The Walking Dead revela por que realmente vai acabar

Após mais de dez anos no ar, The Walking Dead vai acabar.

The Walking Dead

The Walking Dead está chegando ao fim, mas o universo que gerou na AMC continuará a crescer após a conclusão da série principal em 2022. Após a 11ª temporada, The Walking Dead irá gerar uma série spinoff focada em Daryl e Carol e uma antologia contando histórias completamente diferentes a cada novo episódio. Para o produtor executivo, diretor e manda-chuva da série, Greg Nicotero, o fim da série não será o fim para ele, mas ainda assim será um destino repleto de despedidas inevitavelmente difíceis.

Continua após publicidade

“É interessante porque ao longo dos anos sempre houve discussão sobre, ‘Bem, quantas temporadas devemos fazer? Quanto tempo iríamos?’ As coisas meio que evoluíram e mudaram”, explicou Nicotero em uma entrevista ao Comicbook.com. “Lembro-me de que, alguns anos atrás, alguém havia dito 12 temporadas. Então eles disseram: ‘Oh sim, serão 12 temporadas .’”

Continua após a publicidade

The Walking Dead não acaba, se transforma

Conforme as coisas foram se definindo, com o fim do show sendo decidido, outros projetos também começaram a ser produzidos. 

Continua após publicidade

“Com a coisa de Daryl e Carol, acho interessante que vai haver um spinoff e que Melissa [McBride] e Norman [Reedus] vão lidar com isso”, disse Nicotero. “Acho que ainda não caiu a ficha, porque parece que está muito longe. Temos muito mais estrada a percorrer antes de chegarmos lá. Quando eles anunciaram isso todo mundo estava tipo, ‘Oh meu Deus, Oh meu Deus. Como você se sente?’ E eu pensei, ‘Nós temos muito trabalho a fazer antes de chegarmos lá.’ “

Leia também: The Walking Dead revela assassino de Rick na série

Ainda assim, as notícias do final da série começaram a parecer notícias que o elenco, a equipe e os fãs nunca ouviriam. As noites de domingo têm pertencido ao drama de zumbis desde 2010, ostentando índices recordes ao longo do caminho e criando um fenômeno cultural. “Eu me sinto meio que sortudo porque há muitos shows que eles terminam e todo mundo vai para casa e então eles sabem que nunca mais retornarão, que tudo chegou ao fim”, explica Nicotero. “Então, adoro a ideia de criarmos nossa história e como a série vai acabar. Acho que é importante e é muito melhor do que terminar e cada um apenas seguir o seu caminho. “

Continua após publicidade

Novos projetos envolvem filmes e uma antologia

Nicotero garante, portanto, que seguirá no universo TWD, moldando e trabalhando nos próximos projetos. “É uma parte de quem eu sou. É uma parte do meu DNA, o show”, diz ele. “The Walking Dead é um universo único e eu sinto que tive a sorte de ter uma mão muito forte nele por causa de Frank Darabont e [Scott] Gimple e Angela [Kang] e Robert Kirkman. Sou muito grato por tudo isso. Scott e eu temos conversado sobre o filme de Rick Grimes e sobre a antologia.”

Assim, o fim de The Walking Dead não será uma despedida total, apenas uma troca de caminhos.

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.