Once Upon a Time – 5×14 – Devil’s Due

Fonte: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Sabe aquele ditado que diz “a esperança é a última que morre”? Pois bem, gostaria de agradecer não somente à Deus, mas também a Jesus por manter minha esperança firme e forte que o impossível poderia acontecer em Once Upon a Time. Mesmo que seja algo breve, algo que venha a ser totalmente deixado de lado no próximo episódio e, quem sabe, só venha a acontecer novamente na temporada que vem, e olhe lá! “O doente mental, do que diabos tu tá falando?”. Eu to falando de personagens meu povo!

Já é sabido, por quem acompanha as reviews, que sou extremamente contra a inserção intensa de novos personagens na trama. Não adianta colocar personagens que narrem suas histórias em um episódio e adeus, tudo volta ao normal. Seria mais interessante trabalhar com o que se tem, com extremamente o necessário, sem ficar sempre acrescentando novos rostos. Pois bem, notaram o episódio dessa semana? Foi incrível, teve plot twist e NÃO TEVE PERSONAGENS NOVOS! Gente, sério, estou muito feliz por isso.

Não, não é frescura, por que esse episódio só veio confirmar aquilo que sempre tive a certeza: OUAT pode ter milhares de adjetivos ruins, mas ela tem a capacidade de ser uma boa série, devido ao imenso universo que ela pode trabalhar. Mas esse universo não precisa ter uma intensa reciclagem de personagens. “Ah Alex, mas se vai pra Terra do Nunca tem que ter Peter Pan”. Concordo! Dependendo do universo que será trabalhado deve-se ter novos personagens. Mas só eles, e que eles mereçam a exploração necessária coitadas de Elsa e Anna.

Continua após a publicidade

Sr. Gold, Emma, Hook e Milah: eu torno a dizer que OUAT tem os tramas familiares mais característicos de Casos de Família e ainda acredito que isso renderia um bom Top Mix. Cá pra nós: você ajudaria a(o) atual do(a) seu(sua) ex? Claro que existe toda uma caridade por trás, da parte de Milah, e interesse, da parte de Gold. Mas esses relacionamentos muito lokos estão difíceis de acompanhar. Sem falar que sempre alguém acaba se ferrando, o lado bom da história, e ai que a mágica do plot twist acontece.

Considerações Finais:

  • Só eu que acredita que ainda haverá alguma coisa relacionado a Daniel? Aquele cavalo não apareceu ali só pra mostrar a volta dos poderes de Regina.
  • Eu preciso ver as tretas que Cruella vai causar sendo Prefeita e qual vai ser o resultado do seu plano com Henry.
Avatar

No comments

Add yours