2ª temporada de Desalma é marcada pela volta dos mortos

O lançamento exclusivo do Globoplay estreia em 28 de abril

Globoplay Desalma
Continua após publicidade

Reencontros e ligações afetivas que ultrapassam os anos e dimensões em uma trama carregada de mistérios e magia. Este será o tom da segunda temporada da série original Globoplay, Desalma, criada e escrita por Ana Paula Maia e com direção artística de Carlos Manga Jr que estreia no dia 28 de abril.

Continua após publicidade

O Mix de Séries participou da coletiva de imprensa da segunda temporada do terror sobrenatural, e trouxemos para vocês as novidades sobre a série.

A trama da 2ª temporada de Desalma

Na segunda temporada de Desalma, o ano agora é 2019, e três décadas se passaram desde que Halyna (Anna Melo) morreu na noite da celebração de Ivana Kupala, tradicional festa pagã e uma das principais comemorações do calendário eslavo, apresentada na primeira temporada da série. Desde então, a vida de sua mãe, Haia (Cassia Kis), nunca mais foi a mesma. A bruxa, que viveu para planejar vingança contra os responsáveis pela morte da filha, nesta temporada, conseguirá revê-la.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Leia também: Desalma, tudo sobre a 2ª temporada, data de estreia e mais

Após um ritual repleto de misticismo e complexidade, Haia e Halyna estarão juntas novamente na fictícia Brígida, uma colônia ucraniana no Paraná. Ao lado da mãe, a jovem deve finalizar uma missão na Terra e acertar pendências do passado para seguir sua trajetória em outro plano. É no corpo de Melissa (Camila Botelho) que Halyna retorna.

Esse e outros segredos do passado e espíritos possessores movimentam a cidade, que será palco de marcantes eventos sobrenaturais. Duas outras moradoras terão sua força e sanidade colocadas à prova: Ignes (Cláudia Abreu) e Giovana (Maria Ribeiro). Suas trajetórias e a de seus familiares se entrelaçam com a saga de Haia em uma história repleta de surpresas, revelações e eventos enigmáticos… Com uma certeza: as consequências de alguns atos podem levar anos, ultrapassar dimensões, mas, inevitavelmente, acontecem.

Continua após publicidade
Desalma
Imagem: André Hawk/Divulgação.

Conversando com os atores e produtores de Desalma

Com a participação da autora Ana Paula Maria, o diretor Artístico Carlos Manga Jr, e os atores Cássia Kis e Fábio Assunção, a conversa foi focada nos elementos fantásticos da série e na trama, agora mais consolidada.

Continua após publicidade

Começamos com uma pergunta diretamente para a autora sobre a temática escolhida para o programa.

Continua após publicidade

Mix de Séries: “A indústria do terror e do sobrenatural entrelaçados (com uma base dramática) faz muito sucesso no cinema americano e também na Ásia, temos vários filmes e séries representantes do gênero. Mas aqui no Brasil isso foi pouco explorado. Temos os clássicos cult de Zé Caixão e outros poucos representantes. Quais os desafios de apostar nesse gênero?”

Continua após publicidade

Ana Paula Maia: “É o meu tema favorito, não via isso sendo produzido. Mas é aquilo, a gente se alimenta também da produção estrangeira. E eu não senti uma barreira (ao apostar no terror), talvez não é o mais comum para se olhar – o cinema e os projetos de dramaturgia seguiram por um caminho longe do tema, e poucos quiseram seguir por esse que nós estamos. Então é uma questão de ver a oportunidade e seguir, ter um projeto que se adeque, como o Desalma. Além disso, não estamos fazendo uma série com pegada “gore”, é focada em um drama familiar, uma história com muitas camadas, tem uma dramaturgia, grandes atores, etc. Acho que talvez a minha geração traga mais o terror para a tv brasileira.

Continua após publicidade

Cassia Kis comentou projeto

Cássia Kis volta com uma das personagens mais marcantes da sua carreira, a bruxa Haia, protagonista da série. Uma mulher que sofre com o luto pela perda da filha, e não mede esforços (e nem pecados) para atingir seus objetivos.

Mix de Séries: “Você é uma atriz de personagens fortes e marcantes, e já tinha interpretado uma bruxa em Eterna Magia. Quais são as diferenças mais marcantes entre Zilda e Haia?”

Cássia Kis: “Você pensa que aos 65 anos sou dona dessa memória? Rs!!! Mas falando sério, o que mais lembro é da peruca da Zilda, o trabalho que era vestir aquilo – tão trabalhosa quanto as três perucas da Haia. Mas esse tema sobrenatural me atrai muito, porque o universo de Deus é sobrenatural. Quando a gente fala “vai com Deus”, “fica com Deus”, principalmente quando a gente é criada em um ambiente católico… quer algo mais sobrenatural que isso? Então eu posso dizer que tenho muita empatia. Eu acredito em bruxa? Não, apesar de vir de uma origem da Transilvânia – meu pai foi um húngaro que nasceu na Ioguslávia, minha mãe é uma portuguesa que nasceu no Brasil. Pra mostrar pra você como eu tenho intimidade com o tema por ter Deus na vida. Não converso com a bruxa, mas nas cenas onde é sugerido isso, eu converso com Deus.“.

Desalma série
Imagem: Divulgação.

Já estamos ansiosos para os novos episódios de Desalma. A segunda temporada estreia no dia 28 de abril no Globoplay.

Publicitária, social media, mangaká e dançarina em protestos. Também sou apaixonada por séries e admito que novelas são meu Guilty Pleasure. Apaixonada por comédias cult/pop/nerd, ainda pretendo fundar uma seita para os Adoradores de Arrested Development. Aqui no Mix sou editora de Realitys Show e escrevo as reviews de todos os realitys do mundo, como Masterchef BR, The X Factor UK e BR, The Voice US, AUS e BR, BBB e RuPauls Drag Race.