Chicago Fire: 7 momentos que mostraram o poder de Gabby Dawson

Imagem: NBC/Divulgação

Gabriela Dawson é um dos destaques de Chicago Fire… 

Se ela está entrando num prédio em chamas ou conduzindo um paciente até o hospital, sem dúvidas Gabby Dawson (Monica Raymund) é uma das melhores partes de Chicago Fire.

Passamos com ela por altos e baixos, como a formação na Academia de Bombeiros e seu casamento com Casey, assim como a culpa pela morte de Shay (Lauren German) e a perca de Louie.

Para celebrar esta maravilhosa personagem, resolvemos relembrar alguns momentos que mostraram sua personalidade e seu caráter nas mais variadas formas.

Eis, 7 momentos que fizeram amarmos Gabby Dawons ainda mais…

Quando ela terminou o teste de agilidade do bombeiro, apesar de torcer o tornozelo

Uma das qualidades mais fortes de Dawson é a sua determinação em nunca desistir, independentemente das circunstâncias, e esse momento certamente provou isso. Depois de ajudar um colega de trabalho durante o grande teste de agilidade de bombeiro na 2ª temporada, ela torceu o tornozelo enquanto subia as escadas. Ao invés de jogar a toalha, ela passou pelo curso, o tornozelo e tudo, e abriu caminho até a linha de chegada. Guerreira…

Quando ela chutou um universitário da ambulância… 

Quando se trata de poupar a vida de um paciente, Dawson não tem tempo para absurdos e é por isso que ela chutou um garoto embriagado para fora da ambulância quando o mesmo tentou entrar no carro. O movimento ousado a colocou em maus lençóis com seus superiores, mas todos sabemos que ela tomou a decisão certa.

Quando ela liderou a situação durante a queda da garagem… 

As habilidades de sobrevivência de Dawson foram colocadas em teste no início da sexta temporada, quando uma estrutura de estacionamento veio a baixo, deixando ela presa e sem ajuda. Treinada tanto como paramédica e como como bombeira, o pensamento rápido de Dawson e o conhecimento inestimável são a razão pela qual todos conseguiram sair vivos dos escombros.

Imagem: NBC

Quando ela resgatou Louie do fogo… 

O que supostamente era para ser apenas mais um chamado tornou-se algo diferente para Dawson, quando ela encontrou um garotinho chamado Louie. Apesar de estar cercada de chamas, ela manteve a calma enquanto tentava convencer a criança aterrorizada a caminhar em sua direção. Quando ele finalmente fez, os dois tiveram uma ligação instantânea que mais tarde a inspiraria a tentar adotá-lo e, bem… você conhece o resto.

Quando ela ajudou um potencial suicida… 

Podemos dizer que o super poder de Dawson é fazer estranhos confiar nela. No caso em questão: um potencial suicida, perturbado, pronto para saltar! Sua voz calma, e as palavras tranquilizadoras foram o suficiente para fazer a vítima desistir da ideia…

Quando ela detonou em seu primeiro chamado como bombeira… 

O primeiro incêndio de Dawson foi bem complicado com um edifício em chamas – e sem hidrantes nas proximidades. Mudando rapidamente as engrenagens, ela encontrou outra fonte de água em um prédio do outro lado da rua e acabou salvando o dia! Nada mal para sua primeira saída como bombeira…

Quando ela nos representou ao ver Casey quase morrer durante um chamado…

Gabby nos representou – e muito – durante o final da quinta temporada, quando Casey se despediu da sua amada ao encarar a morte em um chamado. As esperanças eram poucas, e parecia praticamente impossível ele sair daquele prédio em chamas. Mas Gabby foi forte, e tentou convencer o amado a sair de lá… antes dela de desmanchar os lágrimas ao ouvir que ela “foi o milagre” do marido. Somos todos Gabby…

Comments

comments

About Anderson Narciso

Anderson Narciso
Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.