18 episódios de Game of Thrones para assistir antes da temporada final

Imagem: HBO/Divulgação

Saudades de Game of Thrones?

Finalmente a estreia da oitava e última temporada de Game of Thrones foi confirmada. Os episódios finais estreiam no dia 14 de abril. E se você é parecido comigo, então provavelmente você já se esqueceu de várias coisas da série. Afinal, estamos mais de um ano sem GOT. Faz tempo, né?

Nós sabemos que nesta série há muitas referências e detalhes espalhados por toda parte que passaram despercebidos quando vista pela primeira vez. Porém, se você tem outras séries para ver e o tempo foi curto, o Mix de Séries veio facilitar a sua vida… Separamos os principais episódios do seriado que devem ser assistidos antes da última temporada.

Logicamente, nada substitui a série completa, ainda mais porque ela tem uma história muito rica e com grandes diálogos, mas a degustação a seguir vale muito a pena! São os episódios mais devastadores e mais importantes da série. Bora matar a saudade?

Spoiler Alert!

 

Imagem: HBO/Divulgação

1. “Winter Is Coming” – Temporada 1, episódio 1

O primeiro episódio de Game of Thrones explica como você ficou viciado. Ele também apresenta aos fãs uma imagem mais clara da dinâmica do relacionamento entre os irmãos Stark. Agora que Sansa e Jon se reencontraram, é bom lembrar como era o relacionamento deles antes. Acontece que eles eram bastante distantes um do outro, o que faz sentido agora quando você vê o quão desconfiada Sansa ainda é do seu meio-irmão. Além disso, Sansa era uma personagem bem fraca e sem graça, então é incrível ver como ela evoluiu. É apresentada a propensão da série para grandes reviravoltas, a partir do momento que Jamie empurra Bran de 10 anos do alto de uma torre. Ah, e Dany recebeu alguns ovos muito importantes como presente de casamento.

2. “Baelor” – Temporada 1, episódio 9

Levante a mão quem acreditou que Ned Stark era o personagem principal da série e que a coisa toda seria a jornada épica deste homem com a verdade e a justiça! Sim, esse episódio ensinou a todos os fãs do GOT uma lição muito valiosa. Quando Ned foi executado, por insistência de Joffrey, ficamos sabendo que ele era literalmente o personagem mais odiado da galáxia e que os fãs do GOT simplesmente não podiam ficar felizes com nada! Além disso, foi aqui que Bran sonha pela primeira vez com o Corvo de Três Olhos e vê seu pai nas criptas. Este episódio, com certeza, foi o marco de que Game of Thrones não era qualquer série, pois teve muita moral para matar seu até então personagem principal!

3. “Fire And Blood” – Temporada 1, episódio 10

O fato mais importante deste episódio é Daenerys saindo do fogo, completamente ilesa e com três dragões bebês (o primeiro em mais de cem anos e de ovos que “não se tornaram pedras”) empoleirados em seus ombros!

Imagem: HBO/Divulgação

4. “Blackwater” – Temporada 2, episódio 9

Este show sabe como fazer cenas de batalhas épicas, e a Batalha de Blackwater não foi exceção. Tyrion deu um passo à frente, liderando o caminho com uma reserva de “fogo vivo” para derrotar o exército de Stannis (e com uma cicatriz no rosto, no processo), enquanto Joffrey enfiou o rabo entre as pernas.

5. “Kissed By Fire” – Temporada 3, episódio 5

Este episódio é importante porque nos trouxe a noção de ressurreição completa. Beric Dondarrion, da Irmandade Sem Bandeiras, foi trazido de volta à vida por Thoros, após um duelo com O Cão.

6. “And Now His Watch is Ended” – Temporada 3, episódio 4

Este foi o fim de caras legais em Castle Black. Lorde Comandante Mormont foi morto e a Patrulha foi deixada a gosto de Alliser Thorne. Além disso, Dany conseguiu seu exército imaculado (Verme Cinzento!) e, ainda assim, trouxe simultaneamente aos fãs sua nova palavra favorita: Dracarys!

Imagem: HBO/Divulgação

7. “The Rains Of Castamere” – Temporada 3, episódio 9

Referido por todos no planeta (incluindo Walder Frey na 6ª temporada) como The Red Wedding (O Casamento Vermelho), foi basicamente o melhor/pior episódio da televisão já criado! Decerto o melhor porque chocou completamente os leitores dos livros, matou um monte de personagens principais e colocou em movimento uma seqüência de má sorte da família Stark. Igualmente, eu ainda estou torcendo para eles se livrarem dela. Além disso, foi o pior porque mamãe Catelyn Stark, o corajoso Robb Stark e sua esposa grávida foram assassinados com uma brutalidade imensa!

Imagem: HBO/Divulgação

8. “The Lion and The Rose” – Temporada 4, episódio 2

É outro casamento! Este acaba infinitamente melhor que o Casamento Vermelho. Joffrey e Margaery se casam e é exatamente como você imaginaria que o casamento de Joffrey seria. Mimado e cheio de ordens, ele atormenta todos que ele pode, especialmente seu tio Tyrion. Bem, George R.R. Martin deu um presente aos fãs, porque Joffrey é envenenado e morre de púrpura, sangrando e vomitando, o que deu a esse episódio o apelido de “O Casamento Púrpura”.

