O que vai acontecer agora em Game of Thrones? Confira teorias do episódio 8×04

Game of Thrones apresentou reviravolta

Se você gostou ou não da Batalha de Winterfell em Game of Thrones, não há como argumentar que mudou completamente a trajetória dos episódios finais da série. Enquanto a primeira metade da temporada estava focada quase totalmente em Jon (Kit Harington) e Daenerys (Emilia Clarke) preparando seus exércitos para lutar contra as forças do Rei da Noite – algo que a série vem construindo desde o seu primeiro episódio – a ameaça dos mortos foi completamente eliminada no episódio deste domingo, uma vez que Arya Stark (Maisie Williams) esfaqueou o Rei da Noite com a adaga de Catspaw, matando todos os wights e Caminhantes Brancos.

Mas agora que este problema está fora do caminho, onde diabos Game of Thrones vai parar? O TV Guide resolveu fazer algumas apostas e trazemos elas para vocês.

Bem como, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Além, disso, verdes. Todavia, brancas.

História a partir daqui

Existem fãs que estão chocados sobre o fato do clímax de Game of Thrones ser completamente diferente do que achavam. Assim, o final será uma batalha entre facções de pessoas, em vez da luta muito maior entre os vivos e os mortos.

Os livros de Game of Thrones, As crônicas de Gelo e Fogo, de George RR Martin, sempre foram sobre explorar o melhor e o pior da humanidade. Especificamente, a obscuridade de como você define essas características, e não o bem binário contra o mal que o Rei da Noite representava. E é emocionante que os episódios finais do programa pareçam estar voltando àquelas ideias centrais ao reconcentrar-se no drama sobre os humanos do que nas forças sobrenaturais.

Mas depois de gastar todos os seus esforços na guerra com o Rei da Noite, como Jon e Daenerys vão ter uma chance contra Cersei? Suas forças estão drasticamente esgotadas, tendo perdido praticamente todos os exércitos Dothraki e Imaculados (o que também é problemático em um outro nível). E aqueles que sobreviveram estão feridos e exaustos da batalha. No entanto, agora parece que eles devem em breve começar uma longa marcha para o sul até King’s Landing para enfrentar Cersei e seus 20.000 homens, que são novos e prontos para lutar.

Enquanto um número chocante de nossos personagens principais sobreviveram à Batalha de Winterfell (para melhor ou para pior), não está claro quantos soldados Jon e Daenerys ainda têm. Mas para eles representarem qualquer ameaça para Cersei, eles definitivamente precisarão de mais lutadores do seu lado. Felizmente, há muitos personagens desaparecidos que podem retornar nos próximos dois episódios para ajudar.

Teorias

Depois de se voltar contra os Starks, reconquistar sua lealdade e depois voltar a atacá-los, Lord Glover (Tim McInnerny) e seus homens ficaram em Deepwood Motte, em vez de se juntarem à luta contra o Rei da Noite. Embora isso tenha sido uma grande traição na época, na verdade pode ter sido para o benefício de Jon e Dany a longo prazo. Quando Tormund (Kristofer Hivju) chegou à Winterfell, ele disse a Jon que todos entre o castelo e a Muralha haviam sido recrutados para o exército dos mortos.

No entanto, dado que Deepwood Motte está decentemente a noroeste de Winterfell, a sede da Casa Glover provavelmente estaria fora do caminho o suficiente para que o Rei da Noite provavelmente não passeasse por lá a caminho de matar Bran (Isaac Hempstead Wright). Isso significa que Glover poderia virar o jogo mais uma vez e participar da luta contra Cersei. (E não seria legal ver Robett Glover morrer no campo de batalha como penitência por ser um vira-casaca todas essas vezes?)

Mais ajudas…

Yara (Gemma Whelan), depois de ter recuperado as Ilhas de Ferro, também poderia se juntar às forças de Daenerys. Dessa forma, trazendo consigo o que restou de sua própria Frota de Ferro. E nós apostaríamos que Dorne iria aproveitar a chance de terminar sua vingança contra Cersei. Além disso, enquanto Dany perdeu quase todos os seus exércitos Dothraki e Imaculados, ela ainda tem toda uma força de combate à sua disposição. Tal qual ela ainda poderá colocar em jogo em Westeros.

Quando Daenerys partiu para recuperar o Trono de Ferro, ela deixou seu amante Daario (Michiel Huisman) e os Segundos Filhos em Mereen para manter a paz. Seria de seu interesse agora convocar os restos de suas forças. Também, provavelmente, a presença de Daario alimentaria algumas intrigas ele e Jon. Certamente, poderia ser algo divertido para o espectador assistir.

Haverá união?

Claro, toda essa teoria está presumindo que Jon e Daenerys continuarão trabalhando juntos na guerra que está por vir. As divisões já visíveis dentro de suas forças ficaram ainda mais claras durante a Batalha de Winterfell. Por exemplo, quando Missandei (Nathalie Emmanuel) destacou a falta de lealdade de Sansa (Sophie Turner) à Rainha dos Dragões. Enquanto isso, a lealdade de Tyrion se tornou um pouco mais próxima à Senhora de Winterfell. Sendo assim, sugerindo que ele pode estar mais dividido entre as duas mulheres do que imaginávamos anteriormente.

União entre Jon e Daenerys ainda existirá? Imagem: HBO/Divulgação

Bem como, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Além, disso, verdes. Todavia, brancas.

Mas há uma verdadeira indicação de que a frágil aliança entre Jon e Dany pode desmoronar no próximo episódio. Ou, no mínimo, mudar drasticamente. Agora que ela sabe a verdade sobre a paternidade de Jon e os verdadeiros sentimentos de Sansa, o teaser do episódio 4 mostra Daenerys em dois momentos isoladas. E ela estava abordando multidões sem qualquer Stark à vista. Em um deles, ela está ao lado de Varys (Conleth Hill) e Missandei, e em outro ela está sozinha.

Então, antes que alguém se prepare para essa batalha final contra Cersei, que provavelmente ocorrerá no episódio 5, a série terá primeiro que lidar com a luta interna pelo poder entre Dany e os Starks. E honestamente isso soa muito mais fascinante do que outra hora de carnificina.

Estamos ansiosos, e vocês?

Leia também: Maisie Williams sobre reviravolta de Arya no episódio 8×03 de Game of Thrones

Share this post

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.