Rising Star 1×08 – Quarter Finals

rising-star-08Olar gentes, como vão vocês? Chegamos às quartas de final de Rising Star, e até agora não entendemos patavinas das regras. Mas depois da chacina de participantes que tivemos semana passada, dessa vez só tivemos dois eliminados. Bom, mas vamos ao que interessa, as apresentações:

Continua após as recomendações

Joshua Peavy – American Woman (71%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=e6qhxnChDU4&index=3&list=PLp_hv829JnZ-40-8jtX7xe2xhsKGMyqPh[/youtube]

Continua após a publicidade

Carine (75%) – Tá de brinks, né? Ou esse cara tem dupla personalidade pra intercalar semana boring com semana legal, ou eu não faço a menor ideia de quem realmente seja Joshua Peavy e que raios de estilo ele tem. Assim, beeeeem longe de ser meu preferido nessa competição, mas essa performance foi maravilhosa perto da última.

Eduardo (90%) – MAS GENTE? Joshua finalmente saiu da sua zona de conforto, deixou de lado seu rótulo de boring, e nos proporcionou uma performance cheia de atitude como foi “American Woman”. Simplesmente sensacional!

Fábio (65%) – Vamos dizer que essa foi uma performance “meio termo” para mim. Gostei, mas nunca irei escutar de novo. Fez sentido? Por ser uma música com essa pegada rock, faltou ele atingir um climax e aquela tentativa de segurar uma nota no final não me convenceu a ser um.

Letícia (70%) – Não dá para negar que Joshua sabe agradar sua torcida. Seja com uma baladinha ou com um clássico, ele sabe muito bem o que está fazendo. A apresentação foi boa assim, mas sei lá, já cansei tanto dessa música que não curti. Mas é isso aí Joshua, agora só encontra um estilo tá, bjus.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”75″]

Dana Williams – Human (57%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=M98alpD4udY&index=8&list=PLp_hv829JnZ-40-8jtX7xe2xhsKGMyqPh[/youtube]

Carine (20%) – Muito ruim, péssimo. O problema da Dana é seu tom de voz extremamente peculiar que não fica bom com qualquer música. De quatro das suas apresentações no programa, só consegui gostar de uma até agora. E essa fiquei completamente desconfortável assistindo e a vontade foi de pular para o próximo.

Eduardo (40%) – Gente eu quase dormi vendo Dana cantando, é sério. Começou muito bem, mas no decorrer da performance a qualidade foi decaindo, mas ela estava linda pelo menos, sou suspeito em falar pois piro em mulheres com cabelo liso.

Fábio (70%) – Olha, diferente aos meu amigos de “bancada” eu gostei dessa performance da Dana. Procuro sempre olhar a crescente do act, e comparando com as performances anteriores ela foi bem melhor. Diferente do Joshua que passou longe de fazer uma apresentação como aquela dos duelos.

Letícia (60%) – Dana alisou o cabelo e perdeu a mão. Sei lá, eu achei que ela poderia ter cantado novamente Latch que eu dava nota 1.000, mas ela resolveu cantar Human e Zzzzz… O problema não foi só a interpretação, foi o arranjo também que de tão mimimi fez a voz dela estourar nossos tímpanos. Pena Dana! :/

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”47″]

April Lockhart – Girls Just Want To Have Fun (27%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=D1Zk1gqI_sQ&list=PLp_hv829JnZ-40-8jtX7xe2xhsKGMyqPh&index=5[/youtube]

Carine (20%) – Tá difícil hoje! Achei a ideia boa, mas na prática nada funcionou, nada mesmo. E olha que eu apostava na April como finalista.

Eduardo (5%) – Gente o que houve com a April? Performance mega sofrida, totalmente desconexa de tudo. Você sabe que sempre gostei de você, mas dessa vez foi a gota.

Fábio (5%) – Aquelas desafinadas horríveis na metade da música já definem essa performance por si só, não é? Então próximo.

Letícia (10%) – Tudo errado, viram? E cantei essa pedra semana passada, April já estava definhando há tempos. Que pena que ela não sabe aproveitar bem a sua voz. Que song choice gente, pelamor, desafinou, não combinou, e tudo mostrou inconsistência.  Culpo a imaturidade, porque não vejo outro culpado além disso. Futuro ela pode ter, se souber escolher um repertório melhor. Mas isso falo na vida, porque acredito que o Rising Star acabou pra ela.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”10″]

Maneepat Molloy – Your Song (46%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=XRK9OD_HnaU&list=PLp_hv829JnZ-40-8jtX7xe2xhsKGMyqPh&index=7[/youtube]

Carine (30%) – Maneepat tá fazendo hora extra aqui, né? Só eu acho MUITO chato? Não que tenha sido péssimo, mas é chatíssimo. Sério, gente, não aguento essa menina.

Eduardo (60%) – Acho que essa foi a primeira vez que não me entediei com ela, sério gente. Maneepat tem talento, mas suas songs choices são muito sonolentas, só que hoje ela mandou bem até.

Fábio (30%) – Nem com uma grande música que é fácil de emocionar como “Your Song” os acts estão conseguindo empolgar nesse episodio. Que venha logo o Jesse porque tá difícil.

Letícia (50%) – Essa menina me deixa confusa, porque ela tem uma voz bonita, mas sei lá sabe, não dá liga. A música é maravilhosa, mas vamos ser sinceros, nada a ver com um reality musical onde teu objetivo é superar competidores. Afinal ela só dá destaque em poucos momentos, e no fim o que mais importa em Your Song é a letra. O resultado é uma apresentação toda trabalhada no tédio. Diferente de April que só fez besteira, Maneepat até cantou ok, mas não empolgou, como sempre.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”42″]

Audrey Kate Geiger – New York State Of Mind (85%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=3UoeEWHo95I&list=PLp_hv829JnZ-40-8jtX7xe2xhsKGMyqPh&index=4[/youtube]

Carine (85%) – Agora sim!!! Finalmente uma apresentação empolgante nesse episódio. Audrey se perdeu um pouco na última semana, mas voltou pra sambar no resto das mulheres da competição. Foi lindo!

