The Walking Dead: destino do Santuário de Negan é revelado, 4 anos depois

The Walking Dead revelou o que finalmente aconteceu com o Santuário de Negan, quatro anos depois. Destino é surpreendente.

The Walking Dead santuario Negan

O último episódio de Fear The Walking Dead trouxe à tona revelações sobre o que aconteceu com o Santuário, o antigo reduto de Negan, após sua derrota.

Na 8ª temporada, episódio 9, de nome “Sanctuary“, os fãs vão de volta ao local que desempenhou um papel crucial nas temporadas 7 e 8 de “The Walking Dead“. Dessa forma, mostrando as mudanças ocorridas na fortaleza desde o fim da tirania de Negan.

O Santuário, uma fábrica abandonada que foi transformada em um complexo pós-apocalíptico, tentou se manter ativo após a queda de Negan, mas sem sucesso. Quando Negan retornou ao local na 9ª temporada de TWD, encontrou apenas ruínas do que outrora foi um símbolo de poder.

O episódio “Sanctuary” ocorre sete anos após essa visita de Negan. Seguindo o desfecho da 7ª temporada de “Fear The Walking Dead”, onde Dwight deixa o grupo, ele se depara acidentalmente com o Santuário, agora renomeado para “The Factory”, guiado por um estranho bem-intencionado.

O retorno ao antigo território de Negan traz recordações dolorosas para Dwight e Sherry, mas também nos mostra a ocupação do local por novos habitantes, que se apresentam como sucessores dos Salvadores.

Mudança de nome e de ocupantes

The Walking Dead santuario Negan
Imagem: Divulgação.

A mudança de nome para “The Factory” revela que os novos vilões de “Fear” não são remanescentes dos Salvadores. Após a vitória de Rick sobre Negan, os Salvadores restantes ou morreram, dispersaram-se ou se integraram a outras comunidades.

Saiba mais sobre The Walking Dead:

A perplexidade de Jay ao ouvir o nome “Santuário” confirma que a nova facção é completamente alheia ao grupo anterior de Negan. Tendo encontrado o local por acaso e estabelecido ali seu novo lar.

Novos vilões no comando

The Walking Dead santuario Negan
Imagem: Divulgação.

Os novos ocupantes do Santuário parecem seguir os passos de seus antecessores quando se trata de atos reprováveis. Apesar de sua maldade, esses vilões não possuem a ambição ou habilidade de Negan, apresentando-se como uma versão menor e mais incompetente dos Salvadores.

As tentativas de Dwight de se infiltrar e a facilidade com que ele e seus aliados lidam com esses adversários sublinha a diferença de poder comparado ao que os Salvadores representavam.

O fim do Santuário em “Fear The Walking Dead

O Santuário encontra seu fim definitivo ao colapsar sob o peso de um bando de zumbis revestidos de metal e tiros mal direcionados. A destruição do Santuário não só encerra seu papel na narrativa de “The Walking Dead“. Mas também simboliza o encerramento do capítulo de Negan como vilão.

Tanto a 11ª temporada de “The Walking Dead” quanto o final de “Dead City” trabalharam para redimir o personagem de Jeffrey Dean Morgan, mas foi em “Fear” que Dwight e Sherry encontraram o encerramento que precisavam. Assim, permitindo-lhes superar o trauma da tirania dos Salvadores.

A queda do Santuário representa mais do que a destruição física de um local. É o término simbólico de uma era marcada pela opressão e o começo de um novo capítulo no universo de “The Walking Dead“, agora com Negan buscando redenção e novos vilões emergindo das cinzas de um passado violento.

Sobre o autor
Avatar

Matheus Pereira

Jornalista, curioso e viciado em cultura. Escreve há quase 10 anos no Mix e Six Feet Under é sua série favorita.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!