Revenge – 4×03 – Ashes

revenge-03

Continua após publicidade

Sem plano, sem lista de criminosos, sem fotos com os rostos deles…” assim como afirma Nola, Emily está se arriscando pela primeira vez, sendo impulsiva, passional, agindo com o coração e, frequentemente, quebrando a cara. É estranho e extremamente fascinante vermos a nossa protagonista agir sem um planejamento prévio, pela primeira vez.

Continua após a publicidade

Victória tentou reinar nesse episódio, mantendo novamente todos em suas mãos. Vimos isso na tentativa dela em se reconciliar com Daniel – sendo que só queria dinheiro, mas sem contar o que realmente Emily fez com ela; vimos ela usar Charlotte em um momento frágil para manipular ainda mais David, fazendo com que ele confie nela; e vimos ela usar Margaux para ter o tal dinheiro que não conseguiu com Daniel, usando a desculpa que a francesinha babaca é da família. Vic é sim muito esperta, mas nesse episódio, principalmente, tudo caiu no colo dela, até o aparecimento de Emily na floresta.

Continua após publicidade

Mas fiquei meio assim com aquela ruiva que voltou lá da season premiere. O que ela quer exatamente? Sei que no comecinho parecia só uma participação especial, mas agora ficou claro que ela está atrás de Victória, e usará Daniel (a eterna marionete da série) para se aproximar da rainha destronada dos Hamptons. Já tenho a teoria de que ela está do lado de David Clarke, que não pode ser tão moloide como parece.

Jack já sabe que a culpada pelo incêndio é Charlotte – que nem se arrepende hein? -, mas assim como ele, não concordo com Emily protegendo a irmã traidora. Gente, ela tentou matar Emily queimada? Como aceitar isso numa boa? Emily se sentir culpada por tudo que fez Charlotte passar, mesmo que ela não fosse o alvo, mostra que ela é toda coração sim, e nem tão fria quanto parecia, uma pena. Mas tô preocupada com o furo dessa história toda, e Carl? Cadê ele, meu Deus?

Continua após publicidade

Aliás, falando em Charlotte, nesse episódio até fiquei com pena dela, a menina é realmente muito inocente. Perdida em um mundo onde todos tentam manipulá-la ou jogam fora, é até lógico que ela não aceite Emily como sua irmã, não aceite que as intenções dela são boas. Porque ela não sabe o que é isso, está sempre sendo usada por alguém. É o mais puro e verdadeiro caso de “pobre menina rica”, dessa vez sem deboche.

A mesma pena senti de Daniel, afundado em seu orgulho e sem coragem de pedir ajuda para alguém, como Margaux, que também está se fazendo de palhaça né? É lógico que ele não tem mais dinheiro. Com um caso como o do pai dele, o dinheiro foi congelado por um milhão de motivos, como as indenizações. Enfim, os “irmãos-marionetes” me causaram pena. E que eles parem de tentar ir para o lado negro da força, eles podem ter vocação, mas não têm estômago pra isso.

Agora, o momento mais chocante do episódio foram os finais. David me engana o tempo todo, não sei se ele é sincero com Vic ou não, mas o sentido dele de proteção e de ir em busca de Emily mostrou que ele ouve e acredita no que ela diz. Afinal, só isso seria motivo para ele pegar sua faca e colocar seu moleton assassino para ir em busca da nova rainha dos Hamptons. Nolan parece que sabe que David está vivo, vi isso no jeito como ele mudou de assunto ao ver Emily afirmar que Victória sabe de algo que ela não sabe.

Entretanto, acho que ele não sabe o que aconteceu com David, nem contou nada para o ex-falecido, ou ele nunca iria cheio de raiva para a mansão, nem Nolan o teria impedido com uma arma. De qualquer forma, ao olhar Emily, ficou claro que ele reconheceu sua filha (aliás, ela está bem parecida com a criança das lembranças mesmo), e o próximo episódio promete revelações bombásticas. Eu estou amando os rumos dessa quarta temporada, e vocês?

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=eJZnfyuf6LU[/youtube]