem base em um conto do próprio del Toro, assim como o sétimo episódio, “The Murmuring”. Dois episódios são baseados em histórias de H.P. Lovecraft: ‘Modelo de Pickman’ e ‘Sonhos na Casa das Bruxas’.

Leia também: Elite: Netflix confirma 7ª temporada com volta de ator

O segundo episódio, ‘Graveyard Rats’, tem base em um conto de Henry Kuttner, enquanto o terceiro episódio, ‘The Outside’ é uma adaptação da história de Emily Carroll. Michael Shea escreveu o conto no qual o quarto episódio ‘The Autopsy’ se inspira. O oitavo e último episódio, ‘The Viewing’, parece ser uma história original.

“Com O Gabinete de Curiosidades, nos propusemos a mostrar as realidades existentes fora do nosso mundo normal: as anomalias e curiosidades”, disse del Toro em comunicado. “Nós escolhemos a dedo e selecionamos um grupo de histórias e contadores de histórias para entregar esses contos, sejam eles vindos do espaço sideral, conhecimento sobrenatural ou simplesmente dentro de nossas mentes. Bem a tempo do Halloween, cada um desses oito contos é uma espiada fantástica dentro do armário de delícias existente sob a realidade em que vivemos.”

Sobre o autor
Avatar

Anderson Narciso

Editor-chefe

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal que está no ar desde 2014. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais Tele Séries e Box de Séries, antes de criar o Mix. Formado em História pela UFJF e Mestre em História da Saúde pela Fiocruz/RJ, Anderson Narciso se aventurou no mundo da criação de conteúdo para Internet há 15 anos, onde passou a estudar sobre Google, SEO e outras técnicas de produção para web. É também certificado em Gestão Completa de Redes Sociais pela E-Dialog Comunicação Digital, além de estudar a prática de Growth Hack desde 2018, em que é certificado. Com o crescimento do site, e sua parceria com o portal UOL, passou a atuar na cobertura jornalística, realizando entrevistas nacionais e internacionais, cobertura de eventos para as redes sociais do Mix de Séries, entre outros. Atua como repórter no Rio de Janeiro e São Paulo, e pelo Mix já cobriu eventos como CCXP, Rock in Rio, além de ser convidados para coberturas e entrevistas presenciais nos Estúdios Globo, Netflix, Prime Vídeo, entre outros. No Mix de Séries, com experiência de dez anos, se especializou no nicho de séries e filmes. Hoje, como editor chefe, é o responsável por eleger as pautas diárias do portal, escolhendo os temas mais relevantes que ganham destaque tanto nas notícias quanto nas matérias especiais e críticas. Também atua como mediador entre a equipe, que está espalhada por todo o Brasil. Atuante no portal Mix de Séries diariamente, também atende trabalhos solicitados envolvendo crescimento de redes sociais, produção de textos para internet e web writing voltado para todos os nichos.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!