Scenes from a Marriage, da HBO, tem ótimo roteiro e grandes atuações

Scenes from a Marriage é a nova estreia do HBO.

Scenes from a Marriage

Como uma boa adaptação de Bergman, Scenes from a Marriage resume-se a cenários escassos e diálogos vastos. O primeiro capítulo da nova minissérie da HBO é um compilado de cenas longas onde dois ou mais personagens discutem temas pertinentes. É um estilo que muitos diretores já utilizaram no Cinema e é muito comum no teatro. Na TV, por seu formato seriado, o drama de “câmara” é mais raro, mas como podemos ver em Scenes, é perfeitamente possível de acontecer.

Continua após publicidade

Criada por Hagai Levi, responsável por sucessos como In Treatment e The Affair, Scenes from a Marriage acompanha Mira e Jonathan. Casados há mais de dez anos, os dois começam a reavaliar o relacionamento depois que uma entrevista e uma notícia surpreendente arrebata a tranquilidade do casal. Traça uma única e hermética sinopse para a minissérie é algo inútil. Isso porque esta não é uma narrativa formal e direta. Trata-se de várias trechos, muitas vezes isolados, sobre momentos específicos da intimidade do casal.

Continua após a publicidade

Força de Scenes from a Marriage está nos detalhes

Desta forma, embora exista um fio condutor na segunda metade do episódio de estreia, Scenes from a Marriage tem mais interesse em analisar pequenos momentos que possam dar uma dimensão do macro. Com isso, Levi (que assina o texto e a direção) dá pequenas pistas sobre cada personagem.

Continua após publicidade

Leia também: Pinguim do novo filme Batman terá série no HBO Max

Note, por exemplo, como Jonathan se descreve na cena inicial, enquanto cede informações a uma acadêmica. Compare a ordem e o peso dos dados quando comparados aos de Mira. Repare, ainda, as pequenas inflexões na voz e as leves expressões faciais que denunciam as percepções de cada um. Nesta cena inicial, é possível conhecer muito do casal enquanto marido e mulher e enquanto indivíduos totalmente distintos.

Pois é aí que reside a força e a riqueza de Scenes from a Marriage. Assim como Closer, um dos melhores romances contemporâneos a analisar os relacionamentos atuais, o roteiro de Levi não hesita ao revelar duros segredos e palavras que cada um guarda dentro de si. Assim, é um choque quando um dos dois traz à tona alguma dor do passado, quando uma ferida é reaberta. Embora não saibamos o que aconteceu especificamente, podemos ver o quão doloroso é para eles. E Levi, enquanto diretor, capta cada detalhe com precisão.

Continua após publicidade

Isaac e Chastain estão irretocáveis

Ajuda que, no centro do furacão, estejam Oscar Isaac e Jessica Chastain. O ator vive Jonathan como um homem visivelmente apaixonado pela mulher, mas que guarda muito de seus pensamentos e posicionamentos pois sabe que isso é o certo a fazer. Logo, várias sequências trazem o sujeito cedendo espaço e fala à mulher, pois sabe que é isso que, em tese, deve fazer. Isso rende um claro sufocamento que se estende à esposa. Embora o marido dê espaço e liberdade e jamais surja como um homem abusivo, Mira ainda sente falta de algo mais. Desta forma, a mulher se ressente em diversos momentos e Chastain exprime cada mínimo detalhe em uma atuação avassaladora.

O roteiro sai do lugar comum, portanto, ao trazer um casal que se ama. Apesar das pequenas e visíveis fissuras, é nítido que ambos se amam e se respeitam. Pelo que podemos ver no primeiro capítulo, ao menos, Jonathan parece ser um ótimo marido e Mira uma ótima esposa. Fiéis, respeitosos e felizes na medida que todo casamento permite, a dupla caminha pelas dúvidas do matrimônio com firmeza. O desafio do roteiro, portanto, é mostrar que mesmo casais sólidos podem ruir. Além disso, nem sempre há vilões. Na maioria das vezes são apenas seres humanos tentando entender e alcançar o trem andando.

Minissérie de cinco episódios promete fazer pensar, por bem ou por mal

Entre a dinâmica afiadíssima do casal, Hagai Levi conduz sua câmera com inteligência pelos cenários fechados da casa. Com planos sem cortes e pequenos movimentos, o diretor estabelece um ótimo ritmo a um roteiro que precisa muito de um compasso firme. Isso porque a primeira hora (e provavelmente as próximas) se debruça muito nos diálogos. Em mãos menos seguras, portanto, Scenes from a Marriage cairia no marasmo. Aqui, com todo o controle de direção e edição, a estreia transcorre com elegância e rapidez.

Com cinco episódios, Scenes from a Marriage promete trazer os altos e baixos de um casamento com sobriedade, numa abordagem adulta dos fatos e personagens. Quando foi ao ar na Suécia, por exemplo, a versão original de Ingmar Bergman levou os pedidos de divórcio à estratosfera. Dizem que, pelo sucesso da minissérie, as separações dispararam no país. Não sabemos se a nova adaptação terá os mesmos efeitos, mas pelo que podemos ver neste início, incólume ninguém sai.

Nota: 4/5

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.