9. “The Mountain And The Viper” – Temporada 4, episódio 8

Este é o julgamento por combate de Tyrion. Depois que Oberyn se ofereceu como lutador de Tyrion, seus olhos foram arrancados e sua cabeça foi esmagada como uma casca de ovo pelo Montanha. A morte mais horrível com certeza, e o episódio que colocou Tyrion em perigo de ser executado.

10. “The Watchers On The Wall” – Temporada 4, episódio 9

Depois de uma batalha épica em Castle Black, Ygritte morre nos braços de Jon Snow e o mundo inteiro derrama lágrimas. Eles realmente deveriam ter ficado naquela caverna. Três palavras: “Olly Must Die” (Olly deve morrer).

Imagem: HBO/Divulgação

11. “Hardhome” – Temporada 5, episódio 8

Olá, Rei da Noite. Esta é uma das batalhas mais insanas da série e acontece entre os Selvagens e os White Walkers. No final, os fãs tiveram aquela cena assombrosa de todos os mortos se levantando, sob o comando do Rei da Noite, enquanto Jon sai horrorizado.

12. “Mother’s Mercy” – Temporada 5, episódio 10

Então… muita coisa aconteceu. Cersei foi forçada a fazer aquela caminhada humilhante, que foi incrivelmente perturbadora. Além disso, Jon Snow morreu. Este episódio é a deixa para a eventual vingança de Cersei e ressurreição de Jon.

13. “The Door” – Temporada 6, episódio 5

Gente, esse é um episódio destruidor de corações, mas é tão importante assistir… Prepare o lencinho. É a história da origem de Hodor. Bran/Corvo de Três Olhos, mais uma vez, nos mostrando o passado, através de suas visões. Ele morre sendo o herói que todos sabíamos que ele era.  Foi trágico e bonito ao mesmo tempo! Hodor… door!

14. “Battle of the Bastards” – Temporada 6, episódio 9

Este é considerado o melhor episódio da televisão, de acordo com o The Huffington Post, e realmente merece este título. O começo com Dany, o caminho do dragão para a vitória, e Jon derrotando Ramsay com a surpresa épica de Mindinho, no último segundo, foi excelente! A verdadeira cereja no topo do bolo foi o fim, onde Sansa deu Ramsay de alimento aos seus cães, com um sorriso no rosto. Épico!

Imagem: HBO/Divulgação

15. “The Winds Of Winter” – Temporada 6, episódio 10

Toda a sequência de abertura do final desta temporada foi inacreditavelmente bem feita. A música, as tomadas de cada personagem se preparando para o julgamento e a revelação do plano de Cersei foram executadas com total controle. Ela conseguiu matar um monte de personagens importantes, indiretamente incluindo seu único filho remanescente, o Rei Tommen. Além disso, Dany finalmente partiu para Westeros, Arya assassinou Walder Frey (FINALMENTE) a caminho de Winterfell e até confirmamos a origem de Jon. Ah, sim, a coisa toda concluiu com Cersei se coroando rainha!

16. “The Queen’s Justice” – Temporada 7, episódio 3

Finalmente Jon e Daenerys se conhecem e figurinhas são trocadas. O episódio merece ser assistido por isso. Mas também porque Sansa encontra seu irmão Bran, que não via desde o início da série. E Sam cura a doença de Jorah. Sua presença na Cidadela é significante e, em breve, descobrirá mais segredos através dos livros. Além disso, vovó Olenna brilha até na hora de morrer.

17. “Beyond The Wall” – Temporada 7, episódio 6

Mais uma batalha bombante e grandiosa, agora com dragões! Grande produção e cenas épicas marcaram o episódio. Sei que fica repetitivo dizer “episódio épico”, mas GOT faz escola, mestrado e doutorado em episódios marcantes! Deu medo do Rei da Noite e todo aquele inverno. Perdemos Thoros, perdemos o dragão Viserion… Mas pintou um clima no ar com “Jonerys” e o dragão de gelo surgiu, concretizando uma teoria antiga!

Imagem: HBO/Divulgação

18. “The Dragon and The Wolf” – Temporada 7, episódio 7

Episódio que bateu recorde histórico de audiência no mundo inteiro parece mais um filme. Os irmãos Stark se unem contra o maior manipulador da série, Petyr Baelish. E Jon (o verdadeiro herdeiro) e Dany se beijam, o que pode gerar uma confusão ou uma união aí. Para finalizar, os White Walkers epicamente destroem a Muranha com o dragão de gelo que cospe fogo gelado (?!). As perguntas que ficam são: O q acontecerá a seguir? Quem sobreviveu? Quem vai conseguir enfrentar os Caminhantes? Starks, Lannisters ou Targaryens?

Enfim, é muito para absorver, eu sei, mas felizmente temos algum tempo ainda para deixar entrar na nossa cabeça com calma.

Pode vir, season finale de GOT!

Leia também: Saiba quais personagens poderão morrer na temporada final de GoT

Share this post

Paula Reis

Paula Reis

Advogada e concurseira de plantão. No Mix, é editora de reviews e escreve a coluna Fashion Mix, as reviews de Game of Thrones e participa do Team Reality.