Eduardo (90%) – Uma performance crua e honesta, simplesmente caiu perfeitamente para essa música. Uma coisa que sempre prezo num candidato é essa “criatividade”.

Fábio (85%) – Ah Audrey você chegou na hora exata, chegou para acordar todos, porque até então o negocio tava dificil. E volto a dizer: Como eu amo esse timbre da voz dela, passaria o dia todo, a semana, o mês escutando músicas cantada por ela. Que timbre!

Letícia (95%) – PALMAS, e o Tocantins todo para menina Audrey que simplesmente arrasou. Quando vi ela sentadinha no baquinho toda diva, já sabia que coisa boa vinha por aí, mas não imaginei que fosse tão bom. Sim, é sempre possível dar uma “refrescada” em músicas extremamente clássicas, como ela fez com New York State of Mind. Uma apresentação linda e inesquecível. Obrigada sua linda.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”88″]

Austin French – House Of The Rising Sun (89%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=IMZe6R9nfeQ&list=PLp_hv829JnZ-40-8jtX7xe2xhsKGMyqPh&index=1[/youtube]

Carine (90%) – Não sou fã número um do Austin e nem me identifico muito com ele, mas amo essa música, amo The Animals e não tenho como não amar essa apresentação.

Eduardo (95%) – Alguém tem alguma dúvida que a final será entre ele e Jesse? Pra variar o cara mandou super bem, um dos meus favoritos com toda a certeza.

Fábio (85%) – Olha, é inegável que Austin disparou e jogou poeira em todas as outras performances (com exceção da Audrey) até então. O cara mandou muito bem mesmo, porém é difícil exaltar demais essa performance dele quando se tem até hoje essa memorável apresentação da Haley Reinhart (aqui) do Idol na cabeça.

Letícia (90%) – Eita que Austin chegou derroubando forninhos hoje hein! Gente, como não amar essa música, é possível? E quando ele começou à capela eu já teria apertado o botãozinho ali. Foi lindo, foi visceral, foi de aplaudir e glorificar de pé! Sim, eu tinha dúvidas com Austin, mas agora ele está começando a ganhar meu coração, continua assim.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”90″]

Shameia Crawford – Skyscraper (54%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=nel-rFHhe24&index=6&list=PLp_hv829JnZ-40-8jtX7xe2xhsKGMyqPh[/youtube]

Carine (50%) – A Shameia tá ficando sem graça. Eu defendia a moça no começo, até gostava dela, mas andei desempolgando com o passar das semanas. Falta um carisma aí, algo que cative o público.

Eduardo (15%) – Gente por um instante eu pensei que ela fosse botar um ovo. Agora começo a me perguntar como Shameia ainda está na competição? Desculpa, mas essa versão de Skyscraper nunca chegará à brilhante performance de Sam Bailey no The X Factor UK  ano passado.

Fábio (40%) – Gosto demais quando alguém vem e reformula o arranjo de uma música, gosto mesmo. Porém Shameia conseguiu a incrível proeza de deixar Skyscraper sofrível. Ela consegue atingir ótimas notas, ok. Porém não ficou nada legal o que ela fez ai, não mesmo.

Letícia (60%) – Olha, não vou ser injusta, ela cantou bem, mas faltou alguma coisa. O Eduardo tem razão, é difícil cantar essa música depois de Sam Destruidora. Na real não é difícil, é injusto, porque comparações sempre acontecerão. Shameia precisa pensar um pouco mais em suas song choice, e isso venho dizendo desde o início.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”41″]

Jesse Kinch – Money (That’s What I Want) (88%)

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=i1VIve-Un2k&list=PLp_hv829JnZ-40-8jtX7xe2xhsKGMyqPh[/youtube]

Carine (100%) – Até que enfim o Jesse pra salvar a noite. E veio com uma das apresentações que eu mais gostei no programa. Dá pra não amar, gente? Que vontade de levantar e sair dançando.

Eduardo (80%) – Vou ser sincero que essa performance do Jesse foi muito boa, mas não foi excelente como todas as anteriores. Só que isso não importa, pois o cara manda muito bem, e foi apenas uma song choice mal sucedida. PS: PEGUEM A CARA DA SHAMEIA QUANDO VIU QUE IA SAIR DA COMPETIÇÃO VENDO O JESSE CANTANDO, PRECISO DESSA CENA COMO GIF PARA USAR DE MEME NO MEU GIRO SEMANAL.

Fábio (90%) – Elogios já nem são mais necessários para sabermos o quão foda o Jesse é. Só uma pergunta me nos vem a cabeça quando se trata do Jesse: Quem será o próximo que ele terá que superar tranquilamente?

Letícia (90%) – Vish que a groupie baixou aqui o/ AHHHH JESSEEEEE! Mais uma apresentação excelente. Sabe o que mais gosto? Ele está se divertindo, cantando o que realmente gosta, e como isso faz diferença, fica mais gostoso de ouvir. Acho que foi sim uma boa song choice, mas não foi a melhor, só que who cares? Outra coisa que amei é que todos que foram bem hoje ou investiram em uma mistura de rock, blues, jazz e soul, simplesmente AMEI isso. E amei Jesse, parabainx.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX: ” level=”90″]

E vocês? O que acharam das performances da noite?

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours