A verdade sobre as brigas de George Eads em CSI e MacGyver

Estrela de MacGver e CSI tem histórico de problemas nos bastidores.

George Eads CSI
Continua após publicidade

George Eads fez seu nome na TV durante sua passagem por CSI. Foi através do personagem Nick Stolkes, que ele interpretou por quase 15 anos, que o mundo conheceu seu rosto, o fazendo famoso através da série mais vista da TV na época.

Continua após publicidade

Mas aparentemente, Eads tem um histórico de problemas nos bastidores das atrações que ele costuma trabalhar. Após diversos conflitos durante seu tempo em CSI, George Eads tentou um recomeço na atração MacGyver – mas ele acabou passando por uma situação bem parecida lá.

Os problemas de George Eads em CSI duraram anos

George Eads era uma das estrelas principais de CSI, ator que esteve desde o primeiro episódio da série. Então, seria normal que com a crescente audiência da série, e o status de produção “mais vista do mundo”, a estrela quisesse receber um salário proporcional à dimensão da série que estrelava.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Leia também: Jorja Fox comenta reviravolta de CSI Vegas

Foi assim que na passagem da quarta para a quinta temporada, faltou as gravações com um atestado médico, e exigiu um aumento salarial. Junto dele, a atriz Jorja Fox também embarcou nesta cilada, e os dois chegaram a ameaçar deixar a atração. Com na época a CBS achou exorbitante o preço que eles pediam, optaram por demitir os dois. Mas, poucos dias depois, a dupla pediu desculpas e aceitou a proposta que a CBS lhes ofereceu.

George Eads CSI
Imagem: Divulgação.

Eads, então, ficaria na atração por mais exatos dez anos, mas sempre com a fama de “reclamão”. Foi então que, durante a 14ª temporada, o interprete de Nick viveu um momento conturbado nos bastidores de CSI.

Continua após publicidade

Ator foi afastado por mau comportamento

Durante a 14ª temporada de CSI, a CBS optou por afastar George Eads da série, após o terceiro episódio. O motivo foi que o ator discutiu com uma roteirista grávida de oito meses nos bastidores da produção. Ele estava descontente com os rumos de seu personagem no arco em questão, e teria esbravejado com a integrante do equipe diante de todos.

Continua após publicidade
George Eads CSI
Imagem: Divulgação.

Na época, o Hollywood Reporter revelou que o ator ficaria longe por vários episódios, incluindo o 300º episódio, que contou com o retorno de Marg Helgenberger (Catherine).

Continua após publicidade

Eads ficaria em CSI até a 15ª temporada, embora, acabou ficando ausente do episódio final, que contou com várias estrelas originais, incluindo Helgenberger e William Petersen (Grissom). Assim, a estrela encerrou sua passagem amarga em CSI de uma forma ainda mais complicada.

Continua após publicidade

O recomeço em MacGyver até a saída

Pouco tempo depois, George Eads já havia conquistado um novo trabalho na TV através da série MacGyver. Ele permaneceu na série por três temporadas, antes de que ele vivenciasse um outro conflito de bastidores.

Continua após publicidade

De acordo com o The Hollywood Reporter, George foi liberado de seu contrato logo após alguns problemas. O ator supostamente saiu do set durante as filmagens da terceira temporada, apesar de ter várias horas de produção restantes para o dia. Não se sabe o que levou à explosão do ator, mas fontes dizem que o ator já estava pensando em ir embora e disse isso ao showrunner Peter Lenkov.

Leia também: Todos os personagens que voltaram para o revival de CSI Vegas

Outros relatos citaram que o ator queria sair para ficar mais perto de sua filha. Enquanto MacGyver era filmado em Atlanta, na costa leste, a família de George – incluindo sua filha – morava em Los Angeles.

Mas mesmo que ele não tenha tido um embate com nenhuma de suas co-estrelas, a ex-estrela de CSI não tinha o melhor tratamento com a equipe que trabalhava com ele.

O ator falou abertamente sobre como seus colegas de elenco de MacGyver o ajudaram em dias difíceis no set no passado. Ele revelou à CBS: “Houve momentos em que senti tanto a falta da minha filha que fiquei em um estado emocional, e Lucas [Till] atrasou a produção até que pudessemos conversar e talvez até chorar no trailer. Confio nele como um amigo próximo e acho que ele fez o mesmo por mim.”

George Eads CSI
Imagem: Divulgação.

Vale ressaltar, no entanto, que pouco depois da saída de Eads, veio à tona o caso de abuso emocional por parte do showrunner, Peter Lenkov, que foi denunciado pelo próprio Till. Eads nunca se manifestou sobre o assunto, mas esteve presente nos sets durante a maior parte do tempo, presenciando tal evento.

Agora, CSI está exibindo uma nova temporada na TV, e fãs têm esperanças que mais rostos originais retornem, incluindo Nick Stolkes. Quem sabe, os produtores coloquem as diferenças de lado e retornem com George Eads? Só o tempo dirá…