Supernatural se despede do público em emocionante painel na Comic Con

Último painel de Supernatural na San Diego Comic Con

O público da SDCC acabou indo as lágrimas com o painel de despedida de Supernatural. Este foi o último encontro dos atores da série no evento, uma vez que a série acabará após 15 anos.

Continua após as recomendações

Estiveram presentes os produtores Andrew Dabb, Robert Singer, Brad Buckner e Eugenie Ross-Leming, bem como as estrelas Alexander Calvert, Misha Collins, Jensen Ackles e Jared Padalecki. O painel, logo de cara, deu um vídeo especial para o público, sobre uma restauração do empala dos personagens. Junto dela, uma recapitulação.

Continua após a publicidade

 

A primeira pergunta foi sobre onde estão suas cabeças neste momento, com o fim da série. “É tão ruim começar com a gente. Eu estou tentando não chorar“, disse Jared.

“Quando chega ao fim de um capítulo épico… Quero dizer, essa é a questão mais grandiosa de todos os tempos., Com toda honestidade, eu sinto… Jensen?“, jogou a bola pro amigo, emocionado.

“É realmente difícil expressar a trajetória, a partir dessa experiência. 14 anos de mudança é muito tempo. Esse cara tinha apenas 20 e poucos anos, e nos mudamos para Vancouver pensando que nós íamos esperar e ficar por apenas uma temporada, ou talvez duas… Depois voltaríamos, viraríamos a página e a vida continuaria. Mas isso nunca aconteceu e eu sou grato por isso. Tem sido uma trajetória e tanto. É difícil expressar como vamos acabar com isso.”, complementou Jensen.

Imagem: Twitter/Divulgação.

Eu considero esses caras meus amigos de longa de data. Mas nunca conseguiríamos isso sem esses incríveis fãs. Eles fizeram esse legado icônico. É uma honra muito grande ter participado disso.“, revelou Misha Collins. O ator ainda brincou dizendo que espera conseguir um tanquinho de seis gominhos, após terminar de filmar a série. Além disso, ele acaba de finalizar um livro de receitas com sua esposa.

A participação de Jack

Mais novo no elenco, mas não menos amado, Alexander Calver comentou sobre seu personagem na última temporada da série. “Se Jack vai voltar à sua capacidade? Bem… Ele não teve um final muito bom na temporada passada. Mas pra mim, acho que a minha pequena jornada com Jack, bem como minha participação no programa foram incríveis. E eu estou tão animado por essas pessoas, estou ansioso como vocês para ver como tudo isso vai acabar”, destacou.

Melhores momentos no painel

Bob Singer disse: “Eu acho que se você vê o que Jared e Jensen fizeram, desde o começo… esses caras pularam no projeto com tudo. E você acredita neles.”. Ele mencionou, ainda, como Jared e Jensen sempre deram o seu melhor, mesmo quando os roteiros não foram os melhores ao longo das 14 temporadas.

Sobre Deus, Brad Buckner disse: “Eu acho que o momento final… foi um dos maiores momentos de mudança do jogo que tivemos na série… porque havia uma suposição sobre Deus. Falamos sobre Deus ter deixado o universo… e isso foi confirmado quando Chuck apareceu pela primeira vez há alguns anos… E os meninos aceitaram e acreditaram. Mas isso mudou tudo. De repente, temos um Deus que nunca saiu do universo. Nós tivemos um Deus nas sombras… então isso realmente mexe com o seu sistema de crenças… Agora tudo muda porque você não pode aceitar o que você aprendeu que, inicialmente, era a verdade“.

“É como viver sua vida na areia movediça“, acrescentou Eugenie, mencionando como eles estão atuando como escritores. Isso porque, desde o último ano, eles têm a liberdade de brincar com a ideia da verdade e de Deus. Bob Berens disse que o que é empolgante no final de Chuck é que eles brincam ainda mais com a ideia do livre-arbítrio, que eles vêm explorando desde o começo da série. E isso acontecerá ao longo desta temporada.

Leia também: Painel de Supergirl da SDCC revela novidades e tramas futuras

“30% das pessoas ficarão muito felizes”, disse Andrew Dabb sobre o final da série. “Então uns 70% nesta sala ficarão putas”, brincou Jared.

Sobre as coisas que eles ainda não conseguiram fazer, em resposta a uma pergunta feita por um fã, Jared falou sobre como seria divertido ir a uma praia no Havaí ou lavar roupas em uma lavanderia com suas roupas íntimas.

O legado

Um fã então perguntou sobre o legado de Supernatural. “Este é um sentimento realmente único… Eu continuo tendo experiências fora do corpo. Eu me sinto como os relacionamentos que eu tenho conseguido construir – eu conheci alguns dos meus melhores amigos. Eu também conheci essa garota chamada Genevieve e tive alguns filhos, fiquei muito cansado, conquistei alguns cabelos grisalhos. Então, para mim, o legado sempre vai ser esse… Eu sinto que sou muito sortudo porque minhas amizades não vão longe, e Sam Winchester, para mim, não vai embora. Ele vai ser uma parte de mim para sempre”, disse Jared emocionado.

Olhando para trás, estou muito orgulhoso do trabalho que esta equipe fez por tanto tempo. Fazer uma série não é fácil… É preciso muita gente talentosa para dar a vocês o melhor produto que podemos fazer. Estou muito orgulhoso desse produto. Ainda amar o que fazemos e ter orgulho no final do dia, esse é um dos legados dos quais eu tenho orgulho e que nos esforçamos. Eu estou grato a vocês que apreciaram isso.“, finalizou Jensen.