Série que é a grande aposta de fevereiro na Netflix gera medo nos fãs

Fãs de Avatar: O Último Mestre do Ar estão com muita preocupação na Netflix enquanto a estreia da aposta de fevereiro está chegando.

Avatar: O último mestre do ar série
Imagem: Divulgação.

“Avatar: O Último Mestre do Ar” está prestes a dominar a tela da Netflix em fevereiro, mas a ansiedade entre os fãs está crescendo, gerando um medo palpável.

A série, que conquistou um lugar especial nos corações dos admiradores desde a conturbada adaptação cinematográfica de 2010 dirigida por M. Night Shyamalan, tornou-se a grande aposta do serviço de streaming.

Inicialmente, a Netflix conquistou a atenção dos fãs ao garantir a participação dos criadores originais, Bryan Konietzko e Michael Dante DiMartino. No entanto, mesmo com essa promessa inicial, a saída dos criadores após dois anos devido a “diferenças criativas” deixou os fãs esperançosos, mas agora, apreensivos.

À medida que a data de estreia de Avatar: O Último Mestre do Ar se aproxima, sinais vermelhos surgem, alimentando o receio dos fãs. As preocupações começaram com a abordagem do comportamento sexista de Sokka, crucial para seu desenvolvimento ao longo da série. A atriz Kiawentiio, que interpreta Katara, expressou receio com a remoção de elementos que exploravam a complexidade do sexismo de Sokka na versão original.

Saiba mais sobre Avatar: O Último Mestre do Ar:

As inseguranças aumentaram quando o produtor Albert Kim anunciou ajustes no personagem de Katara. Indicando que algumas questões de gênero não foram completamente preservadas na transição da animação para a live-action. Isso levanta questionamentos sobre a representação da evolução de Katara e seu papel maternal no grupo, aspectos cruciais para o conflito e o desenvolvimento de personagens.

Avatar: O último mestre do ar série
Imagem: Divulgação.

A notícia de que Aang e sua turma não seguirão os desvios frequentes em sua jornada para encerrar a guerra da Nação do Fogo contra as outras nações também gerou inquietação. Kim justificou a mudança, afirmando a necessidade de dar a Aang um impulso narrativo desde o início. Contudo, essa alteração levanta questionamentos sobre a fidelidade à essência do personagem e sua jornada de crescimento.

A decepção entre os fãs de Avatar: O Último Mestre do Ar foi palpável nas redes sociais. Onde alguns expressaram que a série parece ter perdido o ponto central da jornada e, além disso, do arco de personagem de Aang na primeira temporada.

Com a estreia iminente em 22 de fevereiro, resta aos fãs esperar e torcer para que o elenco e os produtores não revelem mais elementos que possam intensificar a apreensão.

Será que estamos errados em sentir essa preocupação?

Sobre o autor
Avatar

Matheus Pereira

Jornalista, curioso e viciado em cultura. Escreve há quase 10 anos no Mix e Six Feet Under é sua série favorita.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!