Smallville: Toda história tem um começo

smallville

Continua após a publicidade

 

O Superman é um herói icônico, sendo bastante referência de geração a geração. Com diversas adaptações em quadrinhos, filmes e desenhos animados, já vimos ao longo de mais de 75 anos diversas faces do super herói. Quando se fala do início dessa história toda dele, todas as produções citadas chega a explorar sim o passado dele, do pequeno garoto encontrado por um casal e passa a ser criado por eles e por aí vai, mas nenhuma delas abordou esse lado de forma tão profunda. Eis que então em 2001, o canal The WB decidiu lançar uma série que fosse afundo em como o jovem Clark Kent se tornou o lendário super herói aclamado mundialmente por diversas gerações.

Smallville estreou em 16 de outubro de 2001, e dá início com uma chuva de meteoros caindo na pacata cidade que leva o nome da série, localizada no interior do Kansas. O acontecimento trouxe destruição ao local, mudando a vida de muitos habitantes, entre eles a pequena Lana Lang e o garoto milionário Lex Luthor. O que ninguém imaginava é que o evento não trouxe apenas tragédias, e sim uma esperança também ao mundo todo. Isso porque Jonathan e Martha Kent, no meio disso tudo, encontram no meio dos destroços da chuva de meteoros um garoto que ajuda os dois após terem sofrido um acidente de carro durante o acontecimento. O casal que mora em Smallville não pode ter filhos, e vê na criança a oportunidade de criá-lo. Doze anos se passaram desde então, e Clark Kent é um adolescente que mantém guardado de todos, um segredo crucial que são os seus poderes, esses que ele vai adquirindo e aprimorando mais no decorrer da série.

O piloto da série atingiu a marca de 8,4 milhões de telespectadores, números bastante satisfatórios para os padrões da The WB. Smallville foi durante anos a maior audiência do canal, que em 2006 se fundiu com a UPN tornando-se então a CW, e quando isso aconteceu os números foram bastante satisfatórios até o final da sexta temporada. Aqui no Brasil a atração foi exibida primeiro no canal a cabo Warner Channel, que também foi sucesso absoluto, porém ela caiu no gosto do público mesmo quando estreou no SBT, como Smallville: As Aventuras do Superboy. Na emissora de Silvio Santos, a série sempre foi sinônimo de boa audiência, passando por diversos horários, porém o que mais deu certo foi no início das tardes de domingo, por volta do meio dia, no saudoso programa Sessão Premiada. Nessa época, a saga de Clark Kent chegou muitas vezes a ultrapassar a Globo na audiência, adquirindo então a liderança por muitas vezes.

 

smallville-pilot-clark-and-lex

 

Apesar disso nem tudo foram flores no meio do caminho, pois Smallville foi uma adaptação à mitologia de Superman que mais dividiu opiniões entre os fãs do homem de aço. Muitos odiaram e foram totalmente contra a série por conta de muita coisa que acabou não sendo totalmente fiel às HQs, principalmente nas últimas temporadas da atração. Muitos não aceitavam, por exemplo, o fato de Lex Luthor e Clark Kent terem sido melhores amigos, ou de Lois Lane ter entrado na história antes mesmo dos dois se tornarem jornalistas do Planeta Diário, ou até mesmo do herói ter levado dez anos para voar, entre outras coisas.

Durante os primeiros anos da série o foco são as descobertas de Clark em relação às habilidades dele e também de sua origem, além do dilema entre ter uma vida normal e guardar o grande segredo de sua vida, e de combater pessoas que acabaram adquirindo poderes após a chuva de meteoros, sendo denominados como “aberrações” ou “freaks”. Nessa meio tempo acabamos vendo um lado de Lex Luthor jamais visto, onde ele ainda não é um vilão e ainda por cima amigo daquele que futuramente se torna seu principal rival, mas por conta de sua obsessão pelo Clark e os conflitos com seu pai, o rapaz vai aos poucos se tornando sombrio, e se aproximando daquele personagem que todos conhecem. Alguns personagens que nunca existiram em histórias anteriores do Superman são inseridos na atração, entre eles Chloe Sullivan, melhor amiga do protagonista por quem esconde uma paixão nas primeiras temporadas, mas que após descobrir o segredo dele, se torna sua fiel escudeira. A jovem nerd fez tanto sucesso que, inclusive, chegou a ser inserida no Universo da DC Comics em novas HQs do homem de aço.

A quinta temporada foi marcada como um divisor de águas, pois foi quando a história começou a mudar de foco, e trama deixou o lado adolescente de canto para assumir uma história mais adulta. A cidade de Smallville começou a se tornar segundo plano, assim como os freaks, ganhando então Metropolis um destaque gradual. Além disso, foi marcado também pela morte de Jonathan Kent, algo já previsto desde o começo, sendo um impulso para novos rumos na vida de Clark. Lex estava cada vez mais ambíguo, Lana perdendo o destaque e Lois (inserida no quarto ano como prima de Chloe) crescendo cada vez mais.

 

smallville-lois-clark

 

Após seu fraco sétimo ano, a série passou por uma reformulação drástica, tendo foco totalmente em Metropolis, e com Clark e Lois trabalhando finalmente juntos no Planeta Diário. Com a saída dos atores Michael Rosenbaum e Kristin Kreuk do elenco, a formação regular sofreu mudanças com a entrada de novos personagens, como Tess Mercer, a vilã obcecada por Lex Luthor e que acaba se tornando do bem na décima temporada e o paramédico Davis Bloom, que vinha no final do oitavo ano a se tornar o icônico vilão Doomsday. Além disso Oliver Queen (Arqueiro Verde), que já havia feito participações na duas temporadas anteriores, acabou se tornando regular até o fim de Smallville.

Com a constante mudança de elenco, da formação original apenas Tom Welling (Clark) e Allison Mack (Chloe) permaneceram até o fim da atração, alguns atores acabaram voltando para o series finale, com exceção de Kristin por conta do desfecho que Lana acabou levando na história. Smallville chegou ao fim em 13 de maio de 2011, com um desfecho espetacular e com Clark finalmente assumindo o fardo de Superman.

 

smallville_finale

 

Em seus dez anos de vida, vimos diversos heróis como Flash, Cyborg, Supergirl, Canário Negro, e vilões como Metalo, Darkseid, Zod, entre outros do Universo DC Comics passar pela série, histórias fiéis à mitologia Superman e outras nem tanto. Mesmo com deslizes e temporadas descartáveis, Smallville terminou no auge, sem deixar nenhuma pendência. Ela encerrou com o propósito dever cumprido de ter mostrado tudo que Clark Kent passou até se tornar o homem de aço. Mesmo com toda a ficção científica, uma coisa bacana abordada na produção foi o foco também no lado humano do protagonista, que apesar de ser praticamente indestrutível (só não deixem uma kryptonita perto dele), ele possui suas fraquezas e vulnerabilidade.

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

2 comments

Add yours
  1. Avatar
    lucas_santtos 25 agosto, 2015 at 15:14 Responder

    Como não lembrar das dobradinhas: Smallville: As Aventuras do Suberboy, The OC: Um estranho no paraíso e Lances da Vida? As primeiras séries que assisti, as primeiras que me viciaram. Smallville lembro bem que comecei a ver já bem adiante, acho que estava na terceira ou quarta temporada, mas aí bateu aquela vontade e ‘encontrei’ aquele jeitinho de assistir tudo desde o começo. Muitos falavam mal da série, de como estava mais do que na hora de terminar, mas me mantive firme até o último minuto, o que foi uma ótima decisão, até porque realmente o final foi excelente! Chloe era meu amor, ainda sinto falta daquela loirinha de óculos! Lembro do 6×16, um dos meus episódios preferidos que teve o casamento de Lana e Lex!

    Seu texto trazendo ótimas lembranças Duh! Parabéns ae!

  2. Anderson Narciso
    Anderson Narciso 26 agosto, 2015 at 09:20 Responder

    Adorava Smallville. Era algo sagrado aos domingos, 12h assistir. Não perdia um episódio. Assisti até a sexta temporada no SBT, pois quando chegou velox aqui em casa, comecei a baixar ainda na sexta. Bons tempos… Saudade disso hehe.

    ótimo texto Duh!

Post a new comment