7 estrelas que saíram das séries nos últimos tempos de forma controversa

Atores que saíram de séries por polêmicas

Baixas geraram polêmicas

Sempre quando atores deixam as séries de TV, o público costuma se perguntar o porquê?

Continua após a publicidade

Afinal, nos apegamos ao personagem, à sua trajetória, e a toda sua importância na trama em que acompanhamos. Mas você sabia que, volta e meia, alguma estrela deixa a série em que trabalha devido a alguma polêmica ou controvérsia?

Nos últimos tempos, vimos algumas estrelas se despedirem de nossas séries favoritas, envolvidas em algum assunto polêmico. Por isso, o Mix de Séries resolveu compilar algumas destas saídas. Confira!

 

Sophia Bush, Chicago PD

Sophia Bush deixou o elenco de Chicago PD depois de interpretar a Det. Erin Lindsay por quatro temporadas. Ela ficou de boca fechada sobre suas razões no início, e só se abriu mais com o tempo, falando sobre sua infelicidade nos sets da atração. Bush disse (via TVLine) que ela vivenciou “uma enxurrada consistente de comportamentos abusivos”. Ela disse que os produtores inicialmente rejeitaram suas reclamações e pareciam irritados por ela estar pedindo que investigassem esses comportamentos negativos no set.

Foi então que reforçou caso as coisas não mudassem até o final da quarta temporada, ela desistiria. Ela ameaçou processar o canal e escrever um artigo sobre por que estava infeliz, mas a NBC finalmente permitiu que ela saísse da série antes do fim de seu contrato de sete temporadas.

Imagem: NBC/Divulgação.

 

George Eads, MacGyver

George Eads deixou o elenco de MacGyver, no qual interpretava o personagem Jack Dalton. Eads, supostamente, teve uma altercação no set e, posteriormente, acabou deixando o local. Quando ele voltou, ele pediu para ser demitido do contrato, devido ao desejo de passar um tempo com sua filha em Los Angeles. Eads também deixou um programa diferente da CBS em circunstâncias semelhantes. Ele deixou CSI depois 15 temporadas, após discutir no set com um dos roteiristas.

Imagem: CBS/Divulgação.

 

Clayne Crawford, Lethal Weapon

A partida de Clayne Crawford de Lethal Weapon foi mais feia em todos os ângulos. O ator foi cortado da atração antes da estreia da terceira temporada devido a uma suposta má conduta. O programa decidiu matar Martin Riggs e dar a Roger Murtaugh, de Damon Wayans, um novo parceiro. Alguns dos maus comportamentos de Crawford foram capturados, incluindo confrontos com Wayans, que não se deram tão bem. Em um caso, Crawford teve um colapso com as cenas de filmagem em uma piscina da área de Los Angeles.

Depois disso, ele concordou em receber aconselhamento. Por fim, seu personagem foi morto e – após um salto de tempo – Seann William Scott entrou como o novo co-líder da terceira temporada. No final de 2018, Wayans disse que planejava deixar a série após a terceira temporada. Porém, a FOX acabou cancelando a atração.

Imagem: FOX/Divulgação.

 

Thomas Gibson, Criminal Minds

O personagem de Thomas Gibson, Aaron Hotchner, foi eliminado de Criminal Minds depois que o ator teve uma briga no set durante a produção da 12ª temporada. Gibson estava dirigindo um episódio e teve um incidente acalorado com o escritor, supostamente agredindo-o. Ele foi demitido no ato. Hotch, era um dos principais personagens, e acabou sendo eliminado da trama para se tornar consultor em outro local.

Mais tarde, foi revelado que ele se mudou para se proteger do Sr. Scratch. Hotch poderia ter retornado à BAU mais tarde, mas os fãs foram informados de que ele decidiu se aposentar e ser pai em tempo integral. Além disso, não foi a primeira vez que algo assim aconteceu; em 2010, Gibson supostamente empurrou um diretor assistente e teve que receber aconselhamento sobre gerenciamento de raiva.

Imagem: CBS/Divulgação.

 

Roseanne Barr, Roseanne

Roseanne teve um renascimento muito popular com sua 10ª temporada, quando voltou em 2018. Mas a atriz Roseanne Barr nunca foi tímida com suas opiniões, e acabou publicando um tweet que foi considerado “longe demais” pela ABC. Na ocasião, ela cometeu racismo com um membro da equipe do Presidente Obama. Uma vez que o programa se chamava Roseanne, e a ABC queria demitir Barr depois do tweet racista, a emissora decidiu cancelar toda a série.

Channing Dungey, chefe da ABC, chamou o tweet de Roseanne sobre Valerie Jarrett de “repugnante e inconsistente com nossos valores“. O resto do elenco de Roseanne acabou retornando, posteriormente, para um spin-off chamado The Conners. 

Imagem: ABC/Divulgação.

Kevin Spacey, House of Cards

O castelo de cartas pessoal de Kevin Spacey desabou depois que Anthony Rapp, estrela de Star Trek: Discovery, revelou que Spacey tentou fazer sexo com ele quando Rapp tinha apenas 14 anos de idade. Depois disso, vários membros de House of Cards também apresentaram histórias sobre a suposta má conduta de Spacey. A Netflix decidiu, então, cortar os laços com Spacey e tirá-lo completamente da sexta temporada.

A presidente de Robin Wright, Claire Underwood, acabou sendo a protagonista da encurtada temporada final. A série matou Frank Underwood e também enterrou o personagem em algum lugar que ele nunca iria querer estar. Mais tarde, Spacey reviveu seu personagem para um vídeo de férias bizarro chamado “Let Me Be Frank”.

Imagem: Netflix/Divulgação

Patrick Dempsey, Grey’s Anatomy

Grey’s Anatomy pode estar na 16ª temporada, mas ainda existem fãs chateados com a morte de Derek Shepherd, no final da 11ª temporada. Acontece que, na ocasião, Já havia boatos nos bastidores sugerindo que Patrick Dempsey deixaria a atração, mas a maneira como eles escreveram sua saída foi brutal. Derek parou para ajudar algumas pessoas em um acidente de carro e acabou se acidentando. Ele foi levado às pressas para um hospital, que não era o Grey Sloan, e seu médico cometeu um erro que acabou proporcionado sua morte.

Mas a verdade é que Dempsey teria sido “afastado” da produção após algumas “ondas de estrelismo” que já se acumulavam por anos. Outros tabloides disseram que Dempsey e Shonda Rhimes se desentenderam com assuntos pessoais. No fim, a criadora defendeu a decisão de matar Derek, dizendo que era melhor do que fazê-lo desaparecer. Pelo menos isso preservou a história de amor deles.

Imagem: ABC/Divulgação.

E então, você se lembra de mais algum caso mais recente em outras séries? Deixe nos comentários…

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours