Big Brother Brasil 18 x 18/19 – Vem militar errado aqui fora, Nayara

TÁ VENDO COMO O BRASIL SABE VOTAR SIM?

E não foi brinquedo não, hein! Com 92,69% dos votos, Nayara foi a quarta eliminada dessa edição.

https://twitter.com/whindersson/status/966143820625842181

Nayara confundiu BBB com palanque. Assim como bem lembrou Thiago, ela só levantava e defendia bandeiras no programa, igual vários outros participantes, a mais notável a falecida Mara – melhor amiga de Nayara desde o início e quem sabe por isso mesmo ela quis seguir o legado torto.

Continua após a publicidade

Eu entendo e defendo todas as bandeiras que ela levantou, só que não adianta fazer tudo isso da maneira errada. Chata, cansativa, até nos votos ela errada, sempre votando em alguém que “traiu” algum movimento – na visão dela. Mahmoud estava “envergonhando” o movimento LGBT pra ela, Viegas “ofendeu” movimento negro por causa da bandana, Lucas merecia torcida e defesas eternas porque é nordestino, Paula tá errada porque escolheu ser sensual… e blá blá blá. Tanta, mas tanta chatice que não dava para aguentar muito não.

Cheia de erros, ela é dona de pérolas, como: “Gio Ewbank e Bruno Gagliasso adotaram Titi por marketing” (NÃO MEXE COM ELES) ou “Nenhum negro ganhou o BBB até hoje!” (E A MARA E A CIDA? Ah, quem sabe não são tão negras, deve ser isso) e “Um homem como o Wagner nunca ficaria com alguém como a Gleici” (Sororidade, oi? nesse dia ela deixou a bandeira em casa).

E parece que ainda não entendeu que foi eliminada por ser uma fofoqueira maldosa, e não porque as torcidas de Gleici e Mahmoud são tão fortes. Dá até pena! Mas logo passa.

A PALAVRA É REPRESENTAÇÃO. E Nayara representou tudo que ela (diz) representar da forma mais errada de representação possível.

Fofoqueira de mão cheia – do tipo telefone sem fio que repassa informações desencontradas o tempo todo, ela confundia essa característica de sua personalidade com o fato de ser jornalista, INVESTIGATIVA, tipo aquele repórter da Globo que nunca mostra o rosto. Outro close erradíssimo. Ser leva e traz não é e nunca será elogio para a profissão, aprende miga. Tu precisa preservar e checar as fontes. Até eu, que não sou jornalista (quase, sou publicitária) sei disso. É lógico que seria fuzilada. Até porque Nayara “só”era fofoqueira, mas nada carismática.

Ana Clara justificou seu voto assim, e também apontando a acusação de Nayara de que Ayrton estava olhando ela tomar banho. Sabemos que Ayrton é todo errado, mas todo mesmo. Ter empatia por ele às vezes não muda isso. Por isso não tenho nem o que dizer sobre a acusação. Só que além desses motivos que AC apresentou, aqui fora nós teríamos outros vários para apontar.

Nayara estava deslocadíssima, e como ela mesmo apontou, durou tempo demais na casa. Enfim, tchau Nay, vem ser vereadora aqui fora. Acho que até dá hein!

 

OLHA ELASSSS … KD? 

Q Q TÁ CON TE CE NO? Ok, que todas as mulheres que saíram estavam merecendo naquele determinado momento. Nessa edição o Girl Power tá dominando e todas estão aparecendo de uma forma ou outra.

Mas, e cadê as mulheres se unindo? Não julgando as atitudes das coleguinhas? Todo mundo deixou a cartilha do feminismo em casa mesmo, TODO MUNDO, até a militante Nayara que adorava apontar dedo para Gleici e dizer que não gostava do jeito dela, que queria era dar um soco porque era feminina demais. Q?

A união feminina está restrita à Gleici, Ana Clara e Paula, que se apoiam e se protegem. O resto é só dedo apontado e julgamento. Sororidade então, que isso? Ah, mas o discurso feminista tá prontinho, né!

https://twitter.com/lpwirgoski/status/966688397996720128

Aguardem as cenas dos próximos capítulos.

Por Letícia Bastos

 

 

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours