The Vampire Diaries – 8×11 – You Made A Choice To Be Good

The Vampire Diaries 8x11
The Vampire Diaries 8x11

Imagem: Banco de Séries

 

Depois do episódio passado, eu fiquei com mega receio de que esse mais recente me decepcionasse. Graças ao bom Deus, isso não aconteceu, tanto que estou boquiaberto com tudo o que aconteceu até agora, além de não conseguir processar os principais fatos aqui apresentados. Sério, gente, foi difícil começar essa review, mas aqui estamos nós.

O ritmo de tudo deu uma renovada tão grande, que já fiquei besta com tamanha agilidade de Cade em cena. Logo nos primeiros minutos, o tinhoso já chegou causando com força total em Mystic Falls, e pelo fato dele ser o coisa ruim em pessoa, vendo suas maldades dá uma sensação de impotência, e olha que nem personagem eu sou, imagina eles em questão. Cruz credo, vão se benzer povo, porque ele não está para brincadeira. Eu sabia que as coisas ficariam sérias a partir de agora, mas não em tais proporções.

Continua após a publicidade

Com sua vinda uma coisa eu tinha certeza, Stefan não ficaria muito tempo preso, e foi dito e feito. Cade liberou o vampiro, com uma missão que falarei melhor adiante. Agora uma coisa que fiquei bem receoso foi de uma possibilidade dele reverter o atual estado de Damon, ao colocá-lo sob as condições de matar 100 pessoas ou então Caroline. Gente, como assim? Eu fiquei me perguntando quase o episódio todo qual o intuito/necessidade para tal. Aliás eu gostei dessa parceria entre Damon e a vampira, tentando bolar um plano para deter que quaisquer dessas hipóteses se concretizassem. Ainda bem que ele não voltou a ser aquele ser monstruoso, e isso não acontecendo já me deixou um pouco e superficialmente tranquilo.

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Agora, vamos falar de Bonnie Bennett? A nossa sofredora da boca torta, a Maria do Bairro de Mystic Falls, quando ela vai ser feliz? As cenas dela com Enzo foram as melhores coisas que aconteceram nesse episódio, trazendo equilíbrio ao clima sombrio e pesado que estava pairando na história. Quando eles começaram a falar de sonhos e vontades a serem feitos, e ele então fazendo algumas das coisas que queria, senti uma pitada de despedida ali presente. Sabe quando a pessoa vai morrer, e do nada ela desencadeia um monte de coisas que sempre teve vontade de fazer, incorporando o famoso carpe diem? Então, falaremos disso mais para o final, segura aí.

A nostalgia bateu um pouco, com Caroline desenterrando a cápsula do tempo feita por ela, Elena e Bon Bon. Foi triste vê-la lendo quais eram seus sonhos, e então lamentado de não ter cumprido nada daquilo. Gente, se esse povo não tiver final feliz daqui cinco episódios (ai, minha nossa, só isso que falta), vou xingar muito no Twitter, tenho dito. Mas nesse meio tempo fomos descobrindo mais coisas que pertenciam à família Maxwell, mostrando que demorou realmente oito longos anos, para que Matt tivesse enfim relevância na história. Quer dizer, nesse caso é mais os ancestrais dele, mas tenho uma teoria bem curiosa sobre o personagem, onde tenho certeza que o rapaz poderá decifrar algo que poderá ajudar na derrota contra Cade na hora da batalha final.

Nada contente da versão humanizada, Cade tinha que agir por si só, e tocando terror no Mystic Grill. Convenhamos que ele não sabe brincar, e levou ao pé da letra o nome do local. Só que nesse momento um dos primeiros tiros do episódio veio à tona. Damon teria que matar Caroline, pois Stefan estava destinado a matar Elena. Quando isso foi revelado me deu uma agonia e já comecei até supor deles chegando no inferno e sendo recebidos por ela e Katherine juntinhas, de mãos dadas, só que não. Nessa hora, xinguei tanto o vilão de filho daquilo que não direi, pois aqui é um site de família, que não estava escrito. Que ódio supremo deu!

Os instantes finais do episódio foi a busca por Stefan, que nos surpreendeu com uma tacada de mestre. A casa em que Bonnie estava, ele conseguiu passar para outra pessoa, e permitindo-lhe que pudesse entrar no local. Nesse instante meus amigos, eu já suava frio, quase começando a rezar o Pai Nosso e fazer uma novena aqui. O ódio se multiplicou, quando ele disse um monte de asneiras sobre Elena para Damon, mas algumas eu acabei concordando, só que o momento não era propício para isso.

A ideia de usar o sangue da Elena, contendo a cura, para deter Cade, foi um plano curioso, mas que não sei se daria certo. Quando Bon Bon estava perto de fazer isso acontecer, a tragédia voltou a pairar em sua vida, com Stefan matando Enzo a sangue frio. Na hora que isso aconteceu, eu fiquei simplesmente paralisado. Como assim meu atual shipp predileto da série sendo destruído por causa desse feliz? Simplesmente INADMISSÍVEL. Só que Bon Bon foi ligeira e, vendo que sua vida e de Elena estavam perto de chegar ao fim nas mãos de Stefan, ela então usou seu plano coringa e aplicou a cura no insuportável, com certa referência à épica batalha das dopplegangers no final da quarta temporada, só que dessa vez sem brigas de arranca cabelos. Dois mega plot twists numa tacada só, com Enzo morto e Stefan novamente humano. COMO ASSIM? Mas, como isso ainda era pouco, a cena final nos deixou subtendido uma coisa: MINHA BONNIE PHASMATUS MACUMBEIRA ESTÁ DE VOLTA, SERÁ? POR FAVOR!

PS: E a mega referência a Dragon Ball Z nos momentos finais? Quando Bonnie segura Enzo morto e então libera um campo de energia, dando a entender que seus poderes podem ter voltado, lembrou a transformação de Goku em Super Sayajin, quando Freeza mata o Kuririn, ou a transformação de Gohan, no momento que Cell elimina o Androide 16. Que referência simplesmente GENIAL!

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=T–hzsEXY70[/youtube]

 

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

7 comments

Add yours
    • Eduardo Nogueira
      Eduardo Nogueira 7 fevereiro, 2017 at 11:21 Responder

      Foi muita sacanagem o que fizeram com Enzo, sem contar que esse Cade está compensando o tempo de série que ficamos sem Katherine, Klaus e Kai em cena.

      • Renata Ribeiro
        Renata Ribeiro 7 fevereiro, 2017 at 11:23 Responder

        Isso não existe, fiquei completamente perplexa eita casal p se lascar. Agora vou te dizer uma coisa, to contando os minutos p ver o Kai <3 <3 meu coração não vai aguentar.

        • Eduardo Nogueira
          Eduardo Nogueira 7 fevereiro, 2017 at 11:31 Responder

          Agora sim o REI vai voltar, e também estou mega ansioso pra que chegue logo o episódio da semana que vem. Aí fica faltando nosso lorde supremo Klaus, e a eterna Rainha suprema Biskath Vambitch, pra mostrar quem é Cade mesmo na fila do pão

  1. Avatar
    Luan 7 fevereiro, 2017 at 20:54 Responder

    Gostei da sua review, depois de vários episódios fracos TVD realmente mostrou um excelente episódio. Porém um deslize de roteiro, na quinta temporada quando a cura estava no sangue de Katherine, Silas foi bem claro que não precisava só de um pouco do sangue dela, mas sim de todo ele. Então como pode um pouco de sangue da Elena transformar Stefan novamente em humano? Pecaram nessa parte, porém como estamos no final, tudo tem que ser aceitável kkkkk

Post a new comment