Big Brother Brasil 18×29/30 – Adeus Trio Mandinga

Imagem: Divulgação/BBB

A oitava eliminação do BBB 18 foi muito esperada pelo público. O maior jogador desta edição, talvez do programa, saiu em um paredão que ele armou, como todos os outros.

Diego foi enxotado do programa com 81,07% dos votos. Achei até pouco pelo jogo sujo e desnecessário que esse cara fez dentro da casa. Não podemos negar, foi muito bom. Ele movimentou a casa, fez a roda girar, a estratégia dele foi bem nítida: deixar claro que estava lá pra jogar. Nem de longe o problema do trio era a combinação de voto. Isso é inevitável, uma hora ou outra é necessário se proteger e proteger o grupo que você está inserido.

O último do Trio Mandinga caiu. O “Rei” da edição está morto. Eles estão vindo.

As atitudes do Trio Mandinga que foram o estopim de toda a treta. Ana Paula trouxe uma bad vibe pro jogo, julgando e falando mal das pessoas. Patrícia fez o mesmo, e pra piorar, fez a sonsa com todos da casa, sendo boa na frente e nas costas apunhalando. Diego embarcou na onda das duas primeiras, e jogou da forma mais baixa que pode. Falar que os votos em Gleici não eram perseguição e que não gostava da menina foi bem desnecessário.

O problema é que Diego se mostrou exatamente o que ele criticava em Gleici e Ana Clara: soberba. Inúmeras vezes fez um jogo extremamente soberbo e falso, falando uma coisa na frente da pessoa, e no confessionário e no quarto com Patrícia mostrar o oposto.

A permanência de Diego, entretanto, poderia ser abreviada se o público moralista não tivesse tirado Lucas, que não afetava diretamente Família Lima, Paula e Gleici. A escolha do público acabou colocando Gleici no paredão falso, e tivemos as últimas duas semanas de programas memoráveis.

Tiago falou bem sobre o jogo não ter coadjuvante. Não que Diego tivesse sido um, bem pelo contrário, ele foi protagonista de praticamente todos os paredões até aqui (montando o mesmo ou fazendo parte), mas ser coadjuvante no jogo não é uma boa. Esse paredão, para o jogo, foi ruim. Ter três pessoas e duas delas movimentarem mais o jogo acaba enfraquecendo a edição. Mas ao mesmo tempo foi bom, pois como Tiago mesmo falou, agora se embaralha de novo e dê as cartas, uma nova mão vai ser formada.

Recalculando rota

O trio anteriormente formado por Caruso, Diego e Viegas está desfalcado. Viegas foi tombado achando que Diego tivesse sido o menos votado que esperança, risos!. A verdade agora é que os dois estão perdidos no jogo, sem aquele que dava o norte de em quem votar.

Mas isso não deve durar muito tempo. Viegas, desde o paredão Gleici/Mahmoud/Paula vinha colocando as asas de fora sendo bem articulador dos votos entre Caruso, Wagner e ele. Com o afastamento do artista visual, que grudou em Gleici, os dois devem tentar chamar Breno e/ou Kaysar para seu grupo. O sírio é capaz de realmente permanecer com os mafiosos. Já Breno continuará pingando de grupo em grupo, sem votar com algum, mas se defendendo como pode.

O jogo segue afunilando e cada vez mais o comprometimento é a chave pra permanência no game. Daqui a gente acompanha tudo de perto, pra deixar claro que a gente aceita a estratégia, mas o jogo sujo não rola.

(Por Ana Maria de Oliveira Fernandes)

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.