Ator de The Walking Dead chama fãs de “tóxicos” após ataques

Ator de The Walking Dead, Jeffrey Dean Morgan não gostou do comportamento dos fãs.

Ator The Walking Dead
Continua após publicidade

Jeffrey Dean Morgan foi até a internet e chamou os fãs de The Walking Dead de “tóxicos”, após os ataques que eles direcionaram ao ator Norman Reedus, que vive Daryl.

Continua após publicidade

Ontem, 28, a AMC anunciou que Melissa McBride não fará mais parte do spin-off que daria foco a Daryl e Carol. Em um comunicado da AMC, McBride teria desistido porque filmar na Europa neste verão era “logisticamente insustentável” para a atriz. Então, a nova série passaria por reformulações, dando destaque apenas para Daryl. (via TVLine)

Fãs de The Walking Dead atacaram ator

Após o anúncio, no entanto, alguns fãs acreditaram que Reedus, que interpreta Daryl, estava ligado à sua saída. Nas redes sociais, muitos espectadores da série começaram a culpar o interprete de Daryl pela saída de Melissa McBride da atração. Além disso, outros acusaram o ator de querer ser “a única estrela da nova série“, o que teria motivado a saída da atriz que vive Carol.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Leia também: Ator de The Walking Dead estreia nova série policial da HBO

Os ataques, claro, chegaram até os atores de The Walking Dead, o ator que vive Negan não deixou a situação passar.

Ator The Walking Dead
Imagem: Divulgação.

Jeffrey Dean Morgan deu resposta a fãs

Em resposta, Morgan, que interpreta Negan em The Walking Dead, criticou os fãs no Twitter pelas alegações. “Alguns de vocês foram longe demais”, escreveu Morgan. “TÓXICO. Atacar Norman por porcaria que ele não tem NADA a ver? Melissa fez uma ligação que era só dela. Ela quer/precisa de uma pausa. Respeite isso.

Continua após publicidade

“Fatores envolvidos que não são da conta de ninguém. Norm, que deu mais do que ninguém a todos vocês. Simplesmente M*RDA.”.

Continua após publicidade

Leia também: Série da Netflix é melhor que The Walking Dead e fãs estão viciados

Mas a discussão continuou. Então, um fã sugeriu que Reedus pediu para filmar na Europa para que ele pudesse estar mais perto de sua família.

Continua após publicidade

Só que Morgan também respondeu: “Norman não teve nada a ver com a escolha do local. Essa decisão tem tudo a ver com história, ideias… DINHEIRO. Isso é estúdio/rede. Não atores. Podemos dizer sim e fazer, ou não, e não fazer… TALVEZ. ÀS VEZES. Se tivermos sorte e ainda não tivermos um contrato. Raramente o ator tem esse poder.”, esbravejou.

Continua após publicidade
Imagem: Divulgação.

A série derivada, ainda sem título, que agora se concentrará em Daryl, está programada para ser filmada na Europa neste verão e, portanto, estreará apenas em 2023.

Continua após publicidade

Já Morgan acertou seu retorno para interpretar Negan ao lado de Maggie de Lauren Cohan em seu próprio spin-off, intitulado Isle Of The Dead. Esse segundo derivado, no entanto, acontecerá em uma “Manhattan pós-apocalíptica há muito tempo isolada do continente” e também está programada para o próximo ano.

Ainda, um spin-off de antologia intitulado Tales Of The Walking Dead está programado para ser lançado este ano, com Terry Crews, Olivia Munn e o retorno de Alpha de Samantha Morton.

Já a décima primeira temporada final de The Walking Dead, que será a última, voltará em outubro de 2022. E então, o que você achou do comportamento do ator, bem como dos fãs?

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.