The Continental: revelado mais da história de origem na série

Batizado em homenagem à rede global de hotéis para assassinos do Wickaverse, The Continental estreia na Sexta-feira (22).

Cormac, The Continental
Divulgação: The Continental

Com estreia na sexta-feira, 22, The Continental, spin-off baseada na franquia de filmes de ação John Wick, vai explorar a brutal luta nos anos 1970 pelo controle da cidade de Nova York.

Batizado em homenagem à rede global de hotéis para assassinos do Wickaverse, a minissérie terá três episódios, com cerca de 90 minutos cada. E por aqui no Brasil, a estreia acontecerá através do Prime Vídeo.

Estar no set “foi uma descarga de adrenalina”, diz o diretor Albert Hughes. E ele está certo – cada minuto é emocionante.

História de The Continental é empolgante

O irmão do jovem negociante Winston Scott (Colin Woodell), Frankie (Ben Robson), rouba uma antiga prensa de moedas que era usada para cunhar as moedas do mundo dos assassinos. Ele faz isso com a esperança de que, junto com sua esposa Yen (Nhung Kate), possam começar uma vida pacífica.

No entanto, o guardião da máquina é o ex-mentor criminoso dos irmãos, o gerente do Continental Cormac (Mel Gibson). Além dele, seu estudioso assistente nigeriano Charon (Ayomide Adegun) também está envolvido, e ambos fazem todos os esforços para recuperar a prensa roubada.

Origens de Winston e Charon

Winston e Charon
Divulgação: The Continental

Os fãs da franquia conhecem bem Winston e Charon como o gerente e o concierge do hotel, respectivamente (Ian McShane e Lance Reddick os interpretam nos filmes). No entanto, a jornada deles para alcançar a suíte de gerenciamento chama a atenção nesse cenário. Cenas de ação empolgantes e uma trilha sonora pulsante dos anos 70 enriquecem essa trajetória.

Leia Também: The Continental: detalhes escondidos na série de John Wick

Conforme Hughes aponta, “Dois personagens de origens diferentes encontram-se imersos nessa tensa situação e têm o desafio de se adaptar. Enquanto [Winston] demonstra ser ousado e audacioso, o ingênuo Charon aspira a uma vida melhor, mas se vê sob a influência de um sociopata psicótico.”

Cadê o John Wick?

The Continental
Divulgação: The Continental

Para os devotos do original, a ausência do simpático assassino Wick (Keanu Reeves) – que, naquela época, era apenas um mero garotinho na era da discoteca – mal será notada. Além dele, novos personagens também marcam presença, dentre os quais muitas mulheres poderosas e determinadas. Entre elas, destaca-se a detetive KD (Mishel Prada), que, conforme Hughes destaca, é “o coração da história”. Ele ainda acrescenta que tanto ela quanto Winston “se encontram em uma encruzilhada decisiva”. Contudo, antes que essa convergência aconteça, balas, bombas e os bons e velhos chutes de caratê fazem o Continental tremer até o âmago. Diante de tal caos sangrento, é sábio separar uma generosa gorjeta para o serviço de limpeza.

“The Continental” fará sua estreia na sexta-feira, 22 de setembro, no streaming Peacock. Aqui no Brasil, todavia, a minissérie será disponibilizada simultaneamente pelo Prime Vídeo.

Sobre o autor
Jose Guilherme

Jose Guilherme

Fã de carteirinha de Glee, House e America Crime Story, além de uma grande amante de séries de super heróis como Doom Patrol, WandaVision e Arrow.